Arquivo | Festivais RSS for this section

Os Festivais (de Verão ou de Inverno) de Edimburgo

Nos próximos 30 dias do mês de agosto, Edimburgo vai estar literalmente bombando! Isso pq a cidade carrega vários titulos quando o assunto são Festivais, seja os de verão ou os de inverno. Normalmente, esses títulos começam com.. “O maior festival disso“, “O mais antigo festival daquilo” ou ainda “O festival mais popular daquele outro“. Como em 2010 e em 2011 eu estava morando na cidade, nos festivais que foram possíveis, lá estava eu marcando presença.

Pra quem for pra Escócia, especialmente em Edimburgo, eu tentei reunir nesse post os festivais que considero mais interessante. Seria impossível escrever sobre todos, afinal, no total são mais de 12 festivais. Então aqui vai a lista com os imperdíveis..

Pra começar, os Festivais de Edimburgo estão organizados de acordo com as estações do ano (primavera, verão, outono e inverno). Mas já adianto, os principais, os mais procurados, enfim, os mais famosos, são os Festivais de Verão e os de Inverno.

O primeiro festival que eu destaco é o Beltane Fire Festival, que acontece sempre no dia 30 de abril no Calton Hill. É um dos festivais mais estranhos que eu participei. A ideia de criar um festival que celebra o inicio do verão é interessante, apesar do verão ser praticamente uma lenda na Escócia. A forma como acontece a celebração é que é um pouco estranha, todo mundo vestindo roupas coloridas (principalmente branco e vermelho) e com a cara pintada como se fossem o diabo (que eu imagino que seja pra lembrar o calor do inferno). Eu hein!

Um dos festivais mais esperados do ano é o Festivais de Verão de Edimburgo, que dá a ele o título de “O maior festival do planeta”. E realmente é! A cidade fica lotada, vem gente de todas as partes da Escócia, do Reino Unido ou do mundo para prestigiar o evento, seja como espectador ou como participante. Esse festival acontece sempre nas três ultimas semanas do mês de agosto, e em toda cidade, seja na rua, em igrejas, em teatros, casas de shows, parques, enfim, por onde estivemos passamos no centro da cidade, sempre vemos alguma movimentação.

O maior festival de arte do mundo, o Edinburgh Festival Fringe, com certeza é o mais esperado. São mais de 40 mil shows e apresentações espalhados por mais de 250 lugares em todas as partes da cidade. Nos dois verões que eu passei em Edimburgo, eu consegui ir. Ele começa sempre na primeira sexta-feira do mês e vai até a ultima segunda-feira de agosto, então, nesse ano por exemplo, o festival vai de 03 a 27 de agosto. Para ter acesso a tudo o que acontece nesse festival, foi até criado um site onde podemos ver toda a programação. No site tem um videozinho, que conta um pouco da história desse festival, de como foi criado e também da pra ter uma ídéia de como a cidade fica durante o verão.

Outro festival interessante é o Edinburgh International Festival, que reune o que há de melhor em apresentações de companhias internacionais que vão desde música clássica, peças de teatro, óperas e danças. Esse ano, o festival vai de 09 de agosto a 02 de setembro, e vai contar com um destaque, a produção Macbeth, que faz parte do World Shakespeare Festival.

Os meus festivais preferidos são Edinburgh International Book Festival (vai de 11 a 27 de agosto) e o Royal Edinburgh Military Tattoo (de 03 a 25 de agosto). O primeiro festival é considerado o maior festival desse tipo do mundo e ainda, em 2004, Edimburgo recebeu pela primeira vez o titulo de The City of Literature pela Unesco. Todos os anos, escritores mundialmente reconhecidos dão o ar da graça no evento. Esse ano, o destaque fica por conta do escritor escoces Ian Rankin. Já o Military Tattoo, é um dos maiores espetáculo do Reino Unido. Todos os anos, diversas bandas militares de varios países se juntam a bandas militares escocesas e proporcionam um verdadeiro show, onde são mostrados ainda um pouco da cultura escocesa, como a dança típica escocesa chamada de Ceilidh e as gaitas de fole.

Esses que citei acima foram alguns festivais que eu tive oportunidade de ir, mas ainda existem muitos outros que fazem parte do Festival de Verão de Edimburgo, como o Edinburgh International Film Festival, o Edinburgh Jazz & Blues Festival, o Edinburgh Mela Festival e Edinburgh Art Festival.

Ahhh.. e sem esquecer do Festival Fireworks Concert, que acontece todos os anos e ele marca o encerramento do Festival de verão em Edimburgo. Acontece sempre no primeiro domingo do mês de setembro.

Pra quem pensa que o inverno é parado e sem nada pra fazer, em Edimburgo a história é um pouco diferente. Logo depois das festas de Natal, vem o Edinburgh’s Hogmanay (de 30 de dezembro a 01 de janeiro de 2013), as celebrações que fazem parte do Ano Novo Escoces. Antigamente eram quatro dias de festas, mas desde o ano passado, o Hogmanay passou a ser comemorado em apenas três dias. Além da tradicional festa de rua e da queima de fogos a meia-noite do dia 31 de janeiro, a festa começa com o  tradicional Torchlight Procession no dia anterior, e nos demais dias, podemos ver várias bandas escocesas e danças típicas (Ceilidh) se apresentando ao longo da Princes Street. E pra encerrar, no dia 01, os que sobreviveram as comemorações estão convidados a dar um mergulho nas geladíssimas águas do Firth of Forth, como parte do Loony Dook. Vai encarar? Eu não tive coragem!!

Como comprar ingresso para o Royal Edinburgh Military Tattoo

Agosto é o mês dos Festivais de Verão de Edimburgo. O Festival é composto por muitos eventos, mas sem dúvida um dos maiores espetáculos fica por conta do Royal Edinburgh Military Tattoo. Eu tive a oportunidade de ver esse show bem de perto e posso afirmar, é imperdível!!

De vez enquando recebo alguns emails pedindo maiores detalhes de como e onde comprar os ingressos para esse evento. Então, achei que seria interessante escrever um post especifico sobre esse assunto.

O evento acontece todos os anos, desde 1950, na Esplanada do Castelo de Edimburgo, que é aquele espaço gigante que fica entre uma das extremidades da Royal Mile (Castle Hill) e a entrada do Castelo de Edimburgo.

Normalmente, no inicio do mês de maio, as estruturas das arquibancadas começam a ser montadas.

Pra facilitar as explicações, achei que seria uma boa idéia fotografar as arquibancadas enquanto elas estavam sendo montadas e de dia, pra facilitar a visualização e entendimento de algumas coisas que podem gerar dúvidas na hora de comprar o ingresso.

Basicamente as arquibancadas são divididas em quatro partes: os Camarotes VIP, ala VIP, Arquibancada lado direito e Arquibancada lado esquerdo.

– Camarote VIP (East): como dá pra imaginar, são os ingressos mais caros e consequentemente é onde ficam as melhores cadeiras. O ingresso pra essa ala, é na verdade um “pacote”, onde estão incluídos também o acesso prioritário a esplanada, e dependendo do pacote escolhido, ainda acompanham jantar ou uma recepção com drinks e salgadinhos, além de visita ao Scottish Whisky Experience ou visita ao bastidores do evento.

– Ala VIP (East): todas as cadeiras ficam de frente para o portão principal do Castelo. É de lá que saem as bandas, os músicos e as dançarinas que vão para o “palco”. Os ingressos nessa ala são mais acessíveis, mas ainda são caros. Pra ter uma idéia, em 2010, quando fomos pela primeira vez, nos compramos os nossos ticket nessa ala e custava 47,00 libras. Desde o ano passado, quando o evento começou a ser divulgado com a especificação “Royal” no nome , o valor do ingresso literalmente quase triplicou de preço. Mas vale a pena, principalmente pq o show acontece sempre voltado pra quem esta nessa parte da arquibancada, e assim, pra quem quer tirar ótimas fotos, com certeza, nessa parte estão os melhores lugares.

– Arquibancada lado direito (North): na hora de comprar os ingressos, esse setor da arquibancada do lado direito vai estar separada em alas, que estão pré-determinadas por números, indo de “6” – onde estão os “melhores” lugares até “1” onde estão os “piores” lugares. Normalmente quem consegue comprar na parte “6” tem uma boa visão de todo o espetáculo, já quem compra na parte “1” ou “2” vai ver a apresentação pelos fundos, ou seja, todos os artistas vão estar de costas.

– Arquibancada lado esquerdo (South): segue o mesmo esquema da Arquibancada lado direito, porém, aqui, os números vão de “11” a “17”, sendo o “11” os “melhores” lugares e o “16” e “17” os “piores lugares”. A principal diferença entre os dois lados  é que, quem comprar os ingressos para o primeiro horário, as 19:30 vai sair “prejudicado” em um aspecto. Como todo mundo sabe, nos meses de verão na Escócia (e em boa parte da Europa), o dia termina por volta de 21:30 – 22:00, então, ao comprar o ingresso para as 19:30 ainda vai ter sol, que vai atrapalhar um pouco a visão, pq o sol bate diretamente nesse lado da arquibancada. Então, esses ingressos vão ser os ultimos a se esgotar, pode reparar!

Outras considerações importantes:

– Os ingressos podem ser comprados pelo site oficial do evento. Se houver tempo suficiente, eles vão ser enviados pelo correio e serão entregues aqui no Brasil. Outra opçcão, é comprar o ticket pela internet e escolher a opção de retirá-lo lá na Escócia. O escritório e lojinha do Military Tattoo ficam no endereço 32, Market Street, na mesma quadra da Waverley Station. Neste caso, para retirar o ingresso lá, é exigido apresentar o voucher (confirmação da compra que foi enviada pelo email), o cartão de crédito e um documento de quem comprou e pagou os ingressos. Sem isso, eles não entregam os ingressos. É bom ficar ligado!

– a lojinha de souvenirs que fica junto ao Tattoo Office é um pouquinho maior do que a lojinha que fica dentro da Esplanada do Castelo. Vale a pena conferir! Tem bastante coisas legais relacionadas a cultura escocesa e ao evento.

– Independente de qual ingresso comprado, dá pra alugar uma almofadinha (valor de 1,00 libra). pq as cadeiras são todas de metal!

– As arquibancadas não são cobertas, inclusive as da ala VIP. Não é permitido usar guarda-chuva, pq atrapalha a visão das pessoas que estão atrás. Então é bom comprar uma capa de chuva ainda na parte externa da Esplanada.

– As apresentações acontecem de segunda-feira a sábado, sendo que de segunda a sexta-feira em apenas um horário, sempre as 21:00 e aos sádados em dois horários, as 19:30 e as 22:30.

– Até 2010, os ingressos eram colocados a venda com algumas semanas de antecedencia, normalmente no inicio do mês de abril. Porém, os ingressos para o Military Tattoo 2012, foram colocados a venda ainda em dezembro de 2011. Então é bom ficar ligado, pq os melhores lugares costumam esgotar num piscar de olhos!

O Royal Edinburgh Military Tattoo se tornou um dos eventos mais esperados pelos Escoceses. Pessoas do mundo todo prestigiam o evento, seja ao vivo ou pela tv. Uma vez na Escócia, o Military Tattoo deve fazer parte do roteiro!

Obs.: Esse ano, o Military Tattoo acontece de 03 a 25 de agosto e o tema escolhido foi Scotland’s Salute to the Monarch.

Post relacionado:

The Royal Edinburgh Military Tattoo

Scotland’s Winter Festivals: St Andrew’s Day

Hoje, dia 30 de novembro é o Dia de St Andrew, o Santo Patrono da Escócia, e é uma das datas mais esperadas por todos.

Castelo de Edimburgo

Além de ser Bank Holiday, algumas das principais atrações do país abrem suas portas de graça!

Homenagem as personalidades escocesas, como Sean Connery

Porém como esse ano o Dia de St Andrew caiu numa quarta-feira, as comemorações já iniciaram no final de semana. Então nos dias 26 e 27 de novembro (e mais o dia 30 de novembro), era possível visitar muuuuitos monumentos, castelos, igrejas e palácios por toda a Escócia de graça!

Thistle, a flor da Escócia

Mas para isso era necessário se registrar no site do Historic Scotland, imprimir e levar o passaporte junto e pronto, entrada liberada em qualquer um dos mais de 40 lugares disponiveis para visitar.

Vai começar os fogos..

Eu esqueci compleeeetamente desse final de semana quando resolvi comprar minha passagem pra ir passar o final de semana Londres, foi uma pena, pois tinha ainda alguns lugares que eu gostaria de ir visitar (e eu ainda vou) porém agora vou ter que pagar, mas fazer o que.. Dos vários lugares com acesso gratuito, eu já tinha ido nos principais, como por exemplo no Linlithgow Palace, no Stirling Castle e no Urqhart Castle.

Historic Scotland

Pelo menos eu consegui chegar a tempo de ver o Grand Finale que sempre acontece no domingo no Castle Esplanade, bem em frente ao Castelo de Edimburgo.

Quando eu tava quase chegando nas escadinhas que dão acesso ao Castelo, eles já estavam anunciando a Banda de Bagpipe que iriam tocaram as principais músicas do país.. Demais!!

Enquanto o castelo mudava da cor original para a cor azul e mais tarde teve a bandeira do país projetada no castelo, foi apresentado um resumão que mostrava as personalidades escocesas e suas invensões.

Achei engraçado quando falaram de John Napier, que inventou os logaritmos hahahaha foi super engraçado, pq ninguém gostou muito dessa descoberta e houve até uma pequena “vaia”.

Além de John Napier, foram citados também Robert Burns, John Baird (que inventou a televisão), Graham Bell (inventou o telefone). Achei interessante que o narrador disse que hoje em dia ninguém estaria usando um iphone ou similares se não fosse a criação de um Escocês. Também foram citados os atores, Sean Connery, Gerard Butler, Ewan McGregor, o técnico do Manchester, Alex Ferguson e muitos outros.

Mas o grande momento e o mais esperado foi quando os Thistles (as Flores da Escócia) se acenderam e o hino não oficial da Escócia começou a ser tocado, uma canção suuuper bonitinha, que eu adoro chamada de Flower of Scotland, e logo em seguida veio a grande queima de fogos!

A cada ano que passa os eventos aqui na Escócia estão ficando cada vez melhores, muito mais criativos e com queima de fogos de formas super diferentes!

… e chega ao fim, mais uma comemoração do Santo Padroeiro da Escócia!

Mesmo com o frio de 4 graus (e sem luvas) eu adorei ter ido e ter ficado sem sentir os meus dedos por uns 70 ou 90 minutos, pois eles estavam literalmente congelados! =)

Scotland’s Winter Festivals: Light Night, Inauguração das Luzes de Natal em Edimburgo!

Começou hoje, dia 24 de novembro, o Festival de Inverno da Escócia! O primeiro evento é a Inauguração das Luzes de Natal em toda a cidade, no dia 30 de novembro, continua com a celebração do St Andrew’s Day,  mas as comemorações já vão começar durante esse final de semana, dias 26 e 27 de novembro. E na sequência vem o Hogmanay no dia 31 de dezembro, e pra terminar, no dia 25 de janeiro tem o Burns Night.

Eu acabei de voltar da inauguração das Luzes de Natal e o evento  aqui é chamado de Light Night e é dividido em 3 partes:

Christmas Market no Princes St Gardens

– as 16:00 aconteceu a inaguração da George Street, que uma das principais rua de comércio da cidade (com lojas mais de luxo), ficando atrás somente da Princes Street. A decoração ficou bem simplezinha se comparado com o resto da cidade.. mas com certeza o grande destaque fica com as vitrines das lojas e a fachada dos restaurantes, dificil dizer qual é o mais bonito;

– as 17:15 teve o evento chamado de “Show on The Mound”, que é a parte mais esperada de todo o dia e eu tava praticamente contando as horas pra comprar o meu Mulled Wine =)

Além do tradicional German Christmas Market abrirem suas barraquinhas vendendo desde Glühwein ou Mulled Wine, as Bratwurst, os Queijos, os Pretzels… tem também o Highland Village Christmas Market, que vendem somente comidas típicas escocesas, roupas, briquedos, velas, jóias feitas nas Ilhas de Shetland.

Barraquinha de Mulled Wine no Highland Village Christmas Market

Tem também o Winter Wonderland, que abre suas portas com a Edinburgh Wheel (roda gigante), Snowglobe, Edinburgh’s Ice Rink (que por sinal estava derretendo, já que não estava tãããão frio e tinha um ventão de mais de 38 km/h) e o Christmas Carousel.

E pra terminar essa parte, as luzes da enoooorme Árvore de Natal  que fica no The Mound são ligadas. Essa árvore tem uma história mais ou menos parecida com a Árvore de Natal que fica na Trafalgar Square em Londres, onde os Noruegueses oferecem essa árvore como presente a Escócia como agradecimento pelos laços históricos e culturais ainda existentes entre os dois países. Então, todos os anos a Hordaland County Concil da Noruega envia essa árvore pra cá!!

Ligh Night no Princes St Gardens!!

– as 18:15 aconteceu vários shows na St Andrew Square, inclusive teve uma apresentação de uma Banda de Bagpipes, as famosas gaitas de fole Escocesas (fiz um videozinho que mostra eu acompanhando o trajeto desde o The Mound até a St Andrew Square).

O Natal sem duvida é uma das épocas mais bonitas por aqui (junto com o Outono), na minha opinião. Ver as vitrines das lojas enfeitadas e agora, ver as luzes de Natal sendo ligadas pela cidade, é impossível não gostar!!!

Ah, e os eventos de Natal não param por ai.. em dezembro tem mais!!! =))

Bonfire Night!

No dia 05 de novembro de cada ano acontece o Bonfire Night ou também chamado de Guy Fawkes Night, em todo o Reino Unido!

Começando..

..

Essa comemoração teve origem depois que um grupo de Ingleses Católicos tinham um plano de explodir o Parlamento Britânico, em especifico a Camara dos Lordes, no ano de 1605. O plano do “Gunpowder Plot” era de matar o Rei Protestante James VI da Escócia e I da Inglaterra.

...

...

Mas o plano não deu certo e Guy Fawkes foi descoberto nos porões do Parlamento Britânico com um pilha de polvora e foi capturado a tempo, foi preso e acabou sendo executado poucos dias depois!

Desde então, os Britânicos celebram todos os anos, pois se o plano tivesse dado certo, seria o maior atentado que teria sido realizado em todo o Reino Unido.

...

...

Aqui em Edimburgo, além de comemorar o Guy Fawkes Night, também é celebrado o inicio dos “Dias Escuros” (Dark Days)!!

A queima de fogos de artificio e do Guy Fawkes na fogueira acontecem por toda a cidade, cada bairro faz a sua comemoração, mas o grande evento mesmo acontece no Meadowbank Stadium! Mas é possível ver os fogos de vários lugares próximos ao Estádio, que foi o que eu fiz, como por exemplo no Holyrood Park ou no Calton Hill.

...

.. terminando!

Eu fui no Holyrood Park, subi um pouco uma das trilhas do Arthur’s Seat, para ter uma visão melhor.. mas mesmo assim a visão ficou um pouco prejudicada, pq os fogos aconteceram um pouco distante, e isso sem contar no frio, 3 graus naquela hora.. quase congelei!! Mas valeu a pena!!!

E como dizem os Britânicos.. “Hence Bonfire Night is always on 5th November! Remember!! Remember!!!” =)

%d blogueiros gostam disto: