Arquivo | Natal RSS for this section

Mini-guia para passar o Natal e Ano Novo em Edimburgo

Faz tempo que eu estava pensando em escrever esse post e acho que agora é uma boa oportunidade, já que eu acabei de voltar de Edimburgo. Mesmo sendo inicio de novembro, a decoração de Natal já estava sendo montada pela cidade e muitas lojas já estavam com as suas vitrines enfeitadas para o final do ano. Alguns restaurantes também  já estavam divulgado seus menus especiais e oferecendo possibilidade de reserva.

Como existem alguns prós e contras importantes a serem levados em consideração antes de fechar uma viagem para Edimburgo (e Escócia em geral) nessa época, aqui vão algumas considerações:

** Natal **

Ao contrario de nós aqui no Brasil, na Escócia em geral o Natal é comemorado com um almoço no dia 25 de dezembro. Pra nós brasileiros, o ideal é manter o nosso dia de comemoração na noite do dia 24, pq as possibilidades vão ser maiores de encontrar um restaurante aberto e os preços acabam ficando bem mais agradáveis.

Dia 24 de dezembro:

– Atrações turísticas: a grande maioria das atrações turísticas de Edimburgo abrem normalmente. Como por exemplo, o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo e os Museus (Galeria Nacional e o Museu de Arte Moderna). Já outras atrações como o Royal Yacht Britannia, abrem com horário reduzido.

– Lojas: abrem normalmente nesse dia, algumas (poucas) fecham um pouco mais cedo, por volta de 16:00 horas.

– Restaurantes: assim como as lojas, a grande maioria dos restaurantes abrem normalmente também, pouquissímos trabalham com horário reduzido ou fecham.

– Trens e ônibus: funcionam normalmente por todo o país.

Dia 25 de dezembro:

– Atrações turísticas: a maioria das atrações estarão fechadas, então, lugares como o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo, Museu Nacional da Escócia, Museu de Arte Moderna e a Galeria Nacional da Escócia não serão possíveis de visitar.

– Lojas: praticamente tudo fechado, exceto algumas lojinhas de souvenirs.

– Restaurantes: a grande maioria dos restaurantes fecham e os que estiverem abertos, são os que operam com o sistema de reserva antecipada para um almoço de Natal especial.

– Trens e ônibus: Nenhum trem ou ônibus estarão operado na Escócia, nenhum mesmo. É uma das poucas datas em que literalmente o país para.

Dia 26 de dezembro:

Apesar de aqui no Brasil esse dia já ser considerado um “dia normal”, em Edimburgo (e por toda a Escócia) nesse dia é feriado, mas diferentemente do dia anterior (dia 25 de dezembro), as lojas e restaurantes voltam a funcionar normalmente (a grande maioria), mas alguamas atrações, como o Palácio de Holyrood, o Castelo de Edimburgo, Museu de Arte Moderna e a Galeria Nacional da Escócia ainda estarão fechados. Já algumas outras atrações como Museu Nacional da Escócia estarão funcionando com horário reduzido e outras atrações como Royal Yacht Britannia voltam a abrir normalmente.

Os meios de transporte em geral, como trens e ônibus, voltam a oferecer os seus serviços, porém algumas empresas operam com horários reduzidos.

Obs.: Aqui nesse post eu coloquei alguns exemplos, mas é sempre é bom checar nos sites oficiais de cada uma das atrações turísticas os horários de funcionamente de cada uma em especifico. É bem fácil de encontrar essas informações, pois todos os sites tem um link chamado PLAN YOUR VISIT ou OPENING TIMES ou HOW TO FIND US.

** Hogmanay, o Ano Novo Escocês **

Até alguns anos atrás o Hogmanay costumava ser comemorado em 5 dias, que depois foram diminuidos para 4, e  desde o ano passado essas comemorações foram parar em apenas 3 dias.. e sinceramente? Espero que essas reduções parem por aqui!!

Dia 30 de dezembro

Um dos eventos mais legais na minha opinião nas comemorações do Hogmanay é o Torchlight Procession. Ele que abre todas as comemorações dessa época do ano. Eu tive a oportunidade de participar por duas vezes, uma carregando a tocha e seguindo o percurso e outra analisando melhor os bastidores do evento, sendo assim, todas essas informações estão super detalhas nesse post onde eu descrevi como tudo acontece nesse dia. Claro que nem todo mundo tem coragem de enfrentar uma caminhada de 1 hora (ou talvez um pouco mais?) até o topo do Calton Hill acompanhado de um friozão (e de um ventão) de matar, mas vale o sacrificio, pode ter certeza!!  Os tickets (que na verdade é a compra da tocha) para esse dia podem ser comprados pela internet ou lá na hora mesmo. Quem não quiser carregar a tocha e participar da caminhada junto com o restante da galera, pode acompanhar o pessoal mesmo sem estar com a tocha.

Nesse dia todas as atrações, restaurantes, bares, pubs, lojas, enfim, tudo, funciona normalmente.

Dia 31 de dezembro

Véspera de Ano Novo. Bom, assim como em praticamente todos os lugares do mundo, é nesse dia que acontecem os grandes eventos das comemorações do próximo ano que já está quase dando as caras. Em Edimburgo, a maioria das atrações turisticas abrem, algumas abrem com horário reduzido e pouquíssimas fecham. Mas de qualquer forma, é sempre bom checar no site oficial de cada atraçãos os horários, para evitar surpresas. Então como por exemplo, o Royal Yacht Britannia abre, mas com horário reduzido, já o Castelo de Edimburgo e o Palácio de Holyrood abrem normalmente.

Quanto aos restaurantes, bares, pubs e cafes, abrem normalmente ao meio dia e a noite, os restaurantes que estiverem abertos operam com horários reduzidos ou no sistema de reserva antecipada. Alguns restaurantes, mesmo que não estejam lotados, não aceitam entrada “de ultima hora”, nesse caso fazer reserva é altamente recomendado. Já as lojas costumam abrir normalmente, exceto as que estão na Princes Street que vão fechar mais cedo devido as comemorações do Ano Novo.

Nesse dia, o Hogmanay tem vários eventos acontecendo simultaneamente, então, é bom garantir o ticket pela internet pra não evitar surpresas e ficar sem. Como existem varios tickets a venda, é bom verificar tudo o que realmente interessa, pra evitar de comprar tickets com passe para alguns eventos que não interessam, bem como comprar tickets mais simples e perder de ver alguma atração que seja importante.

Uma coisa que achei legal foi a mudança no acesso aos eventos na Princes Street e o tipo de ticket comprado. Antes era preciso comprar ticket separado pra todos os eventos que interessassem, já hoje em dia, quem comprar o ticket para o Concert in the Gardens ou para o Keilidh, por exemplo, não precisam mais comprar um ticket em separado para o Hogmanay Street Party, pq agora esses tickets também permitem acesso na Princes Street para ver a queima de fogos a meia noite. Quem comprar somente o ticket em especificio para o Hogmanay Street Party, não tem acesso a nenhum dos outros eventos que vão estar acontecendo ali, claro.

O grande destaque do Hogmanay é a grande queima de fogos a meia noite no alto do Castelo de Edimburgo, mas existem outros eventos legais também, como por exemplo o Concert in the Gardens, que acontecem no Ross Theatre, que fica dentro do Princes Street Gardens. Os ingressos para esse evento costumam esgotar num piscar de olhos. Escoceses de todas as partes do país vem pra Edimburgo principalmente para ver os shows que normalmente são com bandas nacionais ou até internacionais que estão fazendo bastante sucesso pelo país. Apesar de um não conhecer nenhuma das bandas que tocaram nos anos que estive lá de férias em 2008 ou durante o tempo que fiz meu intercâmbio, mesmo assim eu nunca consegui comprar ingressso. Os tickets pra esses shows evaporam em questão de poucos dias. Os ingressos pra esse ano já estão a venda desde o dia 13 de novembro, quem tiver interesse, é bom se mexer logo.

Outro evento legal é o Keilidh, que são apresentações de bandas escocesas (com muita gaita de fole) e com muita dança tipica escocesa. É bem legal pra quem quer ver e conhecer um pouco mais da cultura do país. Quem tiver esse ticket pode assistir ao Keilidh, que acontece no The Mound (entre a National Gallery of Scotland e a Royal Scottish Academy) e depois seguir para a Princes Street e aguardar a queimas de fogos.

Como a Princes Street é fechada com cercas, as placas indicando o acesso para o Hogmanay estão bem visiveis. Hoje em dia eu não sei como anda essa questão, mas até 2010, apenas algumas ruas davam acesso a festa. Claro que vão exisitir muitos pontos de informações, placas e sinalizações, quanto a isso não é preciso se preocupar. Ninguém vai perder a comemoração por falta de informação.

Obs.: Pessoas com menos de 16 anos não podem entrar desacompanhadas de um adulto responsável. Existem banheiros em toda a extensão da Princes Street, assim como também existem algumas barraquinhas vendendo cerveja e comidas tipicas em geral. Não é permitido levar a nossa propria garrafa de champagne pra brindar a meia noite, infelizmente (por questão de segurança). O acesso a Princes Street só é permitido até as 23:00 horas, depois disso, ninguém mais entra. Quem não tiver ingresso para o Concert in the Gardens e para o Keilidh, eu acho legal chegar lá pelas 21:30 – 22:00, assim da pra dar uma voltinha tranquilamente, e por volta das 23:00 horas, quando os portões encerram as entradas, já é bom procurar um lugar legal pra ver a queima dos fogos. A comemoração é beeem tranquila, é tudo bem civilizado. Lembro que quando fomos a primeira vez em 2008, estavamos com medo de do pessoal estar bebado demais e importunar os demais que estavam ali na Princes Street, mas foi muuuito tranquilo. Muito tranquilo mesmo!

Dia 01 de janeiro

Nesse dia eu nunca participei de nenhum dos eventos que fazem parte das comemorações do Hogmanay, mas já posso adiantar que, logo cedo ao acordar (por volta das 10:00 da manhã) a gente saiu pra dar uma voltinha e o centro da cidade e a Princes Street já estava organizada, as cercas já tinham sido desmontadas e as ruas estavam limpíssimas.

Lembro que em 2008 eu queria assistir (e não participar) do Loony Dook, um evento que deve ser no minimo interessante. O pessoal (uns doidos varridos) tiram a roupa e nadam por alguns minutos nas águas geladíssississsisssissimas do Firth of Forth. Dizem que isso ajuda a curar o porre da noite anterior. Eu hein, existem outros métodos para curar porres, né?

Ainda existem outros eventos como o Dogmanay, que voltou a fazer parte do Hogmanay esse ano. Esse evento basicamente é uma corrida de cachorros. Esse evento vai acontecer no Holyrood Park. A entrada é gratuita para ver as corridas.

Os restaurantes voltam a funcionar normalmente. Algumas lojas abrem (mas poucas), principalmente as lojas de souvenirs.

Quanto as atrações turisticas, o Palácio de Holyrood abre normalmente, o Castelo de Edimburgo e a Galeria Nacional da Escócia abrem com horário reduzido.

Já os trens e ônibus operam normalmente por todo o país durante todos os dias do Hogmanay (30 e 31 de dezembro e 01 de janeiro).

Em resumo, na minha opinião, vale muito mais a pena passar o Ano Novo em Edimburgo do que o Natal se levarmos em consideração os dias “utéis” para aproveitar na viagem. E pra quem quiser ver a decoração de Natal e consequentemente a cidade ainda efeitada não há motivos pra se preocupar, já que os efeites, luzes e tudo mais permanecem até o dia 06 de janeiro.

Obs 1.: todas as fotos desse post são de dezembro de 2011.

Obs 2.: a inauguração das luzes de Natal pra esse ano está marcado para o dia 29 de novembro.

Posts relacionados:

Lista com todos os posts que já escrevi sobre Edimburgo

Mini-guia para viajar de trem pela Escócia e norte da Inglaterra

O que fazer em apenas 24 horas em Edimburgo?

O que fazer em 48 horas em Edimburgo?

Edimburgo: Onde é melhor se hospedar?

Euro x Libra e o Reino Unido

Anúncios

Outros eventos de Natal em Edimburgo

Além do Light Night, que é o principal evento da época do Natal aqui em Edimburgo… sexta e sábado também aconteceram mais algumas coisinhas..

Christmas Light Switch-Ons na Grassmarket (que uma rua que fica na Old Town cheia de pubs, hostels e restaurantes). No meio do calçadão, foi colocada uma Árvore de Natal e ela foi inagurada na sexta. Além das demais decorações espalhadas pela rua. Ficou super bonitinho!!

Já no sábado, o dia amanheceu meio estranho.. chovia e parava o tempo todo (tudo dentro dos conformes, se tratando de Escócia), mas, sei lá.. tava um pouco estranho!

Mas mesmo assim eu sai dar uma voltinha e a Princes St tava lo-ta-da!! Era o inicio do Santa Visits the Gardens, e bem naquela hora o Papai Noel estava chegando na cidade, fazendo a festa das criançada. O Papai Noel fica no Princes St Gardens, junto tem uma espécie de Correio, onde dá pra deixar as cartinhas com os pedidos.. =)

E o Santa Express??????????? Gente, adorei!!! É o trenzinho do Papai noel, todo iluminado, decorado com Renas, coisa mais linda!!!

O trajeto do Santa Express passa por toda a Princes Street

O trenzinho anda de um lado pro outro, somente na Princes St. O inicio do “circuito” acontece perto da Waverley Station e termina no cruzamento entre a Lothian Road, Princes St e Shandwick Place. Valor de 2,00 libras.

Santa Express

Outra coisa que muita gente tava falando que era legal de ir é o Real Scottish Christmas Fair, vai de 03 de dezembro até amanhã, dia 08 de dezembro, próximo a Castle Street.

Real Scottish Christmas Fair, localizado bem no meio da Princes Street

...

Eu fui lá no sábado, antes de vir embora, mas achei meio sem graça, tudo bem, tinha umas lojinhas legais, mas vi 2 barraquinhas de comidas tipicas, mas com nada que fosse muito interessante..

O interior da Feira

Achei bem fraquinha essa feira, comparada com os mercados de Natal no Princes St Gardens.

Natal no Reino Unido

Das várias tradições de Natal que existem aqui no Reino Unido, posso falar apenas das Mince Pies, Mulled Wine, Almoço de Natal no dia 25 de Dezembro e do Discurso de Natal da Rainha Elizabeth II. Ah! e esse ano, em particular, sem esquecer da NEVE, é claro!

Natal

Nós brasileiros, por tradição fizemos a ceia de Natal na noite do dia 24 de dezembro, porém aqui no Reino Unido, o dia 24 é um dia comum como outro qualquer. Somente no dia 25 de dezembro, ao meio dia (na verdade, mais pra metade da tarde) é que acontece o almoço de Natal.

Bem tradicional por aqui são as Mince Pies e os Mulled Wines. A Mince Pie é uma tortinha com recheio geralmente feito com maçã e frutas secas (já vi tbm com blueberry). Já o Mulled Wine é como se fosse o nosso “Quentão”. É vendido em garrafas no mercado (vi no Tesco) e é só esquentar, mas também dá pra fazer em casa.

Todos os anos, no dia 25 de dezembro, acontece o Discurso de Natal da Rainha ou Queen\’s Christmas Message. A Rainha discursa para o Reino Unido e para os países que fazem parte do Commonwealth.

Essa tradição teve inicio em 1932, durante a Segunda Guerra Mundial, com o Rei George V que leu uma mensagem para a população direto de um estúdio temporário criado em Sandringham House, na Inglaterra.

A Rainha Elizabeth II, neta de George V continuou com a tradição do discurso. O discurso foi tranmitido hoje, as 15:00, ao vivo na BBC (e desde 2005 é possível ver através do  The Royal Channel, no You Tube). Esse ano, o discurso foi gravado pela primeira vez no Hampton Court Palace.

E pela primeira vez passei um natal de “verdade”, como “manda o figurino”, com neve, frio e tudo mais. A nevasca que caiu aqui no ultimo domingo, ainda permanece intacta pelas ruas e em todos os lugares da cidade.

Fim de tarde no dia 24 de dezembro de 2010, em Edimburgo

Durante a madrugada do dia 24 pra 25, caiu uma neve bem fraquinha, mas o suficiente pra me deixar empolgada e dizer que passei um natal no frio, e como tava frio (- 10 graus) aqui na Escócia!!!!!!

%d blogueiros gostam disto: