Jogo do Chelsea em Londres

por Raul Bartolamei

Enquanto eu e minha mãe fomos visitar o Museu Victoria & Albert, meu pai e meu irmão foram assistir mais um jogo de futebol na Terra da Rainha. Dessa vez o jogo escolhido foi Chelsea FC x Stoke City FC.

Mas antes de qualquer coisa, na hora de planejar uma viagem a Londres, quem quiser incluir um jogo de futebol no roteiro é bom consultar os jogos, datas e locais onde vão acontecer antecipadamente. Um ótimo site para ver isso é o site oficial da primeira liga inglesa de futebol, o Premier League (hoje em dia, dá até pra comprar tickets – se for com muuuuita antecedência – nesse site). Também é possível tentar comprar ingresso no site oficial do próprio time, mas dependendo do jogo, é um pouco dificil, pois os times ingleses favorecem os seus torcedores associados, colocando a venda primeiro pra quem é sócio-torcedor do time.

Eu pedi pro meu irmão descrever como foi assistir esse jogo, e pedi pra ele escrever detalhes que podem fazer a diferença, como por exemplo, como ele comprou os ingressos, a chegada no estádio, como é jogo, a torcida, a saida do estádio, entre outros.

Aqui vai a descrição dele:

“Para esse jogo, já que o estadio é um pouco menor, cerca de 45 mil pessoas, no qual estava lotado, compramos os ingressos com meses de antecedência em uma agência de turismo inglesa, a Thomas Cook Sport. Ao comprar um ingresso por essa agência, automaticamente compramos ingresso + hotel, mas como nós já tinhamos hotel, nossa compra foi somente para pegar os ingressos. O preço aumentou cerca de 30,00 libras devido a reserva do quarto do hotel e Infelizmente essa foi a unica maneira que achamos para adquirir os ingressos. Então, como queriamos muito ver esse jogo, analisando bem, pra nos valeu muito apena, pois 30,00 libras a mais, não foi nenhum absurdo.

Para não perder muito tempo, resolvemos ir de táxi para o jogo, cerca de 1 hora antes do jogo começar. O taxista nos deixou o mais perto possível do nosso portão de acesso ao estádio (a essa hora muitas ruas próximas ao estádio já estavam totalmente bloqueadas). Enquanto caminhavamos para a entrada do estádio, o Stamford Bridge, ao nosso lado caminhavam vários torcedores com suas camisas azul (oficial), alguns com camiseta verde e outros com a preta (segunda e terceira camiseta oficial do Chelsea).

Incrível como eles chegam animados e ao mesmo tempo com aquela sensação de respeito com os outros torcedores, não tem aquele famoso empurra-empurra, é tudo muito bem organizado, apesar do espaço ao redor do estádio não ser dos maiores.

Como tinhamos tempo antes do jogo começar, entramos direto na loja do Chelsea, uma loja de 2 andares, maior que a do rival Arsenal por sinal, com muitas e muitas coisas do time, como roupas em geral, souvenirs, calçados, entre outros. Comprei uma camiseta reserva preta do Chelsea, vesti e fui com meu pai para o Estádio.

O portão de acesso estavam muito bem identificado nos nossos ingressos, setor west, gate 7, se não me engano. Tivemos que subir uns 3 ou 4 andares de escada. A primeira impressão foi ótima, o estádio do Chelsea é muito bom, porém um pouco mais simples quando comparamos com o Emirates Stadium, do Arsenal.

O estádio é cheio de bares embaixo das arquibancadas, que servem de tudo, desde cerveja a refrigerantes, alguns lanches rápidos como cachorro quente e salgadinhos. Tomamos umas cervejas e faltando pouco pro jogo começar nos deslocamos para as nossas cadeiras, e elas estavam lá, as duas unicas cadeiras livres no meio da multidão, a minha e a do meu pai.

O campo é literalmente um tapete verde, muito bem cuidado. O estranho mesmo é que todos os torcedores assistem o jogo sentados e somente quando tem uma jogada mais emocionante o pessoal se levanta. Também não tem como deixar de reparar é que a unica “barreira” separando o campo dos torcedores é um muro minusculo, que não chegava a minha cintura. E por incrivel que pareça, ninguém invadiu o campo.

O jogo foi bem animado, o Chelsea precionava o tempo todo, até um penalti perdeu, o que foi emocionante ver como a torcida se portou nessa hora. A torcida, com certeza, é um show a parte, algumas alas do estádio não ficavam quietas nunca, eles cantavam e agitavam bandeiras, animando mesmo todo mundo no estádio.

O fim do primeiro tempo foi Chelsea 1 x 0 Stoke City.

Descemos a arquibancada novamente e fomos direto pro bar, compramos mais umas cervejas e uns salgadinhos e voltamos rapidamente para nossas cadeiras, pois estava acontecendo a apresentação da nova contratação do time, o jogador Ramires, ex-Cruzeiro.

O segundo tempo foi muito mais emocionante, o Chelsea teve outro penalti, que dessa vez foi convertido. A torcida foi a loucura.

O jogo acabou Chelsea 2 x 0 Stoke City, fora o baile.

A saida do estádio também foi sem maiores problemas, apesar de toda a multidão tentando sair ao mesmo tempo, logo, o povo que foi sempre educado, se espalhou pelas ruas e nos fomos para o nosso próximo compromisso, o BBC Proms, com a Nona Sinfonia de Beethoven, no Royal Albert Hall, a pé.”

Com certeza vale muito a pena assistir um jogo de futebol na Inglaterra, país onde o esporte surgiu.

Obs.: quando estivemos em Londres, dezembro de 2008, pela primeira vez, fizemos o tour no Estádio do Chelsea.

Anúncios

Tags:,

About Bruna Bartolamei

Depois de morar por quase 2 anos em Edimburgo, na Escócia e ter viajado por mais de 32 países, estou de volta ao Brasil com muitas histórias pra contar!

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: