Paço da Liberdade e Mercado das Flores

Esse mês de agosto foi/está sendo totalmente fora do comum aqui em Curitiba, com dias de sol e calor. Sendo assim, aproveitei pra revisitar alguns lugares que eu já conhecia e pq não, também aproveitei para conhecer coisas novas. E pra começar, eu fui direto no Paço da Liberdade e no Mercado das Flores, que até então eu nunca tinha visitado antes.

Tanto o Paço da Liberdade quanto o Mercado das Flores estão localizados no centrão da cidade, muito próximo a Praça Tiradentes e do calçadão da Rua XV de Novembro, eles ficam praticamente um do lado do outro.

Ao chegar na Praça Generoso Marques, de cara já vemos os dois, primeiro o Mercado das Flores e ao atravessá-lo, saimos nos fundo do Paço da Liberdade e de frente pra Fonte Maria da Lata D`Água.

O Mercado das Flores, ao contrário do que eu tava imaginando, não é muuuito grande não. São poucas barraquinhas, mas em compensação a quantidade de flores é enorme. Vi muita coisa por lá! Pra quem me conhece, sabe que tenho alergia e passo longe de flores, mas nem por isso deixei de visitar o mercadinho. As rosas, as tulipas e os girassóis sempre chamam mais a atenção.

Conforme a gente vai caminhando pelo corredor, os vendedores/donos das barraquinhas vão nos abordando, falando quais flores estão mais bonitas e alguns até vem oferecendo alguns arranjos na mão. Mas como flores não são muito a minha praia, agradeci e continuei o passeio.

No fim do corredor do Mercado das Flores a gente dá de cara com a Fonte Maria da Lata D’Água, inaugurada em maio de 1996, ela reproduz a escultura “Água pro Morro”, obra de Erbo Stenzel, considerado um dos artistas plásticos de maior destaque aqui no Estado.

E por ultimo, eu fui visitar o Paço da Liberdade, um edifício que um dia já abrigou a prefeitura de Curitiba, mas que hoje em dia é um Centro Cultural administrado pelo SESC Paraná.

O mix de estilos que vão do neo-clássico ao art-nouveau, dão um ar bem europeu ao edificio. Impossível não achar maravilhoso!

O Paço da Liberdade foi construído no inicio do século passado e desde a sua inaguração até a sua transformação em um Centro Cultural, 42 prefeitos de Curitiba já passaram por ali. Também é o único edificio da cidade que foi tomabado pelo Instituto do Patrimonio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e o mais legal de tudo isso, é que ele pode ser visitado.

Então, pra visitar o edificio é necessário se dirigir a recepção que fica no piso terreo logo na entrada, no lado direito. É preciso preencher uma ficha com os nossos dados, tipo: nome, cidade onde nasceu, profissão e idade. Depois disso, recebemos um crachá de visitante, que nos permite circular por quase todas as dependências do edifício.

O Paço da Liberdade tem 4 andares, mas apenas dois são interessantes de serem visitados.

No primeiro andar, junto com a recepção ficam uma lojinha de livros, o Café do Paço e uma sala com acesso a internet.

No segundo andar não vi nada aberto que fosse possível visitar. Mas algumas coisas pude ver apenas através das janelas, como por exemplo o Cine Pensamento e algumas salas de aula onde acontecem cursos e palestras.

Nesse andar, durante as reformas do edificio, foram encontrados algumas pinturas de decoração atrás das paredes, que foram preservadas e foram mantidas exatamente no mesmo lugar para que todo mundo pudesse conhecê-las.

No terceiro andar é onde ficam a maior parte das salas que podemos visitar. Pra começar, de frente pra escada, fica a Sala de Atos, onde acontecem algumas apresentações culturais. Tem até um piano ali. A decoração dessa sala é super bonita, em especial as pinturas no teto e os enfeites nas portas de madeira.

Nesse mesmo andar, pro lado direito fica a Sala de Apoio/Camarim onde estão em exibição alguns móveis e objetos..

E pro lado esquerdo, fica a Sala Cândido de Abreu, onde podemos ver o gabinete que pertenceu ao ex-prefeito de Curitiba, como o nome da sala ja sugere, Cândido de Abreu e mais alguns objetos e fotos de Curitiba.

E no ultimo andar, fica o Espaço das Artes, onde sempre tá rolando alguma exibição. Vale a pena conferir!

O Paço da Liberdade abre de terça a domingo e a entrada é gratuita.

Anúncios

Tags:, , , ,

About Bruna Bartolamei

Depois de morar por quase 2 anos em Edimburgo, na Escócia e ter viajado por mais de 32 países, estou de volta ao Brasil com muitas histórias pra contar!

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: