Arquivo | Montenegro RSS for this section

Um dia eu quero ter uma casa de praia em Montenegro!!!

Um país que surgiu meio por acaso nos meus planos e acabei indo sem nenhuma expectativas, mas voltei cheia de planos!! Quem sabe um dia ter uma casinha, como várias celebridades mundiais?!?! Ou ir somente para passar as férias, pq não?? heeheh Montenegro me surpreendeu em todos os sentidos!!

O país é praticamente desconhecido por muita gente, eu diria que foi até um pouco dificil achar material relacionado a esse país, mas eu resolvi arriscar mesmo assim!!!

Montenegro

O tour no sábado eu também fiz com a Empresa Adriatic Explore, e acabei dando sorte, o guia desse tour era excelente!!

Montenegro é um país pequeno, situado na costa dos Balcãs, com litoral não muito extenso como o da Croácia, mas tão ou mais bonito quanto, e que estão espalhado por aproximadamente 295 km. A população total do país é de APENAS 600 mil habitantes!!

Sua capital é Podgorica, que não é tão popular entre os turistas, pois a grande maioria quer mesmo é passear pelo seu litoral.. e ver de perto a Baía de Cátaro, com suas curvas e água cristalina foi sem dúvida o ponto alto de todo o passeio!

Basicamente o tour foi: descer o litoral Croata, passando pelo Aeroporto de Dubrovnik e um pouco mais a frente, ainda no território Croata já da pra ver a “cadeia de montanhas” que deram o nome ao país, Montenegro! Atravessar a fronteira entre Croácia – Montenegro foi beeeem mais demorada, e enquanto aguardava todo o procedimento, fiquei reparando nas filas ao redor e realmente, os guardas estavam fiscalizando t-u-d-o!!

(O guia até disse que como a Croácia esta em fase de teste para a entrada como membro permanente na União Européia, a fiscalização triplicou, pois há uma série de normas e procedimentos que devem ser seguidos da mesma forma como os demais países membros procedem e se descumprir, pode até perder o acesso)

Kotor e as muralhas ao fundo!

Montenegro tem história, então para encurtar o blábláblá, em 2004 o país deu inicio ao seu processo de separação e independencia da Sérvia, e o melhor de tudo, sem gueraa! Foi feito um referendum, onde o povo votou e com apenas 55,5% dos votos, 0,5% a mais do que o necessário,  em 03 de junho de 2006 o Parlamento Montenegrino declarou oficialmente a sua Independência!!

O país mais recente da Europa, nem imaginava que essa separação trariam alguns “problemas”, e os principais e com mais urgencia de serem resolvidos acabaram sendo:

As ruas são ainda de pedra

– Qual moeda utilizar? A moeda oficial, quando o país ainda não era independente da Sérvia, era o Dinar, mas os servios acabaram proibindo o uso da sua moeda e Montenegro teve que agir rapido, solicitou junto a União Européia o uso do Euro como moeda oficial. E qual não foi a surpresa para todos quando a UE aceitou! Montenegro tbm se tornou o primeiro país a utilizar o Euro como moeda oficial mesmo não fazendo parte da União Européia!

– E como ficariam os problemas com a segurança? Os orgãos de defesas foram criados, agora o país possui forças armadas, exército, marinha e policiamento nas ruas.

Duas classes sociais são visíveis no país, os que recebem salário minimo e os ricos! Pra falar bem a verdade, devem ser milionários, passando pela Baia de Catáro, vi muitas mansões e iates! O guia comentou também que muitas celebridades de várias partes do mundo possuem mansões espalhadas pelo litoral Montenegrino! Mas quem domina mesmo o pedaço são os russos, que invadiram o pais e estão transformando tudo. Muitos hotéis de luxo apareceram nos ultimos anos, além de hotéis, casas de show, casinos… fora todo o resto que esta sendo ainda construido! Um verdadeiro canteiro de obras!

A primeira parada foi na cidade de Herceg Novi, a porta de entrada para a Baía de Cátaro. Fizemos uma breve parada (tempo suficiente) para as fotos.

Baía de Cátaro

Águas cristalinas e uma tranquilidade…

Mansões para todos os lados… A riqueza na região já vem de tempos, há muitos séculos atras, era feita a troca de 10 kg de sal por 1 kg de ouro, e essa tradição continuou por muitos e muitos anos!

As duas ilhas simbolo do país, a Ilha natural de São Jorge com apenas um monastério, uma igreja e um cemitério! E a outra, a  Ilha artificial de Virgem St Maria, que é um santuário a Santa Maria!

O destino mais esperado desse tour era Kotor, com uma cidade antiga cercada por muralhas, a cidade foi declarada Patrimônio da humanidade. A cidade é super pequena, e pra ter uma ideia, são apenas 5 mil habitantes!

Registros indicam que a cidade existe desde o ano 168 a.C, sendo assim, já era habitada desde os tempos dos Romanos. E desde essa época a cidade era muito popular, principalmente por estar localizada no meio de fiordes, que na verdade são Canyons submersos, os unicos no sul da Europa.

A cidade dentro da Muralha é bem bonitinha e bem conservada. As ruas estreitas e feitas com pedra, a cada esquina revelam uma nova igreja. Só para citar algumas..

Catedral de Kotor (também chamada de Cathedral of Saint Tryphon) e é lá onde estão os restos mortais de St Tryphon, o santo padroeiro da cidade!

Também visitei, pela primeira vez, uma Igreja Ortodoxa, a St Nicolas Church. Engraçado que as igrejas ortodoxas não são tão grandes e não tem bancos, mas são super bem decoradas, essa em especial, muito bonita!

O próximo destino foi só mesmo uma parada para matar a curiosidade de turistas furrebas tipo eu e mais 99% da população mundial. Na ilha-hotel de Sv Stefan, fica o hotel mais luxuoso do país, que atualmente foi comprado pela mesma rede de hotéis do Burj al Arab, de Dubai. Somente hospedes podem frequentar a ilha e suas duas praias particulares que ficam no continente!

E a última cidade que visitamos foi Budva, que com os seus mais de 2.500 anos de existência, é considerada uma das mais antigas no Mar Adriático!!!

Budva é a Las Vegas de Montenegro, tem fama de ser a cidade da diversão, com cassinos, bares, bons restaurantes e tudo o que uma cidade “grande” pode oferecer! A cidade toda, vai muito além da sua cidade antiga, que assim como Kotor, também é totalmente cercada por uma muralha.

Budva até me pareceu um repeteco de Kotor, ruas estreitas, muitas igrejas, como Igreja de St. Ivan, a Igreja de St. Mary’s of Punta e a Igreja Holy Trinity. Mas a que mais gostei, foi uma Igrejinha totalmente feita de pedra, com vista para o mar.. Super bonitinha!

Na hora de voltar para casa, passamos pela cidade de Tivat, e lá pegamos um ferry para cortar caminho, o tempo total da travessia dura menos de 5 minutos.

Por ser um sábado a tarde, pegamos um engarrafamento na fronteira entre Montenegro e Croácia.

Ah, dessa vez tive o meu passaporte carimbado na volta!!

Somente euros são aceitos, nem nem adianta tentar se livrar das Kuna ou qualquer outra moeda que praticamente nenhum lugar aceita!

obs.: Em 18 de dezembro de 2010, Montenegro solicitou ser membro da União Européia e o Conselho Europeu ortorgou ao país o status de candidato oficial. Na minha modesta opinião e levando em consideração o que vi e o que o guia contou, tudo para ser aceito, pelo menos muito antes de vários outros países que estão na mesma situação!

Anúncios

Roteiro: Inglaterra, Croácia, Bósnia e Herzegovina e Montenegro

(Vou fazer mais uma pausa na sequência dos relatos das minhas viagens para escrever sobre os últimos lugares que visitei!!!)

Essa viagem aconteceu semana passada, durante a segunda semana de férias que tive do curso de inglês, esse mês ainda.. de 02 a 11 de setembro de 2011!!

Brighton

A principio a viagem seria Bratislava, Budapeste, Zagreb e Liubliana.. mas a medida que fui tentar organizar a viagem principalmente envolvendo os meios de transporte, a “dor de cabeça” começou e tive que mudar os planos!!!

Procurei por empresas aereas que fizessem o trecho Escócia – Croácia direto, e só encontrei a Jet2, porém eles só operam voo 1 vez por semana, no domingo e somente para Dubrovnik, tanto pra ir como pra voltar.. no inicio achei que uma semana inteirinha na Croácia seria muito.. mas conforme comecei a pesquisar e vi que era possível ir até a Bósnia ou até Montenegro ou até mesmo até a Albania.. deixei os outros países de lado e escolhi a Croácia como destino principal.

Split

Definido isso, o proximo passo seria definir como chegar até a Croácia. Então pra facilitar a locomoção, preferi ir até Londres (realmente foi um sacrificio hehehe) e pegar lá o voo pra Split.

O trajeto entre Split e Dubrovnik, fiz de  onibus estilo “pinga-pinga”, pois li em alguns sites que é a melhor forma de conhecer bem o litoral croata, e é verdade!!

Dubrovnik

Assim, quando cheguei em Dubrovnik, fiquei como base lá e fui explorar os demais lugares… o que facilitou muito, pois o calor e o solzão tavam de matar!!!

Os trajetos aereos fiz com a Easyjet entre Edimburgo – Londres – Split e na volta o voo era direto entre Dubrovnik – Edimburgo, com a empresa Jet2!!

Por do sol em Zadar

Então, a viagem começou na sexta-feira e ficou assim:

– Londres com day trip para Brighton, no litoral sul da Inglaterra;

– 2 dias em Split, e mais um dia onde fui conhecer Zadar;

– 2 dias em Dubrovnik com mais 2 dias onde fui pra Bósnia e Herzegovina, onde o tour começou na cidade de Neum que é unica cidade litoranea do país, seguindo para Počitelj e a última parada foi em Mostar. E um day trip para o litoral de Montenegro, onde conheci as cidades de Herceg Novi, Bocas de Cattaro, onde fica a cidade de Kotor que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a ilha de Sv Stefan e a cidade de Budva.

A Croácia ainda não ultiliza o Euro.. então, ainda é utilizada a Kuna!

Outro detalhe que deve ser levado em conta é a necessidade ou não de visto pra visitar esses países.

Em setembro de 2006, a Croácia e o Brasil assinaram um acordo onde brasileiros não precisam de visto para viajar ao pais se for viagem de carater turistico ou negócios por até 90 dias!!

A Bósnia segue a mesma regra que a Croácia, então também não é necessário visto para brasileiros no periodo de 3 meses, mas como o Brasil não tem representação na Bósnia, é aconselhado pelo site do MRE a entrar em contato antes pois as regras podem mudar a qualquer momento!!

Stari Most, em Mostar, um dos símbolos da Bósnia e Herzegovina

Já a Embaixada do Brasil em Belgrado ainda responde tanto pela Sérvia quanto por Montenegro. Assim, desde 2008, brasileiros também não precisam de visto para entrar em Montenegro por até 90 dias, porém pra visitar a Sérvia é necessário visto!!!

A idéia dessa viagem surgiu por pura curiosidade mesmo, já que a Croácia vem se destacando e batendo recordes de visitas nos ultimos anos e virou um dos destinos preferido dos Britânicos e Europeus no verão!!

As informações que encontrei sobre a Croácia na internet foram, digamos que suficientes, porém ainda estão longes de serem facilmente encontradas. Já sobre a Bósnia e Montenegro então, praticamente encontrei só o essencial!!

%d blogueiros gostam disto: