Arquivo | Aeroporto RSS for this section

Onde guardar as malas em estações de trem ou aeroportos na Escócia e no UK

Quem nunca se preocupou em onde deixar as malas seja no aeroporto ou até mesmo em uma estação de trem durante uma viagem? Independente do motivo, a grande maioria das estações e aeroportos do Reino Unido oferecem um lugar pra deixar as nossas malas.

No Reino Unido, a coisa é bem organizada e praticamente todos os principais aeroportos e estações de trem oferecem essa opção aos viajantes.

Aeroporto de Heathrow - Terminal 5

Aeroporto de Heathrow – Terminal 5

A única vez que precisei utilizar esse serviço foi quando voltei da Escócia pra renovar meu visto e tive que trazer as minhas 3 malas. Só que pra complicar um pouco mais a minha vida, antes de vir embora eu resolvi fazer um “mochilão” por Londres, Bruxelas, Luxemburgo, Colônia na Alemanha, Polônia e Espanha. Por sorte eu resolvi começar essa viagem em Londres e terminar ali também. Isso facilitou muuuito a minha vida, já que foi muito simples achar uma solução pra esse meu “problema”.

O meu voo de Edimburgo teve que ter destino final o aeroporto de Heathrow, já que o voo pro Brasil partia de lá também. Como voei British Airways, não precisei me preocupar com os terminais, pq o terminal 5 é exclusivo dessa cia aérea. Deixei minhas malas lá e quando meu mochilão terminou, passei lá recolhi minhas malas e subi fazer o check-in. Moleza!!

As duas malas maiores eu deixei no Left Luggage

As duas malas maiores eu deixei no Left Luggage

E como eu descobri a existencia dessa empresa? Vasculhando o site do aeroporto de Heathrow, claro. Ai foi só ler tudo e me certificar via email (eles respondem bem rápido) uma duvida que tinha, procurei algumas experiencias em blogs de viagem e não precisei mais me preocupar com isso.

Então, antes de qualquer coisa, no Reino Unido esse serviço de “guarda-volumes” é chamado de “Left Luggage”. O esquema é tão organizado, que existe uma empresa privada, a Excess Baggage Company, que é responsável por controlar quase todos os guarda-volumes no país.

Principal estação de trem de Edimburgo - Waverley Station

Principal estação de trem de Edimburgo – Waverley Station

A forma como essa empresa trabalha é bem simples:

– antes de qualquer coisa, eu aconselho a entrar no site e já verificar se a estação de trem ou aeroporto de destino oferece esse serviço;

– os preços também podem ser pesquisados no site, sendo assim, evita surpresas na hora;

– ao chegar em qualquer loja da Excess Baggage (que vai ser identificada por Left Luggage na fachada), vai ser necessário preencher um pequeno cadastro (importante ter o passaporte em mãos);

– as malas vão passar pelo raio-x (claro) e também são etiquetada. Como eu disse antes, eu tava voltando da Escócia para o Brasil pra renovar o visto e em uma das minhas malas tinham duas garrafas de whisky. O atendente pediu se eu tava levando algum liquido na bagagem e pediu o que era e se estava lacrado. Por sorte, tava tudo lacrado, embalado em papel bolha e dentro de caixa. Então acho que por isso ele não implicou.

– eles pedem se a gente quer passar aqueles plasticos de segurança (bag wrap) ao redor da mala, mas não achei necessidade. Mas coloquei cadeado em todos os zipers, claro.

– o local onde as malas vão ser armazenadas é totalmente vigiado 24 horas por dia e tudo é gravado.

– o valor das diárias são pagas somente na hora da retirada. Então é dado um recibo com os numeros de identificações das malas. Só isso que recebemos. Importante: guarde bem esse recibo, pq sem ele não tem como tirar a mala e ainda vai ser cobrado multa e vai ser preciso se explicar e mostrar milhões de documentos.

left luggage uk 1_1200x827

Até aqui parece tudo uma maravilha, certo? Realmente é, mas como tudo na vida, algumas regrinhas precisam ser seguidas.

– esse serviço não fica aberto 24 horas por dia. Cada lugar tem um horário, mas geralmente fica assim: abre todos os dias da semana, das 05:30 as 23:00.

– o valor para cada mala vai ser (valor de hoje) de 9,00 libras a cada 24 horas, mas algumas lojas também oferecem opções para quem deixar menos tempo, como por exemplo de 0 a 4 horas o valor é de 5,00 libras e mais de 4 horas tem o mesmo valor de como se fosse deixar o dia todo, 9,00 libras;

– o pagamento pode ser feito tanto com cartão de crédito ou em dinheiro.

Estação de trem de Edimburgo - Waverley Station

Estação de trem de Edimburgo – Waverley Station

Na Escócia, esse serviço só é oferecido em Edimburgo na estação de trem de “Waverley” e em Glasgow na estação de trem “Glasgow Central”.

E na Inglaterra esse serviço é oferecido nos aeroportos de Heathrow e Gatwick e em algumas estações de trem. Também existem lojas em Birmingham, Leeds, Liverpool e Manchester.

Para maiores informações, é só consultar diretamente no site => Left Baggage. No canto inferior direito, é só selecionar a cidade e o valor pra cada aeroporto/estação de trem aparece logo abaixo no quadradinho azul. Simples, né?

A minha opinião sobre o serviço: na época o valor era um pouco mais baixo, mas tbm não muito, eu deixei minha mala por 15 dias guardada no aeroporto de Heathrow – Terminal 5. O atendimento foi ótimo. O rapaz me explicou tudo na maior boa vontade, na hora do raio-x ele me fez as perguntas necessárias (ele me explicou que eles não podem abrir nenhuma mala sem a presença do cliente), me deu o recibo e pronto. Quando voltei pra retirar minhas malas, apresentei o recibo e paguei. Minhas malas estavam em perfeito estado, não estavam amassadas, nem sujas e os cadeados estavam intactos, ou seja, tudo dentro dos conformes. Mas mesmo assim, com a paranoia de brasileiro, fui ao banheiro e abri as minhas malas pra ver se as coisas principais estavam ali e tava tudo certinho. As garrafas de whisky também não sofreram nenhum dano. Claro que não deixei nenhum equipamento eletronico (notebook, maquinas fotograficas e tal), isso eu tive que levar comigo durante o mochilão. Serviço nota 10, vale o dinheiro gasto com toda a certeza.

O Left Luggage do aeroporto de Edimburgo fica nessa região

O Left Luggage do aeroporto de Edimburgo fica nessa região

Mas e o restante do país, não tem opção de guarda volumes? Tem sim!

O aeroporto de Edimburgo também conta com o serviço de Left Luggage, porem não é operado por essa empresa. O Left Luggage fica no primeiro andar, perto do desembarque domestico (Uk Arrivals) e funciona das 06:00 as 22:00. Atualmente os valores são:

– até 24 horas: 7,50 libras/mala;

– a cada 24 horas a mais também é cobrado 7,50 libras/mala;

– se for guardar equipamento de ski, bolsas de golf ou qualquer outra coisa muito gigante, o valor é de 10,00 libras/dia/objeto.

Então, como nunca usei o guarda-volume do aeroporto de Edimburgo, não sei dizer como é o serviço. Imagino que deve ser bom.

Estação de ônibus de Edimburgo (Edinburgh Bus Station) também oferece esse serviço, porém eu nunca utilizei. A localização dentro da estação é muito boa, fica no corredor principal, bem em frente aos portões de embarque. O serviço está disponível das 04:45 as 01:15. Malas pequenas, médias e grandes pagam até 3 horas 3,00, 3,50, 4,00 libras e até 24 horas o valor cobrado é de 7,00, 8,00, 9,00 libras/mala respectivamente.

Pra liberar os guarda-volumes são aceitos moedas apenas e não precisa se preocupar, tem uma máquina que troca dinheiro por moedas. As malas não passam por raio-x, pois é um locker simples que a própria prefeitura de Edimburgo oferece.

Estação de trem de St Pancras, em Londres também tem um Left Luggage

Estação de trem de St Pancras, em Londres também tem um Left Luggage

Em Londres, ainda há opção de left luggage nos aeroportos de Luton, Stansted e City, só que não é operado pela Excess Baggage. E também existem outras opções de guarda-volumes em mais algumas estações de trem na cidade, para maiores informações é só clicar aqui. E pra quem for se deslocar de ônibus partindo de Londres para Edimburgo, os ônibus sempre partem da Victoria Bus Station, que fica junto a Victoria Station (por onde também passa a linha de metro), para maiores detalhes é só clicar aqui.

Posts relacionados:

Aeroporto de Edimburgo

Airlink – Como ir do aeroporto de Edimburgo até o centro da cidade

Viajando de ônibus pela Escócia

Mini-guia para viajar de trem pela Escócia e norte da Inglaterra

Todas as opções de transporte entre Londres e Edimburgo

Como ir de Londres a Edimburgo de Trem

Edimburgo: Onde é melhor se hospedar?

O que fazer em apenas 24 horas em Edimburgo?

O que fazer em 48 horas em Edimburgo?

Anúncios

Andando de táxi em Edimburgo

Esses dias atrás eu tava conversando com o pessoal aqui em casa sobre algumas facilidades que encontramos pelo Reino Unido e pela Europa e acabei lembrando que nunca tinha escrito nada sobre o assunto táxi aqui no blog.

Na verdade, o que vou escrever aqui nesse post não se aplica somente a Edimburgo ou a Escócia, as “regras” são praticamente as mesmas em todo o Reino Unido e as facilidades também!

Pra começo de conversa, é bom saber que os famosos táxis pretos – um dos maiores símbolos do país – são cheios de coisinhas para entender, como por exemplo:

– Os táxis são divididos em duas categorias: os Black Cabs e os Minicabs.

Os Black Cabs são os tradicionais táxis pretos que estamos acostumados a ver por ai. Apesar do nome sugerir que eles devem ser pretos, na prática não é bem assim, eles podem ser de qualquer cor (normalmente são cheios de propagandas). Quem pensa que vai ver eles circulando só em Londres, pode comemorar, em Edimburgo e na Escócia (aliás, em todos os lugares do país), existem vários também! No geral, pra corrida de táxi ser confortável, é recomendado que a quantidade máxima de pessoas em um carro não ultrapasse 5 pessoas, isso pq, além do banco na parte de trás, ainda existem dois banquinhos “extras”. Esses carros tem um modelo exclusivo, que se tornaram famosos em todo o mundo, e mesmo hoje em dia, eles ainda são produzidos da mesma forma, ou seja, o modelo contina exatamente o mesmo. Os motoristas são treinados (fazem cursos e provas pra ser habilitado a dirigir esses táxis no país). Esses táxis podem ser agendados ou podemos pegar em qualquer parte da cidade, no meio da rua ou ainda, quando eles estão parados em frente a algum mercado ou estação de trem.

Já os Minicabs podem ser qualquer tipo (modelo ou cor) de carro. Normalmente, o que vemos com grande frequencia pelas ruas são carros com um visual mais moderno (meio quadradão) e maiores. Uma coisa que é interessante saber é que, esse tipo de táxi nos só podemos usar se agendarmos com antecedência ou se pegarmos em pontos especificos na cidade. Ao pegar um minicab que estiver simplesmente passando na rua, sem agendamento prévio, certamente esse taxista vai estar trabalhando de forma ilegal. Nenhum dos Minicabs tem taximetro, o preço final da corrida já é informado na hora da reserva.

– Independente de qual for o tipo de táxi escolhido, Black Cab ou Minicab, todos eles são regulamentados. As tarifas são padrão dentro de cada categoria, então não tem muito com o que se preocupar;

– Ao pegar um Black Cab na rua, o ideal é, antes de entrar no táxi, conversar com o motorista primeiro e dizer qual é o destino da corrida, sem esquecer também que é importante já combinar um valor aproximado;

– As tarifas cobras pelos Minicabs são muito mais baratas do que as cobradas pelos Black Cabs. Uma outra grande vantagem dos Minicabs é que, como precisamos agendar com antecedência, as tarifas já são pré-determinadas, então se tiver engarrafamento, desvio de rota ou o que for, o valor não altera. Já nos Black Cabs, o valor da corrida é aproximado, mas o taximetro é quem vai dizer o valor final.

Sendo assim, as vezes me perguntam: Quando é vantagem usar Táxi? No trajeto do centro da cidade até o aeroporto (ou vice-versa) quando for um grupo de 4 ou 5 pessoas ou em situações onde fica inviável pegar transporte público. Um bom exemplo foi quando eu estava voltando da Escócia para o Brasil no final do ano passado. Eu tava com 3 malas gigantes e mesmo com a parada do Airlink ficando a 4 quadras de onde eu morava, não tinha condições de eu ir até lá arrastando todas as minhas malas pelas ruas. Nesse caso, tanto o Black Cab como o Minicab são uma ótima opção!

Quanto as facilidades na qual eu me referi no inicio deste post, foi justamente o motivo que me fez escrever sobre esse assunto. Explico:

Imagine que eu resolvi marcar a minha volta da Escócia para o Brasil (com uma paradinha estratégica de alguns dias em Lisboa) no dia 25 de dezembro. Eu sei que nesse dia (que é um dos poucos feriados onde literalmente tudo fecha ou para de funcionar em todo o Reino Unido) o aeroporto opera com pouquíssimos voos e que o Airlink já tinha avisado que não iria funcionar, mas mesmo assim resolvi arriscar, pois se eu ficasse em Edimburgo, seria um “dia perdido”.

Bom, eu tive que me virar pra achar uma empresa de táxi que trabalhasse nesse dia. Foi ai que eu acabei descobrindo a existência da empresa ComCab-Edinburgh.

A ComCab é uma empresa de Black Cabs, que trabalha com ponto fixo em frente ao Usher Hall, Waverley Station e Haymarket Station (e deve ter mais alguns outros espalhados pela cidade) e com atendimento via telefone ou internet. Internet? Siiiim! Imagine eu, que sai do interior de Santa Catarina, quando vi no site que era possível reservar o táxi pela internet, achei o mááááximo!!!

Fiz uma simulação no site pra ver como era o esquema da reserva antecipada e uns dois ou três dias depois liguei lá pra saber se realmente eles iriam trabalhar no dia 25 e principalmente, se eu resolvesse reservar pela intenret, se eu podia confiar! Imagine o rapaz me respondendo: “Yes, yes and yes, of course!” E fim de conversa! heheehhe Ok, pensei eu! Vamos confiar!

Só pra garantir e não ter nenhum problema, resolvi agendar o táxi com bastante antecedência, pq se caso acontecesse algum problema ou se ninguém aparecesse pra me pegar, eu ao menos teria tempo suficiente para sair atrás de outra opção!

E dito e feito, eu não precisei me preocupar. Na hora marcada (pra ser mais exata, 2 minutos antes da hora marcada) o taxista estava ali na porta do prédio me esperando! Nossa, fiquei muito aliviada!

Ahh, mas a “facilidade” não para por ai não! Imagine que, além de reservar pela internet, também é possivel já deixar tudo pago! Siiiim! Fiquei boba de ver tamanha evolução! Reservei meu táxi, paguei tudo pela internet e não me preocupei com mais nada (quer dizer, me preocupei somente com o fato de que alguém iria ou nao aparecer na hora marcada pra me pegar)!

taxi_1200x847

Pra reservar o táxi pela internet é muuuuito fácil. No meu caso, tive que digitar o endereço (em Edimburgo temos que digitar a primeira parte do codigo postal, que corresponde ao bairro, que vai ser algo como EH + número, por exemplo EH3) de onde o táxi viria me pegar (onde eu morava) e o endereço de destino (aeroporto). Em poucos segundos já aparece a tarifa pra esse trajeto que, nesse caso, foi de 18,00 libras. Como o pagamento antecipado tinha que ser feito via cartão de credito (também dá pra pagar diretamente no táxi – mas só descobri isso depois), eu acabei pagando uma taxa de 5%. Mas ok, também não foi nenhum absurdo!

Obs.: a versão Minicab da ComCab é a Onward travel.

Obs. 2: outra empresa de Minicab beeem popular em Edimburgo é a Edinburgh City Private Hire.

Intercâmbio: Comprando a passagem aérea para a Escócia

Aqui no blog eu ja falei um pouco sobre o aeroporto de Heathrow em Londres e o aeroporto de Edimburgo. Também ja falei como é o processo de obtencão do visto de estudos (inferior a 6 messes) que recebemos na Imigração em Londres, porém eu ainda não tinha falado nada sobre como comprar a passagem aérea para a Escócia.

Normalmente que vai pra Escócia, acaba desembarcando nos aeroporto ou em Glasgow ou em Edimburgo, os maiores do pais.

Para chegar a Escócia, nao existem voos diretos partindo do Brasil, então obrigatoriamente sera necessario fazer uma conexão.

As opçoes são duas:

– conexão no aeroporto de Heathrow em Londres;

– conexão em aeroportos de qualquer pais europeu, como por exemplo, em Lisboa, Madri, Paris, Amsterdam e Frankfurt, que sao mais frequentes.

Nas duas vezes que eu fui, dei preferencia em ir direto pro Reino Unido, mesmo sabendo que a imigração em Londres tem a fama que tem.

Pra quem acha que a imigração na Escócia vai ser mais facil, isso é pura lenda. Eu ja vi gente sendo mandado embora enquanto eu estava na fila aguardando a minha vez.

Uma coisa que muita gente não sabe, inclusive eu, que só descobri depois de ter comprado a minha passagem, é que para pessoas que estejam indo estudar fora do pais, algumas cias aéreas oferecem vantagem para estudantes.

As cias aéreas que oferecem essa vantagem, devem seguir algumas regras, como:

– obrigatoriamente devemos apresentar a confirmacão da inscrição em algum curso no exterior, através da Visa Letter, que é enviada pela escola;

– essa vantagem só é concedida para pessoas que tenham entre 12 a 34 anos;

– ao comprar a passagem ida e volta, é obrigatório definir as datas, mas a grande vantagem é que, se necessário, a remarcacão do voo da volta pode ser feito sem cobrança extra de taxa, ou seja, é gratuita;

Este tipo de passagem pode ser comprada diretamente no 0800 das cias aéreas ou em algumas agências de intercâmbio autorizadas a revender.

Outros fatores que devem ser levados em consideracao na hora de comprar a passagem, independente de ser a passagem com tarifa normal ou para estudante:

– o ideal é comprar sempre passagem ida e volta, sempe o preco vai ser mais barato. E como é exigido apresentar a passagem de volta, entao ja favorece;

– é indicado comprar a passagem com pelo menos 6 meses de antecedencia;

– qual mes vai ser a viagem: os meses de ferias escolares tanto aqui no Brasil como no exterior, o preco das passagens vao ser um pouco mais caras do que a média;

– normalmente as passagens vendidas na terca-feira e na quarta-feira sao mais baratas pq nao apresentam grande procura.

– para a passagem sair mais barata, o indicado é que a ida e a volta tenham saida do mesmo lugar, por exemplo: na ida São Paulo – Londres e volta Londres – São Paulo, ao inves de São Paulo – Londres na ida e na volta Paris – São Paulo.

Com a passagem comprada, agora vem a melhor parte, comecar a organizar a viagem…

Aeroporto de Edimburgo – Ampliação

Edimburgo é a segunda cidade mais visitada do Reino Unido, ficando atrás somente de Londres. Uma das principais vias é a áerea, pois a distância entre Londres e Edimburgo é de apenas 1 hora.

Setor de embarque no Aeroporto de Edimburgo

Com um aumento significativo no número de passageiros que vem passando pelo Aeroporto de Edimburgo, algumas melhorias e/ou ampliações foram necessárias. De 2008 (quando estive lá pela primeira vez) até dezembro de 2011, muitas coisas mudaram…

A partir do final desse corredor vem a ala nova!

A pista principal foi totalmente refeita, a area de check-in ampliada, e até na parte do embarque, o número de portões de embarque foi bastante ampliado.

Acabei descobrindo uma “nova” parte do terminal de embarque quando fui pegar os voos para Belfast, na Irlanda do Norte, Dublin, na Irlanda e para Cardiff, no País de Gales.

Tem até esteira rolante!

Ao longo desse corredor também tem vários portões de embarque

Durante o trajeto, várias fotos de lugares turisticos de Edimburgo

Para quem vem visitar Edimburgo, partindo de Londres e depois vai seguir viagem para a Ilha da Irlanda como um todo, seja Belfast ou Dublin, ou para quem vai para o País de Gales ou qualquer outro voo interno no Reino Unido que não seja pela British Airways, certamente vai conhecer essa parte nova. Outras empresas locais que partem dessa nova ala são: Aer Lingus, Flybe e Aer Arann (essas eu já utilizei), mas existem mais opções, como Ryanair, Vueling.. entre outras.

Nova ala no setor de embarque

Tem computadores com acesso a internet, livrarias, cafés..

Depois de passar pelo controle de passaporte e segurança, entrando no Hall na área de Embarque, de frente pro World Duty Free Shop,  essa nova ala, fica no sentido lado esquerdo, e o trajeto é looongo, uns 10 ou 12 minutos (no minimo) de caminhada!

Airlink – Como ir do aeroporto de Edimburgo até o centro da cidade

Das várias opções de transporte entre o Aeroporto de Edimburgo e o centro da cidade (com parada final em frente a Waverley Station), a mais rápida e simples são os ônibus novíssimos chamado Airlink (número 100)!!

Ônibus especial que faz o trajeto entre o Aeroporto e o centro da cidade

Esse ônibus funciona todos os dias da semana das 04:00 até 00:22. Atualmente, o trajeto é feito em 30 minutos fica em torno de 50 minutos devio as obras do Tram. As saídas são frequentes, a cada 10 minutos tem um ônibus partindo. Se for pegar o ônibus bem cedo, entre 04:00 e 07:00 da manhã, a frequencia passa para a cada 20 minutos. Então é super tranquilo!!

O ticket comprado com o motorista!

Os tickets podem ser comprados tanto no guichê no aeroporto, no escritório da Lothian Buses que fica na esquina ao lado da Waverley Station, com o motorista ou pelo site oficial.

Airlink no aeroporto

Com as obras do Tram, esse é o novo trajeto para novembro e dezembro de 2011 e 2012!

É um tipico ônibus inglês, aqueeeles de dois andares e com lugar especifico para colocar as malas no andar inferior. E se caso não tiver mais banco disponivel no primeiro andar, no ônibus tem uma camera de segurança direcionada para o lugar onde estão as malas e no segundo andar tem uma tv que mostra o tempo todo as imagens. É bem seguro. Ninguém precisa se preocupar com as malas, pq é só acompanhar pela tvzinha!

Airlink!

Tanto no andar inferior quanto no superior, tem uma tv que informa as paradas e o tempo que falta para o próximo destino e/ou destino final.

Através da tela no lado direito, é possível acompanhar as malas que ficam no andar inferior

Mais de perto..

Além de ser anunciado a cada pouco qual vai ser a próxima parada, de uns tempos pra cá estão anunciando também alguns hotéis que ficam próximo de ponto de desembarque. Facilita bastante para os turistas.

Visão geral do segundo andar do ônibus

No andar superior, alguns bancos tem mesinhas onde da pra usar o notebook, tem tomadas também se precisar carregar o celular ou qualquer outro aparelho, além é claro do wi-fi gratuito. Eu testei esses dias atrás e funciona muito bem. A internet é bem rapidinha e não caiu nenhuma vez!!

Quanto aos valores, o single ticket fica em 3,50 libras e se for o return ticket  o valor é de 6,00 libras. Lembrando que o ticket da volta tem que ser usado em até 6 meses contados a partir da data da primeira validação.

ônibus que faz linha especial para o aeroporto: Airlink!

Obs.: Desde outubro desse ano, devido as obras do Tram no centro da cidade é sempre recomendado sair com um pouco mais de tempo, pois as rotas tem mudado um pouco, fazendo com que o trajeto aumente uns 5 ou 10 minutos.

Posts relacionados:

Aeroporto de Edimburgo

Aeroporto de Edimburgo – Ampliação

Andando de táxi em Edimburgo

Andando de ônibus em Edimburgo

Ônibus da linha de turismo em Edimburgo

Euro x Libra e o Reino Unido

%d blogueiros gostam disto: