Arquivo | Hotéis RSS for this section

Intercâmbio: Onde morar em Edimburgo

Uma das questões que mais me preocupou durante a preparação do meu intercâmbio foi com relação ao lugar onde eu iria morar em Edimburgo. Mesmo eu que já havia visitado a cidade anteriormente, eu não fazia idéia de onde seria melhor morar e qual tipo de hospedagem seria mais a minha cara. Pesquisando no google, li muito sobre esse assunto e acabei descartando algumas opções e levando mais em consideração outras, de acordo com o meu perfil, claro.

Depois de muito pesquisar sobre esse assunto, eu cheguei a conclusão que três pontos são extremamente relevantes para fazer a melhor escolha:

– tipo de acomodação;

– tempo de duração do intercâmbio;

– localização da acomodação.

♣ Tipos de acomodação

As opções pra quem vai fazer um intercâmbio, de modo geral, são: morar em uma casa de família, alugar um apartamento, se hospedar em um hostel ou fechar o contrato com uma residência estudantil. Todos tem suas vantagens e desvantagens, então é extremamente importante pesquisar bem pra não se arrepender depois. Quer ver?

Casa de família:  as duas grandes vantagens de morar em um casa de família na minha opinião são: família vai ser nativa do país e assim vamos ter certeza de que estamos ouvindo o inglês ser falado de forma correta e possibilidade de conviver diariamente com habitos locais daquele país. Porém por outro lado, tudo o que é vantagem pode se transformar em desvantagem, como por exemplo, imigrantes que estão morando na Escócia a pouco tempo e consequentemente não sabem falar 100% o idioma corretamente. Então é sempre importante exigir que a família seja Britânica mesmo, pro aproveitamento ser melhor.

Alugar um apartamento: geralmente essa opção é a mais cara de todas, pq o valor é cobrado por dia. Se a intenção for ficar pouco tempo, como por exemplo, duas semanas, ok, o valor não vai ser nenhum absurdo, mas também não vai sair barato, pode ter certeza. Agora pra quem tem interesse em ficar 2 meses ou até mesmo 6 meses, muitas vezes não é possível fechar contrato pq o tempo máximo permitido para alugar um apto é de 30 dias. Algumas empresas também favorecem quem pretende alugar um apto por 1 ano, mas entre 1 mês e 1 ano, achei bem dificil encontrar essa opção.

Hospedagem em um Hostel: alguns hostels em Edimburgo trabalham com a possibilidade de aceitar estudantes por um periodo mais longo. Normalmente a cobrança é feita por semana e assim a pessoa pode escolher o tempo que quer ficar, sem nenhum problema. Na época que eu tava pesquisando sobre todas as possibilidades, eu acabei descobrindo que praticamente todos os hostels que trabalham com esse esquema ficam um pouquinho mais afastados do centrão turístico da cidade, mas nada absurdo não, uns 20 a 30 minutos de caminhada da Princes Street. Pode até ser que hoje em dia outros hostels permitam alugar um quarto por um periodo maior. A maior parte desses hostels estão localizados próximo ao Porto de Leith ou no caminho, na Leith Street ou ainda, próximos a região da estação de trem Haymarket, na Dalry Road e arredores.

Residência estudantil: pra quem quer ter um pouco mais de privacidade e liberdade, essa é uma das melhores opções a levar em consideração. A maioria das escolas de inglês oferecem duas opções: morar em casa de familia ou compartilhar um apto dentro de uma residência estudantil. Existem ainda outras opções de residência estudantil que além de alugar aptos compartilhados (onde só o quarto e o banheiro são individuais), também alugam flats com apartamento nas mais diferentes configurações. Eu optei por alugar um flat onde só eu morava, ou seja, eu não compartilhava nada (sala e cozinha) com ninguém.

No geral, pra quem já leu alguns posts aqui no blog, acho que já percebeu que eu não queria morar em casa de família  e também não queria me hospedar em um hostel. Portanto, as duas únicas opções que me restaram foram: alugar um apartamento ou um flat em uma residência estudantil. Eu acabei optando pela residência estudantil (tema para o próximo post).

♣ Tempo de intercâmbio

Outra questão importante a definir é com relação ao tempo de duração de um intercâmbio. É importante levar em consideração duas coisas: as estações do ano, que são o contrario do Brasil (quando aqui no Brasil é verão, na Europa é inverno) e o ano letivo no Reino Unido (que começa em setembro).

Muitas opções de acomodação, independente do tipo, trabalham no sistema de “short term” e/ou “long term”, ou seja, “short term” geralmente engloba opções entre 2 semanas a 6 meses e os contratos “long term” são praticamente oferecidos apenas a opção de 1 ano.

Então, por exemplo no meu caso, eu tive que moldar as 2 partes do meu intercâmbio de acordo com esse sistema de “short term” e “long term” e eu dei prioridade pra começar em setembro, junto com o ano letivo no país.

♣ Localização da acomodação

Antes de vir morar em Edimburgo, essa questão da localização me preocupava muito. Mas isso é totalmente normal, né?! A maioria das pessoas imaginam que Edimburgo, por ser a capital da Escócia, seja uma cidade enoooorme, onde tudo seria relativamente longe, exigindo muita pesquisa e preparação para se virar por lá.

Quanto a isso eu posso afirmar que não é necessário se preocupar tanto. Edimburgo é uma cidade extremamente compacta, onde é possível ir a pé em praticamente todas as partes. Claro que alguns bairros exclusivamente residenciais são um pouco mais afastados do centro (pra quem for morar em casa de familia é importante considerar essa questão), mas nada que uns 15 ou 20 minutos de ônibus não resolvam.

O único meio de transporte público que existe em Edimburgo em funcionamento até o momento são os ônibus, até o sistema do tram entrar em funcionamento (previsão para começar a funcionar em 2014). O sistema de ônibus de Edimburgo é muito organizado e eficiente, além de cobrir muito bem toda a cidade, independente de ser a parte central, os bairros ou os arredores.

♣ Sites que podem ajudar a achar um lugar pra morar em Edimburgo

Pra quem tiver interesse em alugar um apartamento em Edimburgo, uma boa opção é procurar no site da Airbnb ou ainda no site da LettingWeb, Gumtree ou Holidays Lettings. Normalmente as pessoas que alugam aptos na cidade utilizam esses sites, claro que como eu nunca usei, não posso garantir que tudo vai ser 100%, mas fica a dica!

Se o interesse for em alugar um quarto em um hostel, os melhores sites pra procurar alguma coisa são o do Hostel Bookers, o Hostel World e Hostels.

Sobre morar em casa de família, todo o processo é feito junto a escola de inglês. O procedimento adotado pela escola é o seguinte: eles enviam um arquivo por email, a gente define as escolhas de acordo com o nosso perfil e ainda é possível fazer algumas observações por escrito sobre determinados pontos. A família que mais combina com o perfil do estudante é selecionada e pra quem tiver interesse, é possível ter contato com essa família antes mesmo de chegar em Edimburgo (através do skipe ou email).

Já as residências estudantis podem ser encontradas também através das escolas de inglês. Algumas oferecem essa opção, mas não são todas. É sempre bom verificar isso direitinho. No caso da escola de inglês que eu escolhi, eles trabalham diretamente com uma residencia estudantil chamada Residence McDonald Road (quem tiver interesse é só me deixar um recadinho aqui no post que eu posso enviar um arquivo em .pdf com todas as informações sobre esse lugar). Ainda existem outras residências estudantis que trabalham em parceria com escolas de inglês ou de forma independente. Dois sites excelentes pra procurar sobre isso são: Edinburgh Student Pad que oferece a opção de procuras mais direcionadas ou ainda o UNITE Student Accommodation, com 5 opções de residências estudantis em Edimburgo (mas também tem residencias estudantis em outras cidades, tanto na Inglaterra ou na Escócia). Ou ainda, quem tiver interesse, pode ficar na mesma residencia que eu morei em Edimburgo. Recomendo muito! E o próximo post vai ser justamente sobre  o meu flat. Então, é só esperar!

Edimburgo: Onde é melhor se hospedar?

Uma das dúvidas que aparecem com grande frequência aqui no blog é sobre “Onde é melhor eu me hospedar em Edimburgo?“. Então, pensando bem achei que seria interessante tentar esclarecer algumas coisas sobre esse assunto nesse post.

Claro que é impossível analisar um por um dos hotéis que existem em Edimburgo e dar uma opinião, até pq eu tive a oportunidade de me hospedar apenas por duas vezes na cidade, uma ainda em 2008, quando passei as férias viajando entre a Inglaterra e a Escócia e a ultima vez foi no ano passado, quando voltei a Edimburgo pra passar meu aniversário.

Hotéis na New Town

Hotéis na New Town

Toda vez que vou organizar uma viagem eu sigo a risca sempre o mesmo passo a passo na elaboração do roteiro. Primeiro compro as passagens e logo em seguida já começo a pesquisar os hotéis.

Uma coisa que acho super importante e que facilita muito saber se o hotel é bem localizado ou não, é jogar o nome da cidade no google maps e destacar onde ficam todas as principais atrações a serem visitadas naquele lugar. Depois disso é só ver os hotéis que ficam nessa região e escolher o que mais agrada.

3_993x768

Então vamos lá.. Onde se hospedar em Edimburgo? Qual é a melhor região?

Edimburgo, ao contrario de muitas outras capitais de países europeus, é suuuuuper compacta. A cidade é realmente muito pequena e é totalmente possível visitar todas as atrações a pé. A grande maioria dos hotéis ficam muito bem localizados, mas claro que sempre vão existir acomodações um pouco mais distantes do centro da cidade, onde o valor é muito mais acessível, mas nada disso quer dizer que vai ser necessário perder um tempão em deslocamento com transporte público.

Pra facilitar o entendimento, acho que vai ficar mais facil eu separar as hospedagens por tipos e algumas opções de hospedagem eu até vou fazer algum comentário.

→ Hotéis 5 estrelas

O hotel mais luxuoso de Edimburgo é o Hotel Balmoral. A sua localização não poderia ser melhor, fica no coração da cidade, em uma das principais ruas de Edimburgo, a Princes Street. Fica na mesma quadra que a Waverley Station, a principal estação de trem da cidade.

Outras redes de hotéis 5 estrelas também estão presentes, como: Missoni, Sheraton e Hilton Caledonian. De todos esses hotéis, o hotel Missoni está super bem localizado, na Royal Mile a pouquissimos passos de qualquer atração da cidade. O Hotel Sheraton está localizado no West End, na Lothian Road, nos fundos do Castelo de Edimburgo. Já o Hilton tem três hotéis em Edimburgo: um próximo ao aeroporto e dois no centro da cidade. Os hotéis no centro da cidade ficam super bem localizados, no fim da Princes Street divisa com o West End. O Hilton Caledonian, que é o unico hotel 5 estrelas no centro da cidade, fica praticamente ao lado do Hotel Sheraton e de frente pra loja de departamento House of Fraser.

Hotel Missoni

Hotel Missoni

→ Demais hotéis (Hotéis 4 e 3 estrelas e hotéis de baixo custo)

De um tempos pra cá, a rede hoteleira de Edimburgo tem aumentado consideravelmente. As redes de hotéis mais populares estão se instalando na cidade e as redes que já existiam e que tinham uns hotéis mais antigões estão se reformando pra entrar no pareo. Então, além dos hotéis onde os próprios donos são escoceses, ainda existem muitas outras opções com nomes bem conhecidos de todo mundo.

A grande maioria dos hotéis classificados como 4 e 3 estrelas estão localizados na própria Royal Mile e Princess Street ou nos seus arredores, coisa de 2 ou 3 quadras de distância. Hotéis classificados como de “baixo custo”, alguns, também oferecem ótimas localizações, porém o grau de exigência quando ao que vai ser encontrado nos quartos são inesistentes.

As opções de hotéis 4 estrelas são enormes, entre os hotéis que fazem parte de redes já conhecidas estão: Radisson Blu que fica na Royal Mile, próximo a North Bridge, o Hilton Edinburgh Grosvenor fica um pouco mais adiante na Princes Street, na esquina de uma ruazinha bem calma, sentido quem vai para a Haymarket Station. Outros hotéis considerados muitos bons (segundo avaliações em sites de reservas) são: Fraser Suites Edinburgh que fica entre a Market Street e a Royal Mile, próximo ao Castelo de Edimburgo, ainda tem o Apex International Hotel que fica na Grassmarket. Edimburgo também tem um Novotel, que fica entre a Grassmarket e o Meadows Park. Outra boa opção é o The King James by Thistle que bem próximo ao Calton Hill. E ainda, o Tigerlily que fica na George Street que chama atenção a noite com suas luzes rosas na janela.

Outras opções a serem consideradas, apesar de serem um pouqco mais afastadas do centro da cidade são: o  Marriott que fica entre o aeroporto e o zoológico da cidade e o Hotel Indigo Edinburgh que fica no sentido quem vai para o Porto de Leith.

Entre as redes de hotéis classificados como 3 estrelas estão: Juris Inn, Mercure, Thistle, Premier Inn, Apex e todos esses tem localizações excelentes, muito próximas ou na própria Royal Mile e Princes Street.

Hotéis que se enquadram direitinho no padrão “baixo custo” que eu já vi em Edimburgo são: o EasyHotel que está localizado na Princes Street, o CastleView Guest House que fica na Castle Street, entre a Princes Street e a George Street e ainda tem um Ibis que fica bem localizado também, entre a Royal Mile e a Cowgate.

Hotel 4 estrelas

Hotel 4 estrelas

→ Bed & Breakfast

Existem alguns lugares no estilo Bed & Breakfast espalhados por Edimburgo, tanto na New Town como na Old Town, mas com toda a certeza, as duas maiores concentrações desse tipo de hospedagem ficam na Nicolson Street/Clerk Street/Newington Road que são apenas ruas que seguem a North Bridge sentido Old Town e ainda, outra opção é na West Coates/Roseburn Terrace/Corstorphine Road que são a mesma rua também e que seguem a partir da Haymarket Station e Murrayfield Stadium sentido aeroporto.

Quanto mais próxima a Newington Road e a Corstorphine Road, mais longe ficam do centro da cidade e talvez seja necessário utilizar transporte publico pra chegar até a Royal Mile ou Princess Street, as duas ruas mais centrais de Edimburgo. E logicamente, quanto mais proximo a Nicolson Street e a West Coates,  a hospedagem será mais próxima do centro turistico da cidade.

→ Hostels

Como qualquer cidade européia, Edimburgo também oferece uma gama muito boa de hostels. Claro que existem hostels espalhados por todas as partes da cidade, mas a grande concentração desse tipo de hospedagem mais economica fica na Grassmarket ou em ruas próximas. A Grassmarket é conhecida por ser a “rua dos pubs” em Edimburgo. Essa rua fica em paralelo a Royal Mile, ou seja, quem se hospedar por ali estará muito bem localizado.

Como eu nunca me hospedei em nenhum hostel em Edimburgo, fica dificil eu dizer alguma coisa mais concreta, mas conheço algumas pessoas que se hospedaram em alguns albergues e gostaram bastante.

Três ótimos sites pra pesquisar hostels são: Hostel Bookers, Hostel World e HI Hostels.

5_1024x766

→ Apartamentos

De uns tempos pra cá ficou bem frequente alugar apartamentos, principalmente quando o número de pessoas é um pouco maior e quando a estadia na cidade também for por volta de 1 semana ou mais. Uma das grandes vantagens desse tipo de acomodação é a economia com a alimentação, já que quase sempre a cozinha dos apartamentos é totalmente equipada, garantindo assim, que seja possivel preparar o café da manhã/almoço/jantar em casa.

Uma das redes de apartamentos mais bem localizadas de Edimburgo (eu já as plaquinas de aluguel) é a St Giles Apartments que fica bem em frente a Catedral de St Giles na Royal Mile. Outra rede de apartamentos super bem localizada é a Greyfriars Apartments, que fica na rua paralela a Royal Mile e a Grassmarket. E muito bem localizada também está o Stay Edinburgh City Apartments – Royal Mile, que como o proprio nome já indica fica na Royal Mile. Também existem o Residence Inn by Marriott Edinburgh e o Thistle Residence – Quartermile Apartments que ficam entre o Castelo de Edimburgo e o Meadows Park. Ainda tem o Princes Street Suites que fica bem próximo ao Calton Hill.

Outras opções de apartamentos, porém um pouquinho mais afastadas do centro turistico da cidade (mas não muuuito afastada, nada que exija depender de transporte público) são: Staycity Serviced Apartments- West End que fica atrás da Haymarket Station (um amigo do curso de inglês se hospedou ali durante as 2 semanas que fez intercâmbio e me disse que tinha gostado bastanet) e Fountain Court Apartments – Grove Executive (que fica perto de onde eu morava, na mesma rua inclusive, pertíssimo da Haymarket Station e da Lothian Road).

Um outro site, que apesar de eu nunca ter usado, eu já li muitas opiniões a respeito e que funciona super bem é o Airbnb, com muitas opções de apartamentos para todos os tipos de gosto e pra contentar todos os tipos de bolso. Ainda, para ver maiores opções de apartamentos espalhados por Edimburgo, existe o site do Booking, então é só clicar aqui pra ter acesso a listinha de opções.

IF

→ Na minha opinião, é melhor se hospedar…

Os dois únicos hotéis que me hospedei em Edimburgo foram: Number 10 Hotel, que agora se chama Nira Caledonia (para reservar esse hotel é só clicar aqui) e o Hotel Missoni (para reservar esse hotel é só clicar aqui). Cada hotel tem um estilo diferente e ficam em diferentes partes da cidade. O Nira Caledonia fica na New Town, em um edificio histórico de estilo georgiano, não tem elevadores e o estilo do hotel é mais clássico. Já o Hotel Missoni, está localizado na Royal Mile, a principal rua da Old Town de Edimburgo. Fica muito próximo do Castelo de Edimburgo e da Catedral de St Giles. O edificio onde o hotel foi construido segue padrões mais modernos, assim como a decoração interna do hotel, tudo dentro dos padrões da marca Missoni. Ambos os hotéis que fiquei eu gostei muito e recomendo. (Para acessar os respectivos posts é só clicar nos links em vermelho).

Então, no geral, tudo vai depender do orçamento de cada um. Edimburgo tem opções para todos os bolsos e gostos, mas com toda a certeza, se possivel for, o ideal na minha opinião é se hospedar na Royal Mile e na Princes Street, pra não ter erro, mas outras boas alternativas são os hotéis localizados tanto na Lothian Road como na Shandwick Place e nos arredores dessas duas ruas.

Hotel Nira Caledonia

Hotel Nira Caledonia

→ Outras informações

É importante levar em consideração os meses que acontecem os Festivais de Edimburgo, sejam eles os de verão ou os de inverno. O Festival de Verão de Edimburgo, que inclui o Fringe Festival e o Royal Edinburgh Military Tattoo acontece sempre durante o mes de agosto (o mes todo). Já o festival de inverno, que começam com as comemorações de Natal e se extendem até o Hogmanay, o Ano Novo escoces, obviamente acontecem entre metade de dezembro até inicio de janeiro do próximo ano. Então, pra não ter surpresas com relação a acomodação, é sempre bom reservar com muita antecedência. Ah, as hospedagens nesse periodo, como esperado, custam um pouco mais caro do que o normal, já que a demanda é enorme.

Dois sites que recomendo muito, são: Booking (onde reservo sempre os meus hotéis, desde a época em que fui morar em Edimburgo) e ainda, pra conferir as fotos e ler algumas opiniões, eu costumo dar uma olhadinha no TripAdvisor.

Para ver mais opções de hotéis em Edimburgo, é só clicar aqui.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel em Edimburgo através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Nesse post estão listados todos os hotéis que me hospedei até hoje

Lista com todos os posts sobre Edimburgo

Todas as opções de transporte entre Londres e Edimburgo

Hotel Missoni Edinburgh

Na primeira viagem que fiz a Escócia ainda em 2008 nos optamos por ficar em um hotel na New Town, porém dessa vez, achei que seria legal me hospedar na Old Town e acabei escolhendo o fantástico Hotel Missoni.

hotel_1013x768

Quando digo que o hotel é fantástico, não estou exagerando e posso afirmar que esse foi um dos melhores hoteis que me hospedei até hoje (junto com o de Varsóvia, na Polônia).

m13_1024x732

Eu sei que as 5 estrelas e a localização perfeita podem intimidar, mas podem ficar tranquilos, os preços estão completamente dentro do aceitável e não é necessário desembolsar uma pequena fortuna para se hospedar lá por alguns dias.

Existem apenas 2 hotéis Missoni no mundo, sendo que o primeiro a abrir suas portas foi o de Edimburgo (em 2009), seguido pelo do Kuwait um ano depois.

mis5

Lembro que enquanto eu morava em Edimburgo, sempre quando passava por ali, via varios turistas pedindo pra bater foto com os funcionarios do hotel, isso pq quase todos eles usam kilt (ao estilo Missoni, claro).

m7_1004x768

Como eu só fiz a reserva do hotel depois que eu consegui trocar minha passagem de volta para o Brasil lá em Londres, eu até cheguei a pensar que iria gastar uma pequena fortuna em hotel, visto que a reserva estava sendo feita 4 dias antes da minha chegada a Edimburgo. E pra minha surpresa, consegui um valor super legal e ainda mais por ser em um hotel Missoni. Tratei logo de garantir, claro! (as diárias vão de 90,00 a 225,00 libras).

m50_1024x768

Eu tive sorte de me hospedar em um quarto com vista para a parte da frente do hotel, que eu achei bem interessante… De perto o topo da Catedral de St Giles e um pouco mais pra direita, o Arthur’s Seat.

mis 1

mis4

O quarto (Missoni Room) que me hospedei além de ser bem espaçoso, tinha uma decoração um tanto quanto diferente e bem colorida, com espelhos pra todos os lados e piso de lâmina. E ainda são equipados com cafeteira Nespresso, adaptador de tomada e roupões.

m3_1024x740

Gostei bastante do banheiro, que normalmente costuma ser minusculo em outros hotéis, nesse ele era bem amplo e ainda tinha amenities Missoni.

m4_1024x768

mis1

Uma das coisas que mais gostei foi o fato de a internet wi-fi ser gratuita, ou seja, já incluida no valor da diária, assim como o mini-bar e as ligações locais. Coisas que, em pleno ano de 2013, são muuuito dificeis de serem encontradas em um hotel 5 estralas, não é mesmo!?!?! A unica coisa que não está incluido é o café da manhã, que pra mim não faz falta, já que não tenho costume de tomar.

Também não dá pra deixar de reparar na TV, que através do seu menu principal, temos acesso tanto a informção em geral, quanto a rádio, tv e filmes.

m25_1024x722

O hotel conta ainda com spa (que eu não utilizei nenhum dia), um bar no lobby suuuuper movimentado e o Restaurante Cucina, que serve comida italiana, onde tive a oportunidade de comer por duas vezes.

m45_1024x744

Mesmo quem não está hospedado no hotel, pode usufruir de um happy hour no bar ou até mesmo de um almoço ou jantar no restaurante e ainda, pq não, tomar um chá da tarde (não tive tempo de provar, infelizmente).

c8

foto

O atendimento eu achei excelente, tanto na recepção do hotel, quanto do pessoal da limpeza. Os quartos estavam impecáveis, tudo no lugar, nada sujo, manchado ou lambuzado (como é frequente encontrar espelhos e vidros dessa forma por ai). Recomendo muito e espero poder, em breve, voltar a Edimburgo e me hospedar aqui novamente!

Hotel Missoni Edinburgh fica na George IV Bridge esquina com a Royal Mile, quase em frente a Biblioteca Nacional da Escócia e muito próximo ao Castelo de Edimburgo.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Edimburgo através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Lista com todos os posts sobre a Escócia

Edimburgo: Onde é melhor se hospedar?

%d blogueiros gostam disto: