Passageiro do Preto e Branco

Algum dias atrás eu tinha ouvido falar sobre o fotógrafo Flávio Damm e coincidentemente na semana passada li uma reportagem de que ele estava fazendo uma exposição aqui em Curitiba. Achei que seria uma boa oportunidade pra conhecer um pouco mais do trabalho dele.

Aqui em Curitiba está em cartaz a exposição Passageiro do Preto e Branco, na galeria do Caixa Cultural Paraná.

O gaucho Flávio Damm decidiu que queria ser fotografo aos 11 anos de idade. Vendo as fotos da Segunda Guerra Mundial em um jornal, questionou seu pai sobre como o jornal conseguia aquelas fotos. O pai dele prontamente respondeu que somente os soldados que estavam em guerra que conseguiam tirar aquelas fotos. A partir daquele momento Flávio já sabia que queria fotografar para poder compartilhar imagens de coisas das quais a maioria das pessoas não tinham acesso.

Teve passagem por diversas revistas de nivel nacional importantes, até que resolveu embarcar na maior “viagem” de sua vida: fotografar cenas do cotidiano por algumas cidades européias.

A exposição mostra justamente um pouco do resultado dessas andanças que Flávio fez pela Europa. A mostra Passageir do Preto e Branco é uma retrospectiva que mostra através de 80 fotos o trabalho do fotografo entre 1946 até hoje em dia.

Como o próprio nome da mostra já sugere, todas as fotos estão em preto e branco e ainda, nenhuma delas sofreram cortes ou edição.

São fotos do dia a dia de pessoas em Paris, Sevilha, Lisboa, Londres, Madri e uma boa parte da coleção é dedicada ao nordeste brasileiro, principalmente a Bahia.

No dia que eu estive lá, tinha um grupo relativamente grandinho escolar visitando a galeria também, com isso demorei um pouquinho pra conseguir ver tudo. Mas no geral, a visita a exposiçao não dura mais do que 30 minutos. Então, fica a dica!

A exposição Passageiro do Preto e Branco esta em cartaz desde 21 de agosto e vai até 21 de outubro, de terça a domingo. A entrada é gratuita. Caixa Cultural Paraná fica na rua Conselheiro Laurindo, 280, no centro de Curitiba (bem próximo ao Teatro Guaíra.

Anúncios

Tags:, ,

About Bruna Bartolamei

Depois de morar por quase 2 anos em Edimburgo, na Escócia e ter viajado por mais de 32 países, estou de volta ao Brasil com muitas histórias pra contar!

2 responses to “Passageiro do Preto e Branco”

  1. Tiago Pinto says :

    Olá Bruna! Tudo bem? Fui ver esta exposição no último dia e gostei muito das imagens do Flavio Damm. Lembra muito o Cartier-Bresson. Gostaria de saber se terias um catálogo sobrando, quando fui lá já haviam acabado. Bem legais as dicas do teu blog.

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: