Archive | Hotéis RSS for this section

Munique: Hotel Four Points by Sheraton München Central

A tarefa de escolher um hotel em Munique não foi fácil, pois existem milhões de opções para todos os bolsos. Eu queria um hotel bom e que ficasse perto da estação de trem. Bom, hotéis desse tipo existem aos montes, mas depois de pesquisar muito, acabei optando pelo Hotel Four Points by Sheraton München Central.

Quando eu estive na Alemanha no ano passado, era inicio de novembro, ou seja, primeira semana pós Oktoberfest, então dá pra imaginar como estavam os preços das diárias dos hotéis nessa época: SUPER BARATAS!

hotel munique 8_1184x900

Não vou dizer que esse hotel tem uma localização nota 10, mas pro que eu queria a localização estava ótima. Era perto da estação central (mais ou menos umas 6 quadras), pois eu iria fazer dois bate-volta a partir de Munique, um para Dachau e outro para Nuremberg.

O quarto que eu reservei era “Quarto Duplo Superior”, pertencente a categoria mais básica do hotel. O quarto era relativamente grande, bem espaçoso mesmo, tinha uma cama de casal inteirinha só pra mim. O banheiro era bem espaçoso também e além do básico, ainda tinha produtos como shampoo, sabonete e creminhos.

Junto a recepção ainda tinha um bar e um restaurante. Não almocei ou jantei nenhum dia no restaurante, então não posso dizer como é a qualidade e as opções disponiveis. Mas passei pelo bar todos os dias, e sempre tava rolando algum “drink do dia” por um preço bem aceitável. Junto ao bar ficavam 2 computadores com internet a disposição de todos os hospedes, porém nunca consegui encontrar nenhum deles livre, então usei a internet através do meu iphone mesmo.

hotel munique 1_1200x869

A unica coisa que não gostei muito foi o fato de que não era possível acessar a internet wi-fi nos quartos. Sempre que queria utilizar a internet tinha que ir até o bar (por isso que fui lá todos os dias!!!) que ficava na entrada do hotel. Por sorte, o bar era bem animado e os garçons bem atenciosos. Mas enfim, a qualidade da internet era ok e a conexão caiu umas 2 vezes apenas, no máximo. Quem quisesse usar a internet a cabo no quarto, tinha que pagar uma taxa extra. Juro que ainda não consigo entender pq um hotel desse porte ainda cobra pelo uso da internet!

Pelo valor que paguei por cada diária, também não estava incluido o café da manhã. Como já disse muitas vezes aqui no blog, isso não é nenhum problema pra mim, já que não tenho o costume de tomar café da manhã mesmo. Claro que existem opções de reserva onde o café da manhã está incluido, mas achei que o valor cobrado não valia a pena.

Ah, pra quem for a Munique em pleno mês de outubro, esse hotel fica grudado ao “pavilhão” onde acontece a Oktoberfest.

hotel munique 7_1200x871

Pra quem ficou curioso, o valor de cada diária saiu por 83,00 euros e como eu tinha ao menos uma opção pra usar a internet de forma gratuita, pra mim está tudo certo. A reserva foi feita através do site do Booking.com.

Em resumo: eu gostei bastante do hotel, voltaria a me hospedar lá com certeza. Então, fica a dica!

O hotel fica na Schwanthaler Str. 111, na região de Schwanthalerhöle.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Munique através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Hotel em Viena

Quando começamos a pesquisar os hotéis em Viena, uma coisa a gente já tinha definido: o hotel precisava ser próximo a uma estação de metro. E essa tarefa não foi muito dificil e nos acabamos optando por nos hospedar no Hilton Vienna Hotel, que ficava de frente para a estação Landstrasser Wien Mitte.

h16_1024x761

Como todos os hotéis de rede mundialmente conhecidas, esse hotel ainda tinha uma ótima localização, bem central e perto de praticamente todos os pontos turístico, fosse a pé ou indo de metro.

IMG_1062_1024x583

Uma das coisas que eu gostei bastante foi a facilidade e agilidade em fazer o check-in e em questão de poucos minutos já estavamos cada um nos seus quartos.

h8_1024x756

O quarto que eu fiquei, não tinha muito mistério, seguia exatamente o padrão Hilton, espaçoso e tinha uma cama queen size inteirinha só pra mim. Um outro ponto positivo desse hotel foi o fato de ter isolamento acústico nas janelas. E no caso do meu quarto, ainda tive o privilégio de pegar um quarto com vista para o parque e pro centro da cidade.

h1_1024x717

h3_1024x749

E pra quem acha importante, cada quarto tem a disposição roupão e chinelo, sem falar na TV LCD com diversas opções de canais internacionais de notícias (pra se interar do que anda acontecendo no mundo).

h2_1024x642

A minha diária incluia café da manhã, mas como não tenho costume de tomar café, não sei dizer como é o serviço e a variedade das comidas. Mas em compensação nós fomos jantar duas vezes no restaurante do hotel, o S’Parks Restaurant. Esse restaurante serve culinária internacional, o que nós permitiu variar um pouco, pois nos ultimos dias a gente só tinha pedido comida típica austríaca.

h5_1024x646

h6_1024x743

h10_1024x674

A única reclamação que tenho a fazer é com relação a internet wi-fi, que era cobrada a parte. E adivinhem o valor?!?! 22,00 euros/24 horas. Achei um absurdo! No penultimo dia que ficamos em Viena descobrimos que tinha como pegar internet wi-fi diretamente no site do hotel com o celular, sem solicitar na recepção. Claro que o valor também era cobrado a parte e saiu por 9,00 euros. Outro absurdo. Enfim, até quando hotéis ditos 4 e 5 estrelas vão cobrar pela internet? Hoje em dia o wi-fi já deixou de ser um produto de luxo e sim, uma necessidade.

Vista do meu quarto, com o Stadtpark em primeiro plano e ao fundo a Stephansdom

Vista do meu quarto, com o Stadtpark em primeiro plano e ao fundo a Stephansdom

No geral, nós gostamos bastante do hotel. A localização foi excelente. O fato de ter o metro próximo permitiu mais agilidade nos nossos deslocamentos. A limpeza dos quartos também estava de acordo com o esperado para um hotel dessa categoria. Recomendo!

O Hilton Vienna Hotel fica na Am Stadtpark 1, A – 1030, ao lado do Stadtpark e a 10 minutos caminhando da Stephansdom, a principal catedral da cidade.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Viena através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Hotel em Salzburgo

Durante o planejamento dessa parte da nossa viagem pra Áustria, uma questão que ficamos em dúvida era: nos hospedar apenas em Salzburgo por 4 dias ou dividir a hospedagem entre Salzburgo e Innsbruck. Nós optamos em fazer um deslocamento a menos com as malas e resolvemos ficar os 4 dias em Salzburgo e fazer 2 bate-volta, um em Innsbruck propriamente dito e outro em Wattens, pra conhecer a fábrica/museu/loja da Swarovski. Em resumo essa nossa estratégia não foi muito boa, mas o importante é que no fim das contas deu tudo certo!

Então, como as opções de hotelaria em Salzburgo são relativamente grandes comparado com o tamanho da cidade, nos optamos por ficar hospedados no Centro Antigo, a poucos passos da Getreidegasse, principal rua de comércio da cidade. O hotel escolhido foi Best Western Hotel Elefant, inclusive essa foi a primeira vez que nos hospedamos em um hotel da rede Best Western.

H8_1024x735

A reserva foi feita pelo site do Booking com pelo menos uns 6 meses de antecedência (eu sei, eu sou meio maniaca por organizar todas as coisas relacionadas a viagem o quanto antes).

O hotel tem uma localização excelente, perto tanto do transporte público quanto das principais atrações da cidade. A única coisa que ficava um pouco mais longe era a Estação Central de Trem (do outro lado do rio), mas nada que uns 5 minutos de ônibus não resolvesse o problema.

H10_1024x711

O hotel fica em um daqueles edificios estilo antigão (construído no século 13!) que tem em boa parte das cidades européias. Tem apenas um elevador, então na hora de pico, principalmente durante o café da manhã e hora do check-out muitas vezes tive que utilizar a escada pra me locomover rapidamente.

H3_1024x744

Mesmo sendo um hotel que passou a pouco por uma reforma, ele tinha uma decoração um pouco ultrapassada . Imagine ver elefantes por todas as partes, de todos os tamanhos e cores possíveis e impossiveis. Pois bem, foi exatamente isso que aconteceu! Era elefante que não acabava mais, por todos os cantos, literalmente!

Os quartos também seguem o mesmo estilo do restante do prédio. Eu imagino que a reforma tenha sido mais pra trocar o ar-condicionado por split, a TV antigona por um LCD, o chuveiro no banheiro e tal. Enfim, o importante é que tudo estava impecavelmente limpo. Os quartos não eram muito grandes, mas ao menos o tamanho do banheiro era bem satisfatório.

H6_1024x758

Reparou no elefante até na gaveta?

Reparou no elefante até na gaveta?

O café da manhã estava incluido no valor da diária. Eu não tenho costume de tomar café da manhã, então isso não fez muita diferença pra mim, mas meus pais foram todos os dias e gostaram bastante. Inclusive minha mãe disse que o café da manhã deles segue meio que o “padrão brasileiro”, com opções bem variadas tanto de bebidas, bolos, pães e frios.

O hotel também oferecia internet wi-fi gratuito mediante um cadastro na recepção do hotel. A senha vinha em um cartão, onde era preciso digitar no iphone/notebook toda vez que queria conectar. A intensidade do sinal no meu quarto era boa (quarto tinha uma localização mais no meio do hotel), já os quartos mais nas “laterais”, como por exemplo o quarto em que ficou o meu irmão e minha cunhada, a internet não funcionava direito, pq o sinal era muito fraco.

H1_1024x750

Junto a recepção do hotel, no primeiro andar, tem um restaurante que serve comida típica austriaca, mas nós infelizmente não fomos nenhum dia.

O Best Western Hotel Elefant fica na Sigmund-Haffner-Gasse 4, na Altstadt (centro antigo) de Salzburgo. O hotel é bem perto de todas as principais atrações da cidade e fica a uma quadra do rio Salzach.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Salzburgo através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Roteiro: EuroTrip 2012 – Post Indrodução

Como andar de trem na Áustria e entre a Suíça e a Áustria

Chegando em Salzburgo

Restaurante em Salzburgo: Sternbräu

Restaurante Alt Salzburg

Salzburgo, a cidade de Mozart

Os jardins e uma Apresentação de Música Clássica no Palácio Mirabell

Áustria: O tradicionalíssimo Café Sacher

Hotel no Rio de Janeiro

Quando eu fui fazer o Visto de Estudante – Tier 4 pra voltar a estudar em Edimburgo, eu tive que ir até o Visa Application Centre, que fica em Botafogo, no Rio de Janeiro, pra entregar toda a papelada.

Como eu consegui um voo com conexão que parava no Aeroporto Santos Dumont, eu achei que a melhor opção seria eu me hospedar no Hotel Novotel Rio de Janeiro Santos Dumont.

03212011(012)_1016x768

Como o nome do hotel já sugere, ele está localizado praticamente ao lado desse aeroporto. A distância entre o aeroporto e o hotel é de apenas 500 metros e pra ir até a região do Botafogo, de táxi, não dava nem 15 minutos. Achei excelente!

Por ser uma rede com hotéis espalhados em vários países, o padrão segue a mesma linha dos outros hotéis Novotel que já me hospedei.

Como eu só ia dormir ali apenas uma noite, reservei o “quarto padrão” do hotel, que é a configuração mais simples. O quarto que eu reservei era relativamente espaçoso e tinha duas camas de solteiro.

03212011(011)_1024x768

Duas coisas super importantes no Rio de Janeiro: as janelas eram a prova de barulho e tinha climatizador.

O banheiro tinha uma configuração diferente do Novotel Morumbi que eu to acostumada a ficar hospedada, já que o banheiro era todo integrado.

Como meu voo chegou logo após o almoço, eu aproveitei pra ficar no hotel e arrumar toda a papelada que eu tinha que entregar no dia seguinte.

03212011(013)_610x768

O dia tava meio chuvoso, então resolvei não sair pra jantar, sendo assim, aproveitei pra experimentar as opções do cardápio.

O meu quarto tinha vista pra pista do aeroporto, então a cada pouco eu acompanhava o pouso ou a decolagem de algum avião.

03212011(009)_1024x736

Outra coisa importante a dizer é que o café da manhã não estava incluido no valor da diária, porém, a internet wi-fi era free (e funcionava super bem).

No geral, eu achei o hotel bem moderninho, acho até que foi recém reformado (ao menos me deu essa impressão). O pessoal da recepção foi receptivo, me ajudou quando precisei pedir taxi. O quarto tava bem limpo. A única reclamação que tenho a fazer é sobre o barulho nos corredores logo cedo. Mas fora isso, não tenho o que criticar.

O hotel está localizado na Avenida Rua Marechal Camara, 300, no centro da cidade.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em Rio de Janeiro através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

Posts relacionados:

Rio de Janeiro

Copacabana e Pão de Açúcar

Centro e Lapa

Palácio do Catete e Cristo Redentor

Niterói e MAM

Arpoador, Ipanema e Leblon

Hotel em São Paulo

No final de abril, eu estive em São Paulo pra participar da World Travel Market – WTM Latin America. Normalmente eu costumo me hospedar na região do Morumbi ou até em hotéis próximos a Av. Paulista, porém dessa vez eu tive que escolher um hotel na região de Chácara Santo Antonio, pois era o local mais próximo (e pagável) do Transamérica Expo Center, local onde aconteceu a feira. O hotel escolhido acabou sendo o Hotel Intercity Premium Nações Unidas.

A feira começou no dia 23 e foi até o dia 25 de abril, sendo assim, foram 4 noites de hospedagem, já que eu optei por chegar na segunda-feira.

hotel wtm 4_1200x900

Pro proposito dessa viagem, o hotel tinha uma localização excelente, pois ficava uns 20 minutos de táxi do Aeroporto de Congonhas e usn 15 minutos também de táxi do local onde estava acontecendo a feira.

Ao chegar no hotel, logo ao fazer o check-in, achei o processo um pouco demorado. Tive que preencher uma ficha com vários dados pessoais, receber todas as instruções de como usar a internet, o horário que seria servido o café da manhã, além de pagar as diárias e esperar pelo recibo.

hotel wtm 11_1195x900

Uns 20 minutos depois, um funcionário do hotel, carregando a minha mala, me acompanhou até meu quarto. E qual não foi a minha surpresa ao ver que o quarto tinha uma decoração totalmente diferente das fotos que vi no site do booking… Sim! A decoração era totalmente diferente, mas no bom sentido. Fiquei sabendo que o hotel todo está passando por reformas desde o ano passado.

Entre as mudanças que pude perceber de cara, notei que a decoração estava bem moderninha, que ao invés de carpet no chão encontrei lamina, a tv antigona foi substituida por uma LCD 32” e ao invés de colocar o “Do not disturb” na porta, é só apertar um botãozinho indicando que “não quer ser incomodado” que as camareiras não aparecem e nem vão limpar o quarto. Achei o quarto bem espaçoso, porém o banheiro achei super pequeno.

hotel wtm 9_1200x900

As opções de bebidas e comidas no mini-bar eram boas, mas achei os preços super hiper master mega exorbitantes, como por exemplo, uma barrinha de cereais custava 6,00 reais. As comidas do restaurante acabei nem provando, pq todos os dias tive algum evento, coquetel ou algo do tipo pra ir, então não tive oportunidade de ver como era.

No valor da diária estavam incluidos o café da manhã e a internet wi-fi. A internet era bem rapidinha e funcionou super bem todos os dias.

hotel wtm 7_1200x900

Se o processo do check-in foi demorado, em compensação o check-out foi muito tranquilo e bem agilizado, acho que não levou mais do que 3 minutos.

O Hotel Intercity Premium Nações Unidas fica na rua Fernandes Moreira, 1371, São Paulo, CEP 04716-003, Brasil.

** Se você gostou das dicas desse blog e quiser dar uma força reservando hotel  em São Paulo através do site do Booking, para iniciar as pesquisas, é  só clicar aqui. Obrigada!!! **

** Importante: Ao reservar um hotel através do site do Booking aqui pelo blog, será repassado uma comissão ao blog Contando as Horas **

** Não sabe como utilizar o site do Booking? Aqui vai um post bem detalhado sobre como escolher e reservar um hotel. **

%d blogueiros gostam disto: