Arquivo | Óperas RSS for this section

Nabucco, na Opera Estatal de Praga

Quando eu resolvi fazer essa viagem a Praga no meu aniversario, eu tinha em mente assistir uma apresentação de marionete (são super populares por la) em um dos muitos teatros que existem na cidade. Mas quando eu comecei a pesquisar de fato os shows e os teatros, acabei descobrindo que não seria possivel. Isso pq, geralmente, as apresentaçoes de marionetes acontecem as quintas-feiras e as segundas-feiras. Nossa, fiquei enlouquecida! Como pode uma coisa dessas? Nenhuma apresentação durante o final de semana?

O jeito foi achar outra coisa pra ver e foi assim que eu acabei descobrindo a Ópera Estatal de Praga. O edificio onde esta a atual Opera foi construido no final do século 19, exatamente no mesmo lugar onde estava o antigo Teatro da Cidade Nova. Recentemente o Teatro passou por uma grande reforma, entao tanto o exterior do predio como o interior estavam impecaveis.

Como até então eu nunca tinha assitido uma opera, achei que seria uma boa oportunidade. O espetaculo escolhido foi Nabucco, uma das obra mais famosas de Verdi.

O italiano Giuseppe Verdi é um dos mais famosos compositores de opera do mundo. Nasceu em uma cidadezinha do interior da Italia chamada de Roncole. Anos de passaram, e quando o compostior completou 20 anos resolveu se mudar para Milão para estudar.

O talento de Verdi para as obras teatrais com opera era visivel.. até que um empresario local e apreciador de uma boa musica resolveu incentivar Verdi financeiramente, patrocinando sua primeira apresentação em publico.

Não demorou muito e sucesso finalmente bateu na porta de Verdi. Em 1839 surgiu a primeira oportunidade, uma apresentação no Teatro alla Scala, uma das casas de shows mais respeitadas da Italia (e do mundo). A opera de estreia foi Oberto. O sucesso foi grande que o dono do Teatro convidou Verdi para apresentar mais algumas de suas operas.

Assim, tres anos depois, em 1842, a opera Nabucco foi apresentada pela primeira vez justamente no Teatro all Scala de Milão. A opera foi escrita logo apos o falecimento da esposa e dos dois filhos de Verdi.

A opera conta basicamente a historia do rei Nabucodonosor da Babilonia, um poucos dos principais acontecimentos durante o seu reinado. O rei tinha duas filhas, uma legitima e outra não se sabia ao certo, que lutavam pelo mesmo amor. A filha verdadeira de Nabucodonosor era refem dos judeus em um Templo. A filha não legitima vai até o encontro dos judeus para tentar salvar a irmã e o povo judeu das maldades de seu pai. Para isso, ela chantageia o seu amor dizendo que se ele largar a sua irmã e ficar com ela, ela protegera o povo judeu. Ele não aceita. Nabuco ordena que o Templo seja destuido.

De volta a Babilonia, a filha ilegitima do rei descobre que realmente não pertence a realeza, que ela é filha de escravos do rei. Ai comecam as suas maldades para se vingar de todo mundo. A primeira coisa que ela tratou de fazer foi roubar o lugar de seu pai e se tornar Rainha.

O rei Nabuco sofre de loucura, depois de ter sido atingido por um raio na cabeca. Ai vem a segunda maldade da atual governante, ela convence seu pai a assinar um documento onde ele concordaria em assassinar todos os judeus e junto a sua filha legitima também seria executada.

No dia da execução dos judeus e de sua filha legitima, o Rei Nabuco se recupera do seu ataque de loucura e perde perdão aos judeus, prometendo se converter e se tornar um deles, para assim, tentar salvar sua verdadeira filha.

A promessa veio tarde demais. Sua filha legitima é executada em praça publica. Nabuco consegue provar que se recuperou e volta a ser o Rei da Babilonia.

Sua filha legitima foi tida como martir, a sua filha ilegitima se mata e Nabucodonosor se converte ao judaismo, acaba com a escravidão dos judeus e volta a reinar.

Nossa, que historia! Um drama! Para acompanhar tudo isso, logo acima do palco tem uma tela que transmite o que esta sendo cantado, nesse caso, havia a versão em tcheco e uma versão em ingles logo abaixo. Então, com a legenda, fica muito mais facil entender o que esta se passando nessa opera com historia turbulenta.

Ahh, ja vou deixando claro que eu não entendo nada das teorias de composição de uma opera, de quantos atos tem cada apresentação, do estilo ou qualquer coisa mais tecnica que esteja relacionada. Eu fui como uma simples espectadora assitir pela primeira vez um espetaculo com uma historia super dramatica com artistas que tinham um vozeirao de arrepiar!!

O ingresso eu comprei pela internet mesmo, no site oficial do teatro. Ao chegar la, não precisei trocar o voucher (como é exigido frequentemente), tive apenas que apresentar o ticket na entrada do teatro e o pessoal ja me encaminhou para o local que dava acesso a minha cadeira.

Eu cheguei uns 20 minutos antes do espetaculo comecar e o teatro ainda estava vazio, porem quando estava faltando menos de 5 minutos o pessoal foi aparecendo, e em questão de segundos o teatro ficou lotado! O espetaculo comecou pontualmente no horario marcado.

Como eu ja disse, fiquei realmente impressionada com todo o elenco, mas destaco o artista principal (tenor), que representava o rei da Babilonia, realmente ele foi um show a parte!

O cenario e o figurino não ficaram devendo em nada. Achei bem mais simples do que alguns musicais que vi em Londres, mas era muito bem feito. Achei tudo super bonito!

Quem tiver interesse em visitar a Opera, o unico jeito é assistir uma apresentação la. Nao existem tours guiado, o que é uma pena, pois a sala princial de apresentação é lindissima!

Fato é que, de todos os lugares que ja fui assistir algum espetaculo, seja ballet, musical, concertos, peca de teatro, em Praga, os preços sao infinitamente mais baratos. E o motivo? Acabei descobrindo que o governo da incentivos a todos os espetaculos, sejam de musica ou de teatro. Legal, né?

A Opera Estatal de Praga esta localizada na rua 4, Wilsonova. Bem proximo ao Museu Nacional. Existe uma parada do metro ali pertinho, chamada ‘Muzeum’ e para chegar la, pegar a linha A ou C.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: