Tag Archive | Rovaniemi

Ravintola Nili, em Rovaniemi

Enquanto organizava as coisas para minha viagem à Finlândia, sabia que eu deveria ir em pelo menos um restaurante de comida típica e que de preferencia que fosse na Lapônia!

Ravintola Nili

Ainda no aeroporto, acabei pegando uma daquelas revistas com informações turisticas e um dos restaurantes indicados era justamente esse que escolhi, o Ravintola Nili.

Buscando informações mais detalhadas na internet, achei algumas resenhas no TripAdvisor e 88% das pessoas que comentaram recomendavam esse restaurante.

É altamente recomendado fazer reserva, quando cheguei (perto das 20:00) o restaurante já estava praticamente lotado.

O ambiente é bastante rustico, todo feito com madeira e uma decoração temática. Os lustres são feitos com os chifres de renas, super bonitinhos!!

Todos os pratos são feitos com ingredientes da região, e os pratos principais são todos de carnes “diferentes”, como carne de Rena, Arenque Báltico.. e tinha até Carne de Urso!

Resolvi provar tudo o que tinha direito.

Começando pela entrada… Sopa de Salmão, acompanhada de Vinho feito com Cloudberry (um tipo de framboesa do Ártico)! A sopa pode até parecer estranha, mas era um creme, e junto, tinham alguns pedaços de salmão. Adorei!!!

Sopa de salmão

Vinho de Cloudberry

O prato principal.. Carne de Rena com purê de batata e geléia de lingonberry. E acabei pedindo um copo (que mais parecia uma jarra) de cerveja Lapin Kult IV. A carne de rena é um pouco mais forte do que carne de gado, e o lingonberry é meio azedinho!

O prato principal

E de sobremesa… Lappish cheese, queijo com canela e cloudberries.

Lappish cheese

Acertei em todas as escolhas, recomendo!

Ravintola Nili fica na rua Valtakatu 20, FI-96200 Rovaniemi, Finland. Abre todos os dias, das 17:00 as 23:00.

Atravessando o Circulo Polar Ártico

Se alguém algum dia me dissesse que eu iria chegar no Círculo Polar Ártico, eu iria chamar de louco! Depois dessa viagem, não teve uma pessoa que não tenha dito que na verdade a única louca era eu!!

2011 foi um ano extremamente atípico pra mim, primeiro foi a Islândia, um local fora do comum, completamente diferente de tudo que já tinha visto até então.

E em questão de alguns meses, lá estava eu, me aventurando em um outro lugar tão ou mais diferente, a região da Lapônia!

Logicamente que estive nesses dois lugares em estações do ano completamente diferentes, na Islândia fui no verão (que nem era tããão verão assim) e na Lapônia, pra ter graça, na minha opinião, o ideal era ir no inverno.

Engraçado como nesse ano tudo acabou acontecendo da forma como eu tinha planejado!

E quem nunca ouviu falar na latitude 66º 32’ 35″?!?!??! É justamente por onde passa a linha imaginaria do Círculo Polar Ártico.

Essa linha fica ao norte da cidade de Rovaniemi, passando dentro da Vila do Papai Noel, e inclusive passa pelo aeroporto!

Mas afinal de contas, o que é o Circulo Polar Ártico? Além de ser o nome de uma das linhas imaginárias que cortam o nosso planeta em partes, ele tem duas “caras” dependendo da estação.

Se for inverno, o sol não passa da linha do horizonte durante as 3 a 4 horas que se tem luz natural nessa época. Já no verão, o sol fica o tempo todo acima da linha do horizonte, fazendo com que durante esses meses, não exista noite, até pode ficar menos claro, mas totalmente escuro nunca.

E no momento em que eu estava cruzando essa linha, fiquei pensando… talvez esse seja o lugar mais longe onde já coloquei meus pés (isso se um dia eu ainda não for até a Groelândia ou Alaska)!

E eu acabei entrando na onda e achei que seria legal ter uma recordação desse momento.. e com isso agora tenho um carimbo no meu passaporte, dizendo que eu atravessei o Círculo Polar Ártico.

E nem em sonho, eu um dia sequer, imaginei que isso iria acontecer!!! =)

Hotel Santa Claus, em Rovaniemi

Tá ai uma tarefa dificil quando o assunto é hotel na Lapônia. Não por causa da localização ou por falta de opção, que são poucas, mas existem! O maior problema foi o preço mesmo x relação do que era já era oferecido no preço da diária. Vamos por parte..

Lateral do hotel e a Lordi’s Square, a principal praça da cidade!

– localização: todos os hotéis ficam bem no centrão da cidade, e quanto mais próximo a rua Koskikatu, melhor a localização. Pq pense bem.. uma simples voltinha pela cidade ou uma curta caminhada até um restaurante, e sem a pratica de caminhar na neve pode virar um pesadelo!

– opções: não são muitas as opções de hotéis, as poucas que tem, analisando de uma forma geral, todos os hotéis são bem parecidos. Oferecem os mesmos serviços e tanto café da manhã como internet são pagos a parte.

Hostel acho que é uma coisa mais recente na cidade, lembro que em 2010 quando estava organizando a viagem que não aconteceu, praticamente eles nem exisitiam, e se exisitiam, não eram divulgado em lugar algum, pq eu achei bem poucos!

Eu acabei escolhendo o Hotel Santa Claus que está muito bem localizado, a meia quadra da rua Koskikatu, próximo a muitos restaurantes e a meia quadra da principal praça da cidade, a Lordi Square, onde também fica o shopping da cidade, o Sampokeskus.

Pro padrão dos hotéis escandinavos, sempre moderninhos e com um design diferenciado, esse hotel passa por bem simples!

Detalhes na janela do banheiro, tudo em clima de Natal

No geral gostei bastante do hotel, bem limpo, organizado e quanto ao atendimento não tenho do que reclamar. Recomendo!

Os quartos são beeem espaçosos, no lado de fora de cada quarto tem um armário para guardar os apetrechos de inverno (pra quem for esquiar, por exemplo).

10:00 horas.. e o dia começando a amanhecer!

No hotel ainda tem um bar no andar térreo e um restaurante no segundo andar. Infelizmente eu não tive a oportunidade de ir em nenhum dos dois, mas estavam sempre lotados.

Está localizado na rua Korkalonkatu, 29. FI-96200, Rovaniemi.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Rovaniemi através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Chegando na Lapônia

Papai Noel existe, e ele mora na Lapônia!

Correio Oficial do Papai Noel, na Lapônia

Atravessando o Circulo Polar Ártico

Snowmobile e Tour de Rena na Lapônia

Ravintola Nili, em Rovaniemi

Rovaniemi, a capital da Lapônia!

Chegando na Lapônia

O voo partindo de Helsinki estava no horário, enquanto estava me deslocando pro portão de embarque fiquei imaginando como aquele voo ia ser barulhento e cheio de crianças chorando.

E pra minha surpresa, obviamente tinham algumas crianças, eram tão poucas, que acredite ou não, dava pra contar em apenas uma mão. Isso fez com que eu me sentisse um pouco melhor heeheheh Na verdade, eu tava morrendo de vontade de ir, mas ao mesmo tempo, tava morrendo de vergonha de ir nessa idade, digamos que já estou um pouco grandinha para esse tipo de passeio!!! =)

A espera por esse dia foi graaande, quase 2 anos, e finalmente coloquei meus pés na Lapônia!!!! E a minha primeira impressão? Melhor impossível, mesmo com todo aquele frio, vento e neve!!!

Saindo do avião, a primeira coisa que vi foi uma placa onde estava escrito: “The official airport of Santa Claus”, e as expectativas só aumentaram!

Como meu voo chegou um pouco tarde, por volta das 21:00 horas, nem tive tempo de fazer nada, fui direto pro hotel!

Na prática, é necessário levar em consideração algumas coisas antes de fazer uma viagem à Lapônia:

– No inverno, os dias são curtíssimos, amanhece por volta das 10:30 e já começa a escurecer as 14:30;

– Botas de neve, nem pense em ir pra Lapônia sem elas!! Pra mim, mesmo com as minhas galochas da Hunter, ainda tinha que me cuidar ao andar na neve, muita quantidade, e assim fica dificil saber se ao caminhar eu ia pisar levemente ou ia afundar, com a neve chegando a bater nos meus joelhos. Mas o ponto alto de tudo isso, foi ver algumas pessoas andando de bicicleta, normalmente, na maior facilidade, como se nem existisse neve no chão! Nem preciso dizer como fiquei me sentido ao ver essa cena! hehehehe

Rovaniemi

– A Lapônia é um destino um pouco mais caro que a média, isso pq além de tudo o que envolve o Natal e a presença do Papai Noel, ao redor de Rovaniemi existem várias estações de esqui;

– Para chegar até a cidade de Rovaniemi, capital da região da Lapônia, não existe voo direto de nenhum lugar da Europa, então, é obrigatório uma parada em Helsinki;

– A única empresa que opera voo para lá é a Finnair, saindo de Helsinki (também há opção pela Norwegian, com escala em Oslo ou Helsinki, e ainda pela AirBaltic, com escala em Riga);

– o número de hotéis e albergues é bem limitado, com poucas opções, então o ideal é organizar a viagem com um pouco mais de antecedência do que o normal.

Depois de saber de tudo isso… ainda tem mais!

O Aeroporto de Rovaniemi (IATA: RVN) é considerado o quarto aeroporto mais movimentado do país em número de passageiros que por lá passam todos os anos. O aeroporto fica bem perto do centro da cidade, a uma distância de apenas 10 km, no norte da cidade, ou seja, a gente já chega atravessando a linha do Circulo Polar Ártico!

Para ir do aeroporto até o centro da cidade, existe duas opções: táxi e o Airport Bus. Eu acabei optando pelo ônibus, que na verdade é uma van, e essa é uma linha especial que nos leva diretamente até a porta do nosso hotel, em apenas 15 minutos!! O ônibus parte 20 minutos após a chegada de cada voo. O valor do ticket é de 7,00 euros cada trajeto.

Caso o hotel ou hostel não esteja na lista que aparece nessa placa, é só falar com o motorista que ele também pode dar uma ajudinha, se não der pra deixar na porta, ao menos ele pode deixar bem perto! (a cidade é super pequena, a primeira impressão parece que os hotéis são super longes um dos outros, mas na verdade, é um do ladinho do outro praticamente)!

Já a volta, partindo do centro da cidade até o aeroporto, é um pouco mais chatinha. O ônibus não é tão frequente, saindo 1 hora antes de cada voo. Lembro que quando usei, eu nem tinha feito o check-in ainda, então eu tava super apreensiva e quase a beira do desespero pra chegar um pouco antes.

No site dizia que era só agendar através da internet o dia e horário que o ônibus passaria no hotel pra nos buscar, fiz isso, mas na prática acabei descobrindo na recepção do hotel, que o esquema é um pouco diferente.

A primeira imagem ao sair do aeroporto!

Uma dica que deixo, é se for usar esse serviço, cuidar no site do aeroporto qual é o voo anterior, e pegar esse onibus! Melhor ser prevenido e ficar esperando no aeroporto, do que acontecer alguma coisa e ainda perder o voo! O aeroporto é minusculo, mas ao menos oferece internet wi-fi gratuita, sem limite de tempo. Alias, é assim em todos os outros aeroportos do país, internet free! Uma maravilha!

Obs.: A rota feita pelo Airport bus entre a cidade e o aeroporto é a seguinte: Bus station – Hotel Scandic – City-Hotel – Hotel Cumulus – Hotel Santa Claus – Hotelli Vaakuna – Hotel Pohjanhovi – Airport.

%d blogueiros gostam disto: