Archive | Roskilde RSS for this section

Palácio de Christiansborg, Roskilde e Icebar

Em nosso terceiro dia na Dinamarca fomos visitar o Palácio de Christiansborg. O Palácio, além de ser sede do Parlamento dinamarquês,  divide o edificio com a Suprema Corte, os escritórios do Primeiro-Ministro e os Apartamentos Reais. Nós só temos acesso os Apartamentos reais, que é composto por muuuuitas salas onde são feitas algumas recepções oficiais, audiências, entre outros.

Antigamente aqui era a residência dos reis e rainhas da Dinamarca, até que um incêndio destruiu boa parte do Palácio e a familia real teve que se mudar as pressas para o Palácio de Amalienborg.

Na entrada, vemos as ruínas do antigo Palácio Real e a medida que vamos caminhando pelo prédio vamos passando pelas salas onde acontecem as recepções reais, alguns banquetes e eventos importantes.

O Great Hall é uma das salas mais bonitas do Palácio na minha opinião, lá é onde estão expostas algumas das tapeçarias que fazem parte da coleção real. Passamos também por diversas salas onde acontecem algumas audiências ou recepções oficiais onde a Rainha recebe representante de outros governos ou diplomatas. Além, é claro de passarmos pela sala do Trono. Também podemos ver a sacada de onde a Rainha faz algumas aparições em eventos especiais para o país.

Infelizmente, por questão de segurança, não é permitido fotos no interior do Palácio. Mas foi bem interessante ter a oportunidade de ver um pouco mais do estilo dos Palácios Dinamarqueses.

Na saida, ainda passamos pela Ponte de Mármore, uma das principais pontes que liga a pequena ilha de Slotsholmen, onde fica o Parlamento, com o restante da cidade.

Depois do almoço, passamos pelo Parque Tivoli antes de ir até a Estação Central pegar o trem Inter City, que em pouco menos de 30 minutos nos levou até Roskilde.

Roskilde, além de ser uma das cidades mais antigas da Dinamarca, é uma daquelas cidades que parece que parou no tempo. As ruas ainda são de pedras, a cidade é minuscula, tornando-se ideal para simplesmente sair caminhando por ai a pé.

Com um pouco mais de 50 mil habitantes, essa cidade que foi a primeira capital da Dinamarca, acabou entrando na rota turistica do país devido as suas duas maiores atrações: a Catedral de Roskilde e o Museu de Barcos Vikings.

Os Vikings desembarcaram nessa região a mais de 1000 anos, porém as tradições e a cultura viking estão ainda muito presentes por ali.

Ao sair da Estação, nós já conseguimos ver de looonge as duas torres da Catedral que se tornaram simbolo da cidade. Foram elas que nos ajudam a chegar até lá.

A Roskilde Domkirke foi por anos a única catedral naquela região. Hoje em dia, muitas pessoas visitam o lugar, pq a maioria dos reis e rainhas da Dinamarca estão enterrados ali.

A Catedral foi interiramente construida de tijolo e além do seu estilo gótico, o seu interior é muito bem decorado.

Roskilde também tem uma localização interessante, a cidade fica as margens de um fiorde, e pra quem tiver interesse, dá até pra fazer um passeio de barco por ali… Nos acabamos não fazendo esse passeio, pq o vento tava muuuito forte, mas fica a sugestão.

Junto ao Fiode, fica o Museu dos Barcos Vikings onde estão em exposição alguns barcos vikings (originais) que foram encontrados no Fiode de Roskilde. Alguns estão mais inteiros, outros tem apenas o casco, mas eles estão lá expostos, contando um pouco dessa era, a era viking, que foi tão importante para o país.

Tem um videozinho que conta exatamente como os vikings chegaram até ali, como os barcos foram achados e reconstruídos. O video é bem curtinho, uns 15 a 20 minutos no máximo, e vale muito a pena assistir pra ter uma noção do que vamos ver enquanto percorremos o museu.

A cidade é uma excelente opção de bate-volta partindo de Copenhagen, é uma cidade pequena, fácil de percorrer e com um grande valor histórico e cultura para o país!!

De volta a Copenhagen, eu e meu irmão quisemos ir novamente a um Bar de Gelo. Eu já tinha pesquisado na internet e sabia que lá também tinha um bar. Internamente, a decoração do bar é totalmente diferente do Icebar que fomos pela primeira vez em Londres. Esse, também era um pouco menor, e tinha umas esculturas diferentes.

Infelizmente (ou felizmente) o bar estava vazio quando chegamos, assim aproveitamos para bater as fotos rapidinho, e quando fomos pegar o nosso drink no bar, começaram a chegar algumas pessoas. Mas como só é permitido ficar no máximo 45 minutos (e pra falar bem a verdade, mais que isso a gnt não aguenta), logo a gente foi embora.

Na parte de fora, tem um lojinha de souvenirs e uma área super legal pra descansar um pouquinho!

Para maiores detalhes, eu já escrevi um post sobre como foi a nossa primeira experiência no Icebar em Londres.

Roteiro: Escócia, Inglaterra, Suécia, Dinamarca e Holanda

Essa vai ser a quarta viagem internacional em família e também o início do meu intercâmbio na Escócia!!!! A princípio, o intercâmbio será de no máximo  6 meses, pois esse é o tempo permitido quando recebemos o visto de estudo no UK Border, em pleno aeroporto de Heathrow.

Urquhart Castle, nas margens do Lago Ness

Mas conforme fui lendo, buscando informações sobre a tão temida chegada de brasileiros no Reino Unido, confesso que me deu um medinho e acabei “convencendo” todo mundo lá de casa a ir comigo (como se isso fosse o maior sacrifício do mundo)!!! =)

Então, como eu vinha com 2 malas gigantes, pra facilitar nossa locomoção, achamos melhor começar a viagem pela Escócia, para deixar minhas malas e então continuar o nosso tour pela Europa.

Porto de Malmö, na Suécia

O roteiro ficou assim:

– Quatro dias na Escócia, sendo que em dois dias ficamos em Edimburgo, um dia para visitar as Highlands (para ver o Lago Ness) e em outro dia fomos para York, na Inglaterra;

– Seis dias em Londres, em um desses dias fomos conhecer o Hampton Court Palace;

– Quatro dias na Dinamarca. Dois dias em Copenhagen, em um dia fomos para Hillerød e em outro, visitamos Roskilde;

– Day trip para Malmö, na Suécia.

Meus pais e meu irmão ainda vão pra Amsterdam, na Holanda, onde ficam mais 3 dias. Nesse mesmo dia eu vou pra Edimburgo, para organizar minhas coisas e arrumar o meu Flat, pois na sequencia já começam minhas aulas de Inglês!!

%d blogueiros gostam disto: