Tour no Parc des Princes, o estádio do Paris St Germain

por Raul Bartolamei

Sempre que possível, quando viajo à Europa, reservo um dia para assitir um jogo ou conhecer algum estádio de futebol e nessa viagem a Paris não foi diferente.

Um dos time mais famoso da França é o Paris Saint Germain (PSG) e já que não foi possivel assitir um jogo, separei uma tarde para fazer o tour no estádio do clube, o Parc des Princes.

Para visitar o estádio do PSG, primeiramente é importante levar em consideração os dias em que são permitidos os tour e os horários disponiveis. Atualmente os tour estão acontecendo somente as quartas-feiras as 15:00. E ainda tem um outro detalhe importante, se o dia do jogo cair em uma quarta ou um dia antes ou um dia depois não haverá tour.

Ao chegar na frente do estádio pedimos informação de onde comprar o ingresso para o tour a um dos seguranças que estavam por ali. Nos compramos os tickets nos mesmos guiches em que são vendidos os ingressos para os jogos.

Fomos orientados a entrar e aguardar na recepção até o guia nos chamar. Logo o guia nos chamou e o tour começou.

Primeiro visitamos a Sala dos Trofeus, onde, além dos troféus, estão também as camisetas das conquistas mais importantes do clube. O guia nos mostrou os principais troféus e contou um pouco da importância da conquista de cada um dos campeontos ganhos pelo PSG.

Ainda passamos por uma maquete do estádio e nessa hora o guia nos contou um pequeno histórico sobre o Parc des Princes.

Depois disso, nos dirigimos as arquibancadas, com uma vista total do gramado. Enquanto o pessoal batia fotos o guia foi contando um pouco de como funciona o estádio em geral e especialmente em dias de jogo.

Também tivemos acesso as vestiários, area de pré-jogo e a área de entrevistas. Comparando com outros estádios que tive oportunidade de conhecer tanto aqui no Brasil como na Inglaterra, achei a estrutura bem fraquinha. A estrutura dos vestiários somente, pq as arquibancadas e os gramados seguem o padrão europeu com certeza.

Fizemos o mesmo trajeto que os jogadores fazem ao deixar o vestiário em direção ao campo. Por motivos de cuidados e manutenção, fomos proibidos de caminhar pelo gramado, mas ao menos nos deixaram encostar na grama com a mão.

O gramado do estádio estava passando por manutenção para que no mês seguinte (agosto), quando começa o Campeonato Frances – Temporada 2012/2013 o gramado estive em perfeitas condições para os jogos.

Após a visita ao campo, o guia se despediu de nos e nos mostrou o caminho para a loja que fica ao lado da entrada do estádio.

Eu achei a loja bem modesta, vários modelos de camisetas do clube tamanho M ou P não estavam disponiveis, o que limitou a minha compra a uma camisa de treino vermelha. Bonita, ok, mas não era exatamente a que eu queria. Além das camisetas, existem muitas opções de souvenirs como chaveiros, bolas, cachecóis, porta retratos, lápis, canetas, canecas, roupas em geral, entre outros.

Minha opinião geral sobre o tour: vale a pena, mas deixa um pouco a desejar. O guia não foi dos maaaaais simpáticos, ele foi bem na dele, falava o que tinha que falar e perguntava se alguém tinha alguma pergunta e bola pra frente. Ele foi extremamente profissional, mas com certeza essa foi a visita foi mais “fria” sobre futebol que eu ja fiz em um estádio. Geralmente na Inglaterr,a o pessoal é muito animado, cria uma emoção e empolgação em nós visitantes, que deixa a visita muito mais interessante. E Neste caso o guia foi bem apático.

O tour é relativamente rápido, tem duração de 45 minutos e o tempo todo somos acompanhados por um guia que fala em Francês primeiramente e logo na sequência traduz tudo para o Inglês e o Espanhol.

Para chegar no estádio é bem simples. Apesar do estádio ficar um pouco afastado do centro turistico de Paris, a maneira mais rápida e econômica de chegar lá é usando o metro. Existem duas linhas que param lá pertinho: M10 (cor marrom) ou M9 (cor dourada). Nos optamos por ir com a M10 e descemos na estação Boulogne Jean Jaures. Ao chegar lá, ainda temos que caminhar mais um pouco, mas em questão de 10 minutos estamos na frente do estádio.

Anúncios

Tags:,

About Bruna Bartolamei

Depois de morar por quase 2 anos em Edimburgo, na Escócia e ter viajado por mais de 32 países, estou de volta ao Brasil com muitas histórias pra contar!

Trackbacks / Pingbacks

  1. Esportes e Turismo | Domingão de Twittadas - 08/04/2013

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: