De Helsinki a Tallinn de barco!

Para quem está em Helsinki, um passeio altamente recomendado é fazer um mini cruzeiro até a capital da Estônia, Tallinn!

As duas capitais são separadas pelo Golfo da Finlândia com distância de apenas 82 km, ou seja, a viagem pode levar entre 1 hora e 30 minutos, 2 horas ou passar de 3 horas e 30 minutos, dependendo da empresa escolhida para fazer a travessia.

O barco era esse amarelão, da empresa Tallink Silja

Eu acabei escolhendo a Tallink Silja (modelos de barco Star e Superstar), por fazer o trajeto de forma rápida com duração de 2 horas, e por ter as melhores opções de horários para o que eu conseguisse aproveitar melhor o dia de inverno em Tallinn.

Os barcos dessa empresa partem do West Terminal Helsinki. Quando eu estive lá em dezembro de 2011, o terminal estava sendo ampliado, com isso as obras deixam o trajeto até o próprio Terminal um pouco confuso.

...

Uma coisa que eu não sabia e acabei descobrindo só quando comecei a pesquisar sobre travessias de barco, é que o esquema é muito parecido com o que já estamos acostumados nos aeroportos. Sendo assim, é necessário:

Chegar com pelo menos 40 minutos de antecedência;

Máquinas para fazer check-in

Fazer check-in, que pode ser feito tanto em máquinas self-service como nos guichês com as atendentes. Como eu fiz o check-in nas máquinas, é preciso ter em mãos o cartão de crédito usado na hora da compra, o código da reserva e o “Your Self Terminal Code” composto de quatro números que são enviados no email de confirmação de compra;

Muito simples fazer o check-in nas máquinas

Passar por uma espécie de controle de tickets antes de ter acesso a área de embarque;

Controle dos tickets de embarque

Checar qual vai ser o portão de embarque;

Portão de embarque

O trajeto entre o setor de controle de tickets até a porta do barco é um pouco longe, em torno de uns 10 minutos;

Na porta do barco devemos mostrar o ticket novamente.

...

O ticket pode ser comprado online e o preço vai depender do que for escolhido. Eu optei pelo pacote “Day Cruise” com ida e volta no mesmo dia por 37,00 euros (mas existem outras opções como route trip ou hotel trip).

...

Por ser a minha primeira vez num barco desse tipo, preferi escolher a tarifa mais simples, sem acesso a cabine ou business lounge. E na minha opinião escolhi bem, pois tanto na ida como na volta, não sentei um minuto sequer, fiquei circulando pra lá e pra cá, tirando fotos, vendo as coisas no free shop, e é claro, nem vi o tempo passar!

Indicação dos andares

Os unicos três andares que dá pra circular livremente

Tanto o barco da ida, como o da volta tinham no total 9 andares, mas em apenas 3 desses andares era possível circular.

Doces em geral

Um dos andares tinha um free shop enoooorme, dividido em 3 partes: uma Loja de Cosméticos, o Food Market (com muitas opções de queijos, molhos tradicionais, embutidos, temperos..) e o Free Shop propriamente dito, que nesse barco era chamado de “Supermercado”, com tantas opções que parecia até mesmo um supermercado realmente. As maiores alas eram de chocolates, bebidas alcoolicas e cigarros.

Bebidas

Muitas opções

E nos outros 2 andares, metade ficavam os bares e restaurantes e outra metade as cabines e suites (opção para quem quer mais privacidade e pq não, também tirar um cochilo).

As cabines

Para se situar nas cabines

Ainda há opção de ficar no Deck, se não tiver chovendo e ventando muuuuuuito, dá até pra aproveitar (o que não foi o meu caso, na ida o mar tava muito mexido e na volta já era noite, ou seja, sem fotos pra contar história)!

Avisos

A chegada em Tallinn acontece no Terminal D, bem perto da saida do Porto, então, para chegar até a cidade, foi só atravessar uma Praça e em menos de 10 minutos eu estava atravessando um dos portões que dão acesso a Cidade Antiga de Tallinn!

O desembarque acontece no Terminal D, em Tallinn

Obs.: na ida, como estava chovendo e com bastante vento em Helsinki, o mar estava bem mexido e sinceramente? Fiquei até um pouco enjoada! Para quem enjoa fácil, é bom levar isso em consideração!

Obs.: internet wi-fi disponível em todo o barco, sem custo e o melhor, funcionou todas as vezes que utilizei!

Anúncios

Tags:,

About Bruna Bartolamei

Depois de morar por quase 2 anos em Edimburgo, na Escócia e ter viajado por mais de 32 países, estou de volta ao Brasil com muitas histórias pra contar!

42 responses to “De Helsinki a Tallinn de barco!”

  1. Miguel Mário says :

    Olá Bruna, Tudo bem? Os seus relatos foram muito úteis para que eu me programasse na viagem que farei no próximo dia 05 de Abril à Finlândia !! Com as suas dicas, será mais fácil a minha viagem de Helsinki até Tallinn. Viajo junto com minha filha de 19 anos e estamos muito afoitos para conhecer estes paises (Escandinavo e Báltico). Muito obrigado pelas dicas !! Um abraço, Miguel Mário e sua filha Gabrielle.

    • Bruna says :

      Oi Miguel e Gabrielle!!!
      Vcs vao adorar a Escandinávia e os paises Bálticos.
      A viagem de barco é super tranquila tbm, só lembre-se que existem dois “portos” em Helsinki de onde partem barcos para Tallinn, e isso é definido de acordo com a empresa escolhida.
      =)

      • MIGUEL MÁRIO. says :

        Olá Bruna, Bom Dia !! É o Miguel !!
        Primeiramente quero te agradecer, por nos ter respondido o contato. No Domingo passado, dia 18/03, entrei no site da TALLINK SILJA LINE e comprei as passagens de ida e volta à Tallinn, pelo fato de também ter achado os horários mais flexíveis. Nosso barco, um M/S Superstar, sairá no sábado, às 08:30 Hs de Helsinki e pelo que vi no voucher o Porto é o West Harbour (foi através desse porto que voce foi?) chegando em Tallinn às 10:30 Hs, no Terminal “D”. Para voltar, escolhemos o último horário, 21:00 Hs, assim podemos aproveitar bem o dia em Tallinn e o Terminal é o mesmo “D”. A embarcação é um M/S Star, que chegará à Helsinki, às 23:00 Hs, no no West Harbour. As duas passagens custaram 74 Euros, ida e volta O que voce acha, esse horário não é perigoso, para voltarmos ao hotel ? Escolhemos o Hotel,Best Western Premier Hotel Katajanokka (eu acho que voce sabe qual é, o que era um antigo presídio e que transformado em um hotel). Escolhemos esse pelo fato de ser próximo ao porto, mas agora, com voce me dizendo que existem dois ” portos” em Helsinki, fiquei meio na dúvida!! Os dois portos são próximos um do outro?

  2. Bruna says :

    Oi Miguel!!
    O porto que eu sai de Helsinki é o West Harbour sim, ele fica um pouquinho afastado do centro, mas nao muito. Helsinki é uma cidade bem compacta!!
    Eu acabei comentando isso, da existencia dos 2 portos, pq a maioria das pessoas conhecem apenas a Kauppatori (em ingles a Market square), e o barco da Tallink Silja nao sai dali nao. O West harbour é um outro porto, e nao é longe um do outro nao. Pelo q eu lembre uns 20 min caminhando.
    O pessoal do hotel sabe te informar direitinho, pq foi o q aconteceu comigo.
    Quando eu fui fazer o passeio ate a ilha de Suomenlinna no primeiro dia, o ferry parte da Kauppatori, e eu acabei chegando antes pq queria ver de onde partiam os barcos da Tallink, uma moça q me falou q nao era ali naquele porto, era de outro, o pessoal do hotel soube me explicar direitinho onde era e naquela noite mesmo fui la so pra ver e me tranquilizar, ja q no outro dia meu barco tbm saia relativamente cedo.
    Se vc procurar no google pelo hotel Radisson Blu Seaside, ele fica bem na frente desse porto onde saem os barcos da Tallink. Dai vc ve se ele é proximo ou nao do seu hotel.
    Eu ja tinha visto uma reportagem ba tv sobre esse hotel onde vc vai se hospedar, mas confesso q nao sei a localizaçao exata.
    Mas ao procurar por esse Radisson Blu Seaside vc vai ter uma ideia bem certinho.

    Qto ao horario, meu barco chegou as 22 horas e eu voltei caminhando pro hotel sozinha, achei bem tranquilo!

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Olá Bruna !! É o Miguel !! Muito Bom dia pra Voce !!!
      Mais uma vez, muito obrigado pelas preciosas respostas que voce nos deu !! Acredito que não iremos ter problemas, com o passeio. Escolhi este hotel, por dois motivos : Além de ser relativamente perto do porto ( 2 Km aproximadamente) ele é um quatro estrelas e no dia em que fiz a reserva pela Hotéis.com, havia uma promoção muita boa, em que 04 diárias para duas pessoas (Eu e minha filha), do dia 05/04 até 09/04, foi cobrado
      R$ 597,00. Porém eu também já entrei no google e vi que o hotel que voce me falou, é muito perto do porto mesmo.
      Bruna, aproveitando a sua boa vontade em me responder as perguntas, gostaria de saber se voce foi até St.Petresburg no Rússia. Minha filha está desesperada para conhecer as duas cidades : St. Petersburg e Moscou. Confesso que estou com um pouco de medo, porque quando se fala em Rússia, existe aquele mito do antigo comunismo, com KGV, Espionagens, falta de costume deles para com os turistas, dentre tantas outras coisas mais. Por um acaso voce foi para lá? Entrei em alguns Blogs e maioria das pessoas disseram que foi uma viagem exepcional. Mas existes também comentários de pessoas que foramk assaltadas por batedores de carteira, interceptadas por policiais corruptos, etc.. Sei que vivemos em um país (Brasil !!!), em que as coisas também são muito perigosas e que devemos tomar muito cuidado. Mas aqui é um pouco diferente, não é. Pelo menos sabemos como conversar com as pessoas que querem levar vantagens sobre nós e vai por aí afora. Mas em um país onde quase ninguém fala ingles, as pessoas não são muito receptivas, a polícia (pelo que vi em alguns comentários é bem tranqueira) não te dá nenhum tipo de suporte, etc.. O que voce acha? Vale a pena? Fiz uma pesquisa para ir de barco e a única empresa de ferrys é a St.Peter Lines, cuja viagem saindo de Helsinki, demora em médias 14 Horas e só sai à noite. No meu caso teria que ser no Domingo à noite (Sai às 19:00 Hs), dia 08/04, tendo que perder assim uma noite de estadia no Hotel, que já está pago, que seria a noite do dia 08 para o dia 09, pelo fato de não ter partida do barco na segunda feira, dia 09. Por mim, nós ficaríamos em Helsinki, conhecendo toda a cidade e seus arredores, somente, fazendo o passeio para Tallinn. Mas como minha filha volta para o Brasil no dia 13/04 (para não ter que perder mais dias de aula na Faculdade) r segundo ela, existe tempo de sobra, para irmos para a Rússia ( Já que agora não é mais preciso o visto de entrada para brasileiros), acabamos pensando na possibilidade de fazermos St. Petersburg, no dia 09 e no dia 10. No dia 11/04, bem cedo, às06:45 Hs pegaríamos o trem bala russo (O que faz de St. Peters. até Moscou em 03:45 Hs), chegando lá, às 10:30 Hs e ficando em Moscou o restante daquele dia (11/04) e também o dia seguinte (12/04), até às 19:00 Hs mais ou menos, onde depois desse horário, iríamos para o aeroporto e pegar um voo até Helsinki, fazendo uma pequena conexão em Riga, na Letônia. O voo seria pela Air Baltic e minha filha já fez todas essas pesquisas, chegando à conclusão de que tudo daria e se encaixaria direitinho dentro do roteiro !!( Ai ai filhos, principalmente filhas !!! Rsrsrs ).
      Bruna, peço desculpas, por este extenso texto, mas já vi que voce é uma garota bem bacana, pelo que pude ver nas suas respostas anteriores. Caso possa nos ajudar, com comentários e/ou experiencias com estes roteiros, por favor, fique à vontade. Ah Bruna, tô sendo bem chato, te pertubando com tantas perguntas, né !! Pelo que vi na sua pequena foto, voce parece ser bem jovem e com espírito bem de quem gosta de viajar, tal e qual minha filha, que já fez um intercambio sozinha em Vancouver (Canadá) em janeiro e parte de fevereiro de 2010, quando na época ela tinha 17 anos. Em janeiro e fevereiro completo, ele fez um intercambio em Londres, pela CI, onde o ingles dela ficou bem melhor (De zero à dez, nota: -3. Rsrsrs, brincadeira, ela voltou muito bem no ingles) e pra completar, em janeiro e parte de fevereiro deste ano ela foi pra Florença (Firenze) fazer um curso de Italiano, na escola de idiomas : Sprachcaffe. Por aí voce pode ver que ela não dá moleza pro pai dela, não.
      Não sei de que lugar do Brasil voce é !! Nós somos de Guarulhos – Sp ( fica bem pertinho do aeroporto internacional ), e mais uma vez te peço desculpas, por este enorme LIVRO, que te escrevi.
      Um forte abraço pra voce e se por um acaso precisar de alguma coisa, que esteja ao nosso alcance,pode ficar bem à vontade, não precisa fazer cerimônias !!! Não sei se voce está ainda na Europa ou se já voltou pro Brasil, mas em todo caso, se precisar de algo, pode nos contactar. Meu E-mail é : miguel.petrosino2011@hotmail.com

      • Bruna says :

        Oi Miguel!!!
        Estamos disputando pra ver quem escreve mais, eu acho!! Hehehe Brincadeiras a parte, que bom q o teu hotel é bem localizado e q nao vai atrapalhar em nada!! Esqueci completamente de acrescentar essa info dos dois portos enquanto escrevia o post!
        Ainda bem q lembrei desse detalhe em tempo!!

        Eu nunca estive na Russia (ainda), pq eu e td minha familia gostariamos de conhecer, entao acabei nao indo!! Olha, o teu roteiro ta legal, mas sendo bem sincera, pelo que ja conversei com colegas de aula russos e pelo que li em blogs, a comunicaçao em outros idiomas (no caso, pode ser o ingles) nao é muito facil! Nao existem placas nas estacoes de metro e nem nos aeroporto em ingles, sendo assim é recomendado conhecer o alfabeto russo e saber o nome de ruas, estacoes de metro, enfim, qto mais coisas tiver em mãos em russo, menor a chance de vc se dar mal por la!
        Um blog que fala sobre St Petersburgo e que é bem recente a viagem dela, é o http://www.viaggiando.com.br da Camila!! Da uma lida la, vai te ajudar bastante, pois ela esteve na Escandinavia, paises balticos e na Russia, mas somente em St Peter!! Ela inclusive ainda esta escrevendo sobre essa viagem q ela fez ano passado, entao as infos sao bem recentes!!
        Mas acredito q se vc se preparar bem e souber q a Russia comecou a se abrir recentemente para o turismo e q eles, assim como o Brasil ainda estao se preparando ( com relacao a info em ingles), é mais “facil” se virar por lá!!

        Eu voltei da Escócia dia 29 de dezembro do ano passado, pra passar o ano novo em casa! Mas ja to literalmente contando as horas pra voltar, nem q seja a passeio, pra la!!

        E fique a vontade para escrever sempre que quiser (inclusive qdo voltarem de viagem, passem aqui deixar umas dicas), se eu souber respondo numa boa, senao posso indicar outros blogs ou ver o q é possivel arrumar por ai!

        • MIGUEL MÁRIO. says :

          Oi Bruna, é o Miguel !! Voce já viu, que eu gosto de escrever e de me comunicar, não é !! Bem vamos lá:
          A minha filha chegou à pouco da faculdade e conseguiu me convencer a passarmos os dias 09 e 10 de abril em St. Petersburg e depois os dias 11 e 12 em Moscou, indo de St. Petersburg pra Moscou, com o trem bala russo chamado Sapsan, que tem 6 horários de saída, tanto de St. Petersburg para Moscou, como vice-versa tbém !! Fazer o que né, vamos encarar os russos nesse desafio. Vou tentar juntar o máximo de informações possíveis etentar decorar pelo menos o alfabeto russo, que diga-se de passagem é bem complicado, no meu modo de ver !! Vou ter que perder a última noite do Hotel em Helsinki, mas será por uma boa causa.
          Quando eu te perguntei, se voce ainda estava na Europa, ou já tinha voltado, eu não havia visto o conteúdo do seu Blog, que diga-se de passagem está muito bonito, bem ilustrado e bastante informativo também.
          Em 2010, Eu, minha esposa, minha filha Gabrielle e meu filho Guilherme estivemos também na Europa, entre os dias 24 de Junho até 09 de Agosto, portanto 47 dias. Visitamos uma boa parte de Itália, França, Suíça, Austria e uma cidade só da Alemanha, que foi Munique. Fazia muito calor por lá, pois estávamos em pleno verão, mas foi muito bom e emocionante. Sou filho de italiano (meu pai era de uma cidadezinha próximo a Salerno, cerca de 40 a 45 Km de Nápolis, cidade que fiz questão de ficarmos por 13 dias, indo visitar Pompéia, Ilha de Capri, Sorrento. Foi muito bom mesmo.
          Agora que já está decidido que iremos para a St. Petersburg e Moscou, não nos resta torcermos para que tudo de certo, porque esse idioma com alfabeto crílico, não é fácil não !!
          Assim que voltarmos entrarei em contato, no seu Blog, para te informar como foi a viagem e as peripécias pelas quais iremos passar.
          Mais uma vez, obrigado pelas dicas e se precisar de alguma coisa,pode escrever.

  3. Bruna says :

    Oi Miguel!

    Legal, vcs vão adorar a Rússia.. Ja li mtos relatos e vi mtas fotos! O idioma vai ser o maior “sacrificio”, eu acredito.. Mas pelo que vejo vc é bem precavido, e com o alfabeto cirilico em mãos, assim como as ruas proximas e a do proprio hotel e o nome das estações do metro, vcs vão se virar tranquilamente!!

    Ah é?? Ja esteve na Austria, Suiça e em Munique?? O que vc achou desses lugares? Por onde vcs viajaram (me refiro as cidades)??

    Sempre bom compartilhar as experiencias.. Ajudam muitas pessoas! Espero seus depoimentos qdo voltarem de viagem!!

    E obrigada pelo elogio!! =))Nao é facil escrever e manter um blog! Mta responsabilidade com o conteudo publicado aqui!!

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Oi Bruna !! Quando estivemos na Europa em 2010, fizemos um tour um tanto quanto grande. Desembarcamos em Milão (Malpensa), depois de termos feito uma conexão em Madri. Lá em Milão, ficamos 5 dias, do dia 25/06/2010 até 30/06/2010. Tivemos a oportunidade de visitar o Lago de Como, fazendo um passeio em um barco pequeno. Fomos por duas vezes ao centro de Milão, conhecemos a belíssima catedral Duommo e visitanto a galeria com muitas lojas de grife famosas. Ainda aqui no Brasil, comprei um passe de trem da Eurail , que acredito ter sido a melhor maneira de conhecer algumas cidades da Europa, pois não quis alugar um carro, para não ficar me preocupando com estacionamento, possíveis multas de trânsito, placas de sinalização, etc..Em um desses dias fomos de trem até a cidade de Lugano na Suíça. Esse percursso,saindo da estação de Milão Central, demora uma hora pra ir e uma hora pra voltar. Lá em Lugano, andamos de pedalinho pelo não menos famoso Lago de Lugano, visitamos o cassino, a Lido de Lugano (Um conjunto de piscinas muito bonitoas e muito bem cuidadas, ao estilo suíço. Fizemos um pequenino tour com um trenzinho panorâmico, conhecendo o centro e alguns pontos dos arredores da cidade. Muito bom esse tour.
      De Milão pegamos um trem para Zurich (Também Suíça), com uma paisagem de tirar o fôlego (acredito que voce também conheça). Ficamos 4 dias em Zurich, conhecendo boa parte da cidade, algumas igrejas bem bonitas por sinal e fazendo um tour guiado através de uma indicação do hotel em que ficamos, para Lucerna (também Suíça). Lá conhecemos aquela famosa ponte de madeira que algum tempo atrás pegou fogo e foi totalmente reconstruída. Subimos a montanha Pilatus, de teleférico e este foi um dos passeios mais bonitos que fizemos durante toda a nossa viagem pela Europa.
      De Zurich, no dia 04 de julho, fomos de trem para Veneza (viagem longa, um pouco cansativa, devidos às baldiações e a quantidade grande de malas que levamos, porém muito prazeirosa e bacana). Seis dias em Veneza: Que coisa linda. Passeios de Gôndola, com direito à música à bordo, compras de máscaras, souvenirs, etc.. Em um desses dias, fomos visitar um tio meu que mora em Bolonha, mais ou menos duas horas de trem, pra ir e duas pra voltar. Em um desses dias, fomos pra Verona, cidade Romeu e Julieta, visitamos a casa da Julieta. Naquele momento estava sendo encenado a famosa história do drama vivido por esse casal de apaixonados e no final do espetáculo, tiramos algumas fotos com os atores. Nesse mesmo dia fomos também de trem para a cidade Mantova, retornando no final do dia para Veneza, para um merecido descanso no hotel.
      De Veneza, fomos para Nice, na França, no dia 10/07. Viagem longa, um pouco cansativa tbém, de mais ou menos 8 horas e meia, com algumas baldeações. O nosso maior problema eram as malas (Exageramos na quantidade: ¨malas grandes para 4 pessoas, fora as de mão, que eram 2).
      Nice, na França: 04 dias. No primeiro dia visitamos o Principado de Mônaco, no segundo dia fomos de trem até a cidade Marseille onde visitamos em um tour em um trenzinho panorâmico a igreja de Notre Damme e passeamos pela cidade, retornando para Nice no final do dia. Tudo de trem. No terceiro dia em Nice, fizemos uma coisa, que muitos acharam um absurso. Fizemos um bate e volta até Paris, em um trem TGV de alta velocidade com um percursso, nada mais, nada menos que 1.088 Km. Lá em Paris, conhecemos somente a torre Eiffel, uma das pontes sobre o rio Sena, aquela que fica perto da estação de trem central, a Gare de Lyon e aquele palácio que fica atrás da torre Eiffel. Não tínhamos mto tempo e voltamos 4 horas depois do horário que havíamos chegado. O percursso de trem, na minha opinião, foi a parte mais bonita da viagem. Foram 5 horas e meia pra ir e cinco horas e meia pra voltar, mas em compensação a paisagem é deslumbrante. Voce atravessa uma boa parte da região agrícola da França, podendo avistar as plantações de uva, que originarão os famosos vinhos franceses. Chegamos em Nice às 11 horas da noite, um pouco cansados, mas satisfeitos
      Bom, de Nice, na França, fomos para Gênova, novamente na Itália, do dia 14 ao dia 18 de julho. Foram 4 dias muito legais. No primeiro dia, fomos à uma cidade chamada Santa Margherita Ligure, na Riviera italiana, onde de lá esticamos de ônibus até Porto Fino, localidade marítima e balneária, com muitos iates de luxo e muitas lojinhas também de souvenirs, onde compramos o famoso Limoncello, uma espécie de licor à base de limão, muito gostoso, que acabou sendo tomado em quase toda a sua totalidade, cerca de 99% pela minha esposa a Cida. (rsrsrs). No final do dia, voltamos de trem (sempre de trem nós andávamos), para o hotel em Gênova. No segundo dia, fomos para uma localidade, também na Riviera italiana, chamada LE CINQUE TERRE, que em português se diz : As 5 Terras.
      Bem Bruna, para não ficar muito cansativo, vou continuar contando, um pouco mais pra frente, senão voce vai ficar brava comigo, devido às quantidades de detalhes que eu coloco.
      Até mais, um abraço…

  4. Bruna says :

    Oi Miguel!!

    Gigaaaante mesmo esse teu tour, hein!!
    Mas vc conheceu lugares bem interessantes e que eu tenho vontade de conhecer, como o Monte Pilatus, Cinque Terre, Nice, Lugano…

    E não fico nenhum pouco brava não, não se preocupe! A partir da experiencias dos outros é q montamos os nossos roteiros e evitamos as ciladas!!
    =)

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Oi Bruna !!É o Miguel !!!
      Fico tranquilo e feliz, por voce não ficar brava com a quantidade de detalhes. Afinal este é o seu Blog e eu (já deu pra ver, né) sou bastante detalhista. Esqueci de mencionar alguns lugares que fomos, ainda no relato anterior !! Quando estávamos na Suíça, se não me engano no 3º dia, levantamos logo cedo, tomamos o famoso café da manhã no hotel, fomos até a estação de trem de Zurich, que era bem pertinho do hotel (aliás, procurei escolher todos os hotéis, bem próximos das estações de trem, para que o percursso à pé, da estação até o hotel não ficasse cansativo e nem desgastante, devido àquele problema do excesso de malas que estavamos carregando (que diga-se de passagem eram 6 malas grandes, fora as duas de mão e continham muitas coisas desnecessarias). Bem vamos lá : Naquele dia estavamos dispostos a embarcar em um trem panoramico suíço. Mas como o Glacier express (que é o trem panoramico mais famoso da Suíça, seguido bem de perto pelo não menos famoso Bernina express) ficava um pouco distante e nós só tinhamos aquele dia para fazer o passeio, uma vez que no dia seguinte, embarcaríamos para Veneza na Itália e tinhamos que acordar bem cedo, fazer o check-out do hotel de Zurich, então decidimos ir até Berna (a capital) e de lá, fazermos um passeio em um trem panoramico. Chegando na estação de Berna, pedimos informação para um atendente da bilheteria, que muito solícito, nos sugeriu irmos de lá (Berna), para a cidade de Brig, um pouco mais ao sul da Suíça em um trem normal (não panorâmico) e na volta aí sim, teríamos um retorno espetacular, na subida de Brig até Berna. Realmente foi uma exelente sugestão, Brig é uma cidadezinha bem charmosa e aconchegante. Almoçamos em um restaurante, bem no centrinho de Brig, de uma família italiana ( o almoço, na parte de saladas era self service e depois poderíamos escolher um prato principal estilo à la carte ). Não me recordo o nome do restaurante, mas fica bem em frente da Igreja principal. Almoçamos, passeamos pela cidade, comprando alguns souvenirs e voltamos pra Estação para embarcar no trem panorâmico que utiliza a tradicional rota cinematográfica Lötschberg Line. Chegamos em Berna bem no finalzinho da tarde, onde pegamos um outro trem (não panorâmico) de volta para Zurich. Chegamos em Zurich, por volta das 10 horas da noite.
      Bruna, na próxima postagem, falo como foi a viagem de 5 TERRE pra frente. Um abraço e até mais

      PACOTES SUÍÇOS

      Escolha entre 8 itinerários que incluem viagens de trem e traslados de/para qualquer aeroporto ou fronteira suíça, alojamento e café da manhã. Estes pacotes foram criados para poder ver o melhor de cada região. Os itinerários podem ser estendidos, reservados em categoria superior ou modificar a ordem das cidades.

      Glacier Express Tour

      3 dias / 2 noites que incluem um passeio pelos mundialmente famosos Glacier Express entre Zermatt e St. Moritz.

      Golden Passtour

      Um tour completo durante 6 dias / 5 noites, que inclui uma excursão ao Jungfraujoch – o pico mais alto da Europa.

      The Best ok Lake Geneva & Matter Horn Region

      Um tour de 5 dias / 4 noites que inclui o Lago de Genebra e o famoso Matterhorn.

      Wilhem Tell Express Tour

      Um tour de 3 dias / 2 noites no William Tell Express que conecta a Suíça italiana com a alemã.

      Swiss Mountain Peaks

      Um tour de 4 dias e 3 noites que permite aproveitar as paisagens espetaculares, do Schilthorn/Piz Gloria, um cruzeiro de Interlaken a Brienz, ao paraíso dos glaciares do Monte Titlis.
      Tops of Switzerland

      Um tour de 5 dias e 4 noites que inclui excursões ao Jungfraujoch e o Monte Pilatus através da estrada de ferro mais empinada do mundo.

      Peaks of the World

      Um tour de 5 dias e 4 noites que combina dois dos melhores picos montanhosos da Suíça em um espetacular pacote alpino.

      Top of Europe y Ticino

      Um tour de 5 dias e 4 noites de Jungfraujoch-Top of Europe até o ambiente mediterrâneo do Ticino.

      compre aqui

      Hoteis

      Trem Europa Facebook

  5. MIGUEL MÁRIO. says :

    Deixei aqui, alguns roteiros de trens panorâmicos Suíços, que pretendo um dia fazer. É meu sonho de consumo !!!

  6. Bruna says :

    Acredito q não seja apenas um sonho seu, Miguel!! Sonho de consumo de metade da população mundial, pq com todo mundo q falo, citam os trens panoramicos como primeira coisa imperdivel na Suiça!
    O q vc me diria do Monte Pilatus e de Berna? Você gostou mesmo, acha q vale a pena visitar?

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Oi Bruna !! Tanto o Monte Pilatus, como Berna, são imperdíveis. Para o Monte Pilatus,nós fomos através de uma excursão, que nos foi oferecida no Hotel em que estávamos hospedados em Zurich. O nome do Hotel é Bristol, que apesar de ser 4 estrelas, não é muito caro e nem luxuoso também. Essa visita ao Monte Pilatus, ocorreu em um sábado. Saimos de ônibus do centro de Zurich, bem ao lado da ponte sobre o rio e bem próximo também à estação de trem. Nossa guia era uma moça de nacionalidade Peruana, casada com um Suíço e moradora de Zurich. Fomos de ônibus, até Lucerna (que pelo que vi voce conhece), nos foram dados mais ou menos 45 minutos para que conhecessemos a cidade, a qual eu achei ser a mais suíça, se comparada à todas as cidades suíças que visitamos. Após esse tempo que nos foi dado em Lucerna, retornamos ao ponto de encontro combinado, fomos à pé visitar uma escultura muito famosa da cidade, que era de uns leões esculpidos em uma pedra, a coisa mais linda. Entramos novamente no ônibus e seguimos mais adiante, próximo ao pé do Monte Pilatus. De lá pegamos um teleférico e fomos até uma parte da montanha. Saimos desse teleférico e entramos em uma cabine (não me lembro o nome precisamente, mas era tipo uma nave espacial, sustentada por um braço de ferro bem forte, o qual era acoplado à um cabo de aço, também bem reforçado, só que dava um medo danado daquilo arrebentar e aí já era. rsrsrs. Brincadeira, tudo é muito bem calculado e projetado. Essa cabine, onde todos viajam juntos, como se fosse um ônibus lotado no horário de rush (rsrsrsrsr), nos deixou bem no alto do Monte Pilatus, mas não no topo. Para se atinguir o ponto mais alto do Pilatus, o percursso só pode ser à pé. Quando descemos da cabine, fomos recepcionados por tres músicos suíços, que tocavam aqueles instrumentos típicos da Suíça, parecendo um saxo0fone, só que bem grande e comprido. Tenho muitas fotos do Pilatus, mas para posta-las dependo da minha filha, pois não sei como fazer para coloca-las pra voce ver. Apesar de estarmos em pleno mes do verão (Julho), fazia frio no alto do Monte Pilatus e como fomos orientados pelo pessoal do hotel para levarmos ao menos um casaco, tal temperatura, um tanto quanto fria, não nos incomodou (fazia mais ou menos 13 graus ºC. Lá no topo tem um restaurante, estilo self service, muito legal com bastante variedades, onde pudemos almoçar (eles recebem também em Euros). Bem, mais ou menos 2 horas depois do almoço, começamos o processo de retorno. Esse retorno, na minha opinião, foi muito legal (não que a ida não tenha sido), pois foram dois tipos de transportes. Primeiro foi de Funicular, muito panorâmico e seguro, uma vez que, ele é chamado trem de cremalheira, que quer dizer, que seu freio é muito seguro, pelo fato de ter uma engrenagem, que fica acoplada aos trilhos, dando a certeza, de que o bondinho não vai despencar. Segundo a nossa guia, é o trem de cremalheira com a maior inclinação de toda a Europa, com mais de 45 graus de inclinação (bem assustador, não). Ao chegarmos em terra firme, o retono até Lucerna, foi em um não menos emocionante barco (estilo ferry, só que com 2 andares somente, o qual nos deixou em uma cidade perto de Lucerna ( não me recordo o nome, só me lembro que estava uma bagunça terrível nas ruas, pelo fato da Alemanha ter vencido um dos jogos da Copa do mundo, jogo esse que havia terminado naquele exato momento). Dessa cidade, entramos no mesmo ônibus que nos trouxe de Zurich para Lucerna e voltamos para Zurich. Foi um dos melhores passeios que fizemos em todo o período em que ficamos na Europa.
      Bruna, em relação à Berna, não tenho assim muitas coisas pra dizer. Ficamos pouco tempo na cidade, entramos em uma igreja, que fica na mesma avenida da estação de trem, percorremos algumas ruas próximas à essa avenida, alcançamos uma bonita praça, com fontes de água, ao lado de uma escola, onde os alunos estavam saindo. Voltamos pra estação, para darmos início à viagem(de trem) para Brig, onde já comentei da postagem anterior. Quando voltamos de Brig, com aquele trem panorâmico que te falei, o Lötschberger, ao chegarmos em Berna, decidimos por ir direto pra Zurich, trocando apenas de plataforma e de trem, na estação de Berna.
      Um abraço Bruna !!

      • Bruna says :

        Obrigada pela descrição, já tinha visto algumas fotos e conforme vc foi narrando, parecia que eu tava fazendo o passeio.

        To querendo incluir esses destinos na minha próxima viagem a Europa!!
        Obrigada!! =)

  7. Bruna says :

    Esqueci de comentar, vc deveria criar um blog para compartilhar suas dicas de viagem! =)

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      É, voce tem razão, eu deveria criar um Blog, para relatar as peripécias pelas quais passamos. Quem sabe crio um, assim que voltar da Finlandia e Rússia. Mas a minha viagem, não vai ficar só aí não !! Minha filha volta de Helsinki para o Brasil, depois de uma semana, mas eu vou ficar na Itália, até o dia 09 de Maio, na casa dos meus tios, que moram em Bolonha.

      • MIGUEL MÁRIO. says :

        Bruna !! Eu gostaria de trocar esse bichino horriiiiiivel que fica ao lado dos meus comentários,mas acredite, não sei como fazer para colocar uma foto no lugar desse bichinho todo torto e injambrado ( Essa palavra injanbrado, aprendi em Fortaleza, capital do Ceará, em um passeio de uma semana que fizemos pela CVC ). Na linguagem deles, injambrado, significa que o cara é todo torto e desengonçado, rsrsrsrs…

      • Bruna says :

        Olha, iria fazer sucesso!

        Você escreve mto bem e tem dicas de hotéis, restaurantes e tal, e essas coisas são super importantes na organização de uma viagem. =)
        Eu só conheço Milão na Itália, mas tem mais alguns (poucos) lugares que gostaria de conhecer por lá!

  8. Bruna says :

    Miguel, vc é uma figura!!
    hahahaahahahha
    Ri mto com esse teu ultimo comentário.. Na verdade esse “bichinho horrivel” é o blog que seleciona pra quem não tem uma conta no site http://en.gravatar.com/
    Nesse site vc pode criar um avatar e colocar uma foto sua, então toda vez que vc comentar alguma coisa, vai aparecer a foto que vc selecionou.
    Senão, não tem o que fazer, sempre vai aparecer esse “bichinho” ai.

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Olá Bruna !! É o Miguel !!
      Fiquei muito contente, por voce ter gostado da narrativa do passeio para o Monte Pilatus, ao ponto de sentir que já estava fazendo o passeio !! Procurei lembrar de tudo com detalhes, porque penso ser muito importante as minúcias, para que as pessoas que pretendem fazer uma excurssão dessas, não venham a ter surpresas inesperadas !! Mas façaisso sim !! Inclua esse roteiro na sua próxima viagem, que estou vendo que não irá demorar muito e tenho certeza absoluta que voce irá adorar.
      Ontem, à tarde, telefonei pro meu tio Tonino, em Bolohna, para avisar o horário que irei chegar ao aeroporto de Bolonha, no dia 13 de Abril (cujo nome é Guglielmo Marconi), que fica à mais ou menos, 6 Km do apartamento onde ele mora. Daí conversa vai, conversa vem, ele me convenceu à fazer um passeio em um trem panorâmico suíço (devido ao fato, de ter percebido a minha vontadede conhecer mais alguns trens panorâmicos) antes de voltar pro Brasil. Ele me sugeriu o seguinte: Acordo bem cedo, eleme leva até a estação de trem de Bolonha, eu pego um trem de Bolonha até Milano Centrale ( estação central de trem no centro de Milão, que acredito que voce conheça). De lá, pego o trem italiano que vai até Zurich (demora mais ou menos 3 horas e 40 minutos). Durmo aquela noite em Zurich. No dia seguinte, da estação central de Zurich, pego um trem comum até a cidade suíça de Chur, de onde sai o maravilhoso trem “Bernina Express”, que passa por Davos, por St. Moritz e desce até a cidade italiana de Tirano, já quase no final da tarde. Pelo que pesquisei, quando o trem chega em Tirano (Itália), a temperatura ambiente está 15 ºC mais alta em relação à St. Moritz. Isso deve ser fascinante, voce não acha ?? Aí então, eu passo uma noite em Tirano e no dia seguinte, pego em trem regional normal até Milão, que pelo que vi, demora em torno de 3 horas e meia. Em Milão, já viu né !! Ônibus até Malpensa, que sai de 5 em 5 minutos (custo: 7,50 Euros. Em Malpensa, voo da Tam até Guarulhos e como dissem os agentes de viagem : Fim dos nossos serviços…
      Que tal Bruna ?? O que voce achou ??
      Um abraço !!

      • MIGUEL MÁRIO. says :

        Bruna !! Voce se divertiu com a história do bichinho horrível !! Quando aminha filha chegar da Faculdade, vou pedir à ela fazer esse trâmite, que voce explicou sobre criar um avatar. Se não ficar parecido com os avatares daquele filme, tá bom !! Rsrsrsrsr… Porque esse bichinho, vem cá !! Tenha dó, né, ele é muito injambrado, voce não acha ?? Aposto que voce não sabia o que significava injambrado !!! Um abraço !!

      • Bruna says :

        Oi Miguel!!
        Eu ja li sobre o Bernina express, noooossa, ja to morrendo de inveja q vc ta pensando em fazer esse passeio. Esse é um dos trens panoramicos mais bonitos da Suica, pelo q ja li, é claro!!
        Acho q vc deve fazer siiim esse passeio, deve ser incrivel!! E ja aproveite pra conhecer Milao, 24 hras é totalmente possivel, qdo fui, a cia aerea adiantou o meu voo de volta e tive q me virar pra fazer td q queria, mas tbm essa foi a viagem mais planejada e cronometrada q fiz ate hj. Vale a pena!! Ainda nao escrevi detalhadamente sobre Milao, mas ja coloquei o roteirao aqui no blog. Da uma olhada! Nessas suas andanças tdas, me desculpe caso vc ja tenha ido a Milao, mas acredito q vc vai gostar! Vai tbm visitar a fabrica da Ferrari em Maranello e a da Lamborghini???

  9. Bruna says :

    Isso, se vc nao aprova o “bichinho horrivel”, troca lá!!! Pra td tem soluçao!! Hehehe na verdade essa palavra aqui no sul tem outro significado, q nem sei explicar direito.. Mas é sempre bom aprender coisas novas kkkkk mas q foi engraçado aquele teu comentario, isso foi!! :)

    • MIGUEL MÁRIO. says :

      Oi Bruna !! è o Miguel !!
      Desculpe por ter ficado alguns dias sem te rseponder. è que acorreria tá gtande. Hoje, domingo, eu embarco para a Itália. Vou ficar 2 dias completos em Milão para aí depois ir para Helsinki, encontrar com minha filha no dia 05/04. Ela não pôde vir comigo hoje, devido às provas da Faculdade, que vão até dia 04/04. Vamos conhecer Helsinki, fazer aquele passeio de barco da Tallinnk Silja té tallinn, depois vamos para St.Peterburg, onde ficaremos dois dias. Daí pegamos aquele trem bala russo, o SAPSAN e vamos até Moscou, por um dia e meio. Pegaremos o avião da Air Baltic, com destino à Helsinki, no dia 12/04 bem à noite (22:45 hs), fazendo uma breve escala em Riga, na Letônia (bem breve mesmo, apenas 25 minutos de conexão. De Helsinki, no dia 13, minha filha volta para o Brasil e eu continuo meu adorável passeio até o dia 09/05, onde pego um voo de volta para o Brasil, também em Milão.
      Voce deu muitas risadas com o comentário do bichinho injambrado, né?? Agora pra te deixar morrendo de inveja, farei não só o passeio no Bernina Express, como também no Glacier Express, indo de Zermatt, na Suíça para St. Moritz, onde pego o Bernina rumo a Tirano, já na Itália. Já reservei o hotel em Zermatt, por duas noites e também o hotel de St.Moritz, por uma noite apenas. Saio de St. Moritz, à bordo do Bernina Express, no dia 08/05 de manhã, por volta das 10:00 Hs. e chego em Tirano por volta do meio dia e meia, onde irei almoçar e por volta das 14:30 hs, pegarei um ônibus, também turístico, da Bernina Express, rumo à Lugano. Como já conheço a cidade de Lugano, pois já fui por 2 vezes, vou tomar um trem normal, em direção à Locarno, também na região do Ticino (Suíça). Estou neste exato momento reservando por uma noite, um hotel bem simples em Locarno, para que eu possa fazer um bate e volta em mais um trem suíço panorâmico, o Centivalli. Voce já ouviu falar?? Esse trem panorâmico,pelo que vi, é muito legal, fazendo o percursso entre Locarno e Domodossola, na Itália. Não tenho certeza, se conseguirei fazer esse passeio, pois é meu último dia na Europa e meu voo sai de Malpensa (Milão), às 22:00 Hs. Como Locarno está à 61 Km de Malpensa, pode ser que eu consiga!! Pelo menos vou tentar. Dei uma olhada rápida nos horários e penso que dará tempo, se eu não ficar fazendo hora em Domodossola. Vi algumas coisas sobre essa viagem, no trem panorâmico, que possui somente dois vagões e fiquei com muita vontade de fazer. Coisas do tipo : 84 pontes, muitos e muitos túneis, etc etc…
      Bruna, faltou contar o restante da minha viagem de 2010, onde parei no momento em que saíamos do hotel em Gênova para as não menos famosas LE CINQUE TERRE ( as 5 terras). Na primeira oportunidade que eu tiver, te passo todo o rertante da viagem, com aquela riqueza de detalhes, que voce já percebeu que tenho.
      Um forte abraço, Bruna. Vou terminar de fazer as malas, pois meu voo sai daqui à pouco. Ainda bem que mora perto do aeroporto aqui de Guarulhos, isso ajuda um bocado. Até mais !!

      • Bruna says :

        Oi Miguel!!
        Que bom q vc esta indo viajar… Q invejaaaa!!! E muito mais legal foi saber q vc vai fazer esses passeios nos trens panoramicos!!! Ando sonhando com eles tbm!! E depois, volte aqui no blog pra contar as suas aventuras, inclusive sobre as 5 terre, eu tbm adoraria conhecer a regiao da Liguria, pnde elas estao localizadas. Deve render cada foto bonita daquele lugar.. :)
        Aproveite seus passeios, se divirta!! Vcs vao adorar Helsinki e Tallinn.
        Ah, tbm quero detalhes da Russia ( eu e minha familia temos mto interesse em ir la um dia).
        Boa viagem!! :)

        • Miguel Mario says :

          Oi Bruna !! Bom dia pra voce aí no Brasil, pois agora são 12:30 Hs. aqui em Helsinki. Obrigado por desejar-me boa viagem e espero que em futuro bem próximo voce esteja aqui na Europa novamente. Saí domingo passado, dia 01 de Abril (mas é verdade sim, apesar do dia ser considerado o dia da mentira), em um voo da Tam, com destino à Milão, onde fiquei até o dia 05/04. De Milão, peguei um voo ate Frankfourt, onde fiz uma conexão para Helsinki. Chegando no aeroporto encontrei minha filha e seguimos para o Hotel. Fomos de ônibus mesmo até o centro, ao lado da estação de trem, que é o ponto final do ônibus nº 65 que sai do aeroporto de Vantaa. Ontem fomos à Tallinn, estava um frio danado, acredito qua uns -4 ºC, mas com uma sensação de – 300 ºC (rsrsrsr). Pegamos o Navio (que é muito grande mesmo, por isso o chamo de navio), naquele porto porto que voce ensinou (o West Harbour), que por meu azar não é o porto que fica bem pertinho do nosso hotel. Mas tudo bem, pegamos um taxi que nos cobrou 11,50 Euros. Tallinn é uma cidade muito bonita, o seu centro histórico muito fascinante e rico em histórias. Apesar do intenso frio e neve à mais de 30 centímetros, adoramos a viagem. Saimos de Tallinn às 21:00 Hs e chegamos em Helsinki, às 23:05 Hs, como já era previsto. O navio foi aquele mesmo, o Tallink Silja Line, com seu grande supermercado dentro, no qual fiz algumas comprinhas.
          Bruna, hoje às 19:00 Hs, iremos pra St. Petersburg, com o navio da St. Peter Line e voce acredita que não sabemos ainda se ele sai do Porto aqui perto do Hotel ou se sai do West Harbour !! Mas já já vamos ficar sabendo pois vou até o porto aqui pertinho e pergunto no balcão de Check in da conpanhia St. Peter Line, pois pra todo mundo que nós perguntamos, ninguém soube dizer ao certo em qual porto sai. Parece que sai dos dois portos, às vezes de um, às vezes do outro. Varia muito, é conforme a disposição para atracar (pelo menos foi o que nos disseram algumas pessoas em lojas do centro de Helsinki). Mas de qualquer maneira, já já iremos descobrir !!
          Bruna, depois te mando mais relatos, de como foi em St. Petersburg e Moscou.
          Um forte abraço e um FELIZ DOMINGO DE PÁSCOA, pra voce e sua família.

        • Miguel Mário says :

          Oi Bruna !! Escrevi um texto enorme pra voce, por volta do Meio dia e meia, mas acho que não consegui enviar !! Bem na hora que eu ia enviar, deu uma pane na internet aqui do Hotel. Em todo caso, vou escrever novamente.
          Estamos em Helsinki. Gostamos muito da cidade, muito bem organizada e compacta. Nosso hotel é muito bom, não fica longe do centro e tem uma boa estrutura. Chegamos na quinta feira passada, dia 05/04 e hoje iremos embora para St. Petersburg, com o navio ST. Peter Line. Ontem, dia 07, fomos para Tallinn, como eu já havia te dito e gostamos muito da cidade, apesar do frio que estava fazendo, mais menos -3ºC, mas com a sensação de -300ºC (rsrsrsr). Tallinn é uma cidade muito bacana, com seu centro histórico, suas igrejas ortodoxa e luterana, sem contar com a igreja metodista, a qual não visitamos. Compramos alguns souvenirs no centro velho e fizemos um tour naquele ônibus vermelho de 2 andares para turistas, que vai relatando em vários idiomas a história de Tallinn, tanto a moderna como a antiga. Pegamos o navio, aquele mesmo que voce pegou, o Tallink Silja Line, no porto West Harbour. Infelizmente o porto não é aquele que eu pensava, que fica perto do Hotel onde estamos, mas tuda bem, de manhã pegamos um taxi, que nos cobrou 11,50 Euros e levou até a entrada do porto de onde o navio saía. Em Tallinn, fomos também ao shopping Virtu, onde compramos algumas coisinhas. Na volta o navio balançava bastante e eu fiquei um pouco tonto e enjoado, recebendo risadas da minha filha, por estar em tal situação. Daqui à pouco vamos de novo até o centro de Helsinki, dar o último giro por lá, antesa de embarcarmos no navio para St. Petersburg. Tomara que eu não passe mal nessa viafem, que durará 14 horas e meia. Deus queira !! Aqui em Helsinki, não consegyuimos comer carne de Rena. Não são todos os restaurantes que servem. No mais tudo foi perfeito, apesar do intenso frio em Tallinn. Aqui em Helsinki, só pegamos um pouco de frio e de neve na Sexta feira, dia 06,. quando fomos até a ilha de Suomellinna. Chovia, caía neve, ventava muito e fazia frio, muito frio. Pra quem não está acostumado com tais temperaturas, como eu, se estranha um pouco !!
          Bruna !! Aproveito a oportunidade, pra desejar uma FELIZ PÁSCOA, pra voce e sua família, com muitas alegrias e muita paz !! Quando me sobrar um tempinho, continuo relatando o restante da viagem de 2010, onde parei na saída de Gênova para as 5 Terras, na Riviera Liguria. Falarei também sobre St. Petersburg e Moscou.
          Um forte abraço !!!

  10. MIGUEL MÁRIO. says :

    Oi Bruna !! Desculpe-me ppelos errinhos na escrita. A pressa em digitar, fez com que eu escrevesse algumas palavras erradas. Uma dela é Centovalli e não Centivalle. Bjs..

  11. Miguel Mário says :

    Ah Bruna, eu ia me esquecendo !! Depois com um pouco mais de tempo, eu continuo o relato sobre as 5 Terras ( Le Cinque Terre ). Apesar de termosa conhecido apenas 3 das 5. Tchau, FELIZ PÁSCOA !!!!!

    • Bruna says :

      Oi Miguel!!
      Que bom q deu td certo na tua viagem a Tallinn, e em pleno mes de abril ainda faz esse frio todo??? E tem esse neve toda??? Meu Deus!! Eu achei a ja tava menos frio ai por esses lados! Quando eu fui tbm tive a sensaçao de estar uns -150 graus, quase congelei e perdi as maos na hora de bater as fotos (de luva atrapalha bastante) hehehe
      E como foi pra atravessar o golfo da Finlandia?? Imagino q o mar devia ter uns pedaços de gelo boiando!!
      Tem um restaurante perto da Kauppatori q tem carne de rena, ele fica na rua onde tem “um parque” q fica bem no meio da rua, infelizmente nao lembro o nome. mas tem uma placa no meio da calçada falando q serve comida finlandesa.. Fica do lado esquerdo da rua, se vc estiver olhando para a Kauppatori!!
      O barco balança bastante mesmo se o tempo tiver ruim ou o mar agitado, na ida.. Qdo sai de Helsinki, tava chovendo, nossa balançiu mto e eu tbm fiquei beeem enjoada, mas na volta foi bem tranquilo.
      Bom, espero os demais relatos!! Aproveitem a viagem! Feliz pascoa (atrasado) pra vc e sua familia tbm! Um abraço!!

      • Bruna says :

        Miguel,

        Achei o nome do restaurante, eu salvei o link no meu celular pra ver como era o menu no site antes de ir la. O nome é Ravintola Aino.. Pode ir la, é bem recomendado!! E serve o mesmo prato q pedi la na Laponia, exatamente daquele jeito!
        http://www.ravintolaaino.fi/fi/etusivu/

        Espero q de tempo de vcs irem la qdo voltarem da Russia!

  12. Adriano Andrade says :

    Prezada Bruna, irei a Helsinqui em agosto de 2013 e depois para São Petersburgo de trem, mas gostaria de uma explicação sobre como fazer a compra do bilhete de barco de Helsinqui para Tallinn pelo site. Quando compramos pelo site é nos enviado algum documento para impressão para podermos fazer o check in pelas máquinas que você descreveu e postou foto? Como devemos proceder a compra pelo site e como eles nos envia o comprovante?

    Att.

    Adriano

    • Bruna says :

      Oi Adriano,

      Desculpa a demora pra responder, mas durante a viagem fica bem corrido!

      Eu comprei meu ticket pelo site da Tallink Silja. Eles enviam um voucher no nosso email que contem todos dos dados que precisamos pra retirar o ticket lá no porto, seja no de Helsinki ou em Tallinn.

      Esse voucher vem no teu email logo apos a finalizaçao da compra. É bem tranquilo!

  13. Adriano Andrade says :

    Prezada Bruna, muito obrigado pela dica. Resolvi mudar o itinerário e irei direto de Berlim para Helsínqui e depois para Russia de trem de alta velocidade, portanto, não mais utilizarei o transporte fluvial entre Tallinn e Helsinqui. Estive em Tallinn em 2010, dezembro por 5 noites e foi maravilhoso aquela enorme quantidade de neve, sendo que fiquei no Hotel Kalev(de uma olhada no site) e foi inesquecível. Em julho estive novamente em Israel, Alemanha e França, sendo que em agosto de 2013, irei a Berlim, Helsinqui, São Petersburgo, Moscou e Viena. Espero que suas viagens seja um sucesso e que Deus lhe proteja e lhe faça muito feliz.

    Adriano Bauru

    • Adriano Andrade says :

      Esqueci de especificar que de Berlim para Helsinqui irei de avião.

      Att.

      Adriano Bauru

      • Bruna says :

        Oi Adriano,

        Nossa, teu roteiro ta beeem legal! Sempre tive curiosidade de conhecer Berlim.. Mas nao foi dessa vez, ja que visitei somente Munique e arredores! A Russia tambem anda nos nossos planos futuros.
        Aproveite muito e qqer coisa volte aqui pra compartilhar suas dicas sobre Viena! :)

        • Adriano Andrade says :

          Fique tranquila, que irei lhe passar mais a frente informações sobre esta nova aventura. Como fui a Dachau, fiz este video:

          Tem um por de sol que também filmei em Tel Aviv em Julho de 2012
          da janela do Hostel em frente a praia, veja se gosta:

          Att.

          Adriano Bauru

  14. Bruna says :

    Oi Adriano,
    Tava olhando teus videos, ficam bem interessantes. Esse do por do sol ficou super lindo!

    • Adriano Andrade says :

      Obrigado amiga, espero ter de alguma forma trazido um pouquinho do clima destes lugares que passei.

      É isto aí, há muitos lugares lindos e interessantes neste mundo para se ver e desfrutar…

      Felicidades
      Adriano

Deixe seu comentário, sugestão ou crítica!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: